Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Contra inimigos voadores

03 de julho de 2012 1

A galeria das grandes marcas surgidas no século 20 tem de incluir, obrigatoriamente, o Detefon. Surgido nos anos 1920, tornou-se quase sinônimo de inseticida – virou até apelido de um jogador de futebol que fez fama no Força e Luz e no Grêmio na década de 1940.

Foto: reprodução

É bem dessa época o anúncio reproduzido acima, publicado em maio de 1949 na Revista do Globo, exaltando o poder detefônico para matar mosquitos e assim prevenir doenças como malária, paludismo, febre amarela, filariose.

Naquele tempo, a fórmula ainda incluía o DDT, pesticida banido de vários países, inclusive o Brasil. Mas o Detefon segue nas prateleiras dos supermercados, prometendo ação total.

Comentários (1)

  • David Bennet diz: 31 de maio de 2015

    A fórmula do detefon atualmente, não mata mais os insetos. Esses já desenvolveram resistência a este inseticida, e seus similares, principalmente o aedis egyptis. Tá difícil aqui no Rio de Janeiro.

Envie seu Comentário