Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Um personagem à procura de autores

08 de outubro de 2012 3

Luiz Carlos Lisboa e parte de sua coleção de programas de espetáculos. Fotos: Ricardo Chaves

Filho de um médico em São Gabriel, onde nasceu, Luiz Carlos Lisboa veio para Porto Alegre e fez vestibular para Medicina. Acabou passando em Odonto. Graduado, teve uma breve carreira de cinco anos como dentista, tempo suficiente para saber que não era o que gostaria de fazer. Tinha paixão pelas artes e, no teatro, fez uma carreira ainda mais rápida. Foi ator na conhecida peça Seis Personagens à Procura de um Autor, de Pirandello (1867 – 1936), dirigida por Carlos Alberto Murtinho e encenada no Theatro São Pedro, em apenas 10 espetáculos. Crítico, concluiu que sua performance deixava a desejar.

Depois de passar seis meses na Europa, Lisboa voltou à Capital, fez novo vestibular e formou-se jornalista pela UFRGS. Ingressou na imprensa pela mão do crítico de cinema Paulo Fontoura (P. F.) Gastal. Fez crítica de cinema, teatro e artes plásticas e foi colunista social em diversas publicações, como Zero Hora, revistas Joia e Manchete (da Bloch Editores), Edição Extra (no Rio) e Cinelândia, entre outras.

Aos 84 anos, divide sua vida entre o apartamento próximo à Praça Júlio de Castilhos, em Porto Alegre, um outro, em Torres, e um terceiro, no Posto 6, em Copacabana, Rio. Desde sempre, assiste a pelo menos 10 espetáculos por mês. Cola em cadernos, onde faz anotações, todos os ingressos.

Ele pensa em doar os mais de 3 mil programas que colecionou ao desfrutar de grandes espetáculos nas principais cidades do mundo.

Um ingresso de Paris

Programa de Cabaret (Londres, 1968)

Programa de Hello Dolly, com Libertad Lamarque (Buenos Aires, 1967)

Fez um livro sobre a atriz Marisa Prado, A Estrela, o Mistério (Coleção Aplauso, 2006). Tem outro, autobiográfico, pronto: Um Rapaz do Colégio Anchieta. Conviver é viver com arte.

Elis Regina (Porto Alegre, anos 1970)

Peça Rumores, com Ricardo Darín (o segundo de cima para baixo, à direita). Buenos Aires, 1990

Comentários (3)

  • Mauro de Salles Villar diz: 9 de outubro de 2012

    O guri do Colégio Anchieta continua mandando a sua brasa direto. Deus o conserve, benza deus! É o nosso Marcel Proust gaúcho, mas não quer ainda que se lhe leiam os preciosos diários. Não dá para aguentar essa espera…

  • Elen Mattos diz: 24 de junho de 2014

    Escrevo por pedido de Yedda Maria Moutinho Quadros, que hj se encontra com 88 anos de idade . apaixonada por música e piano ,mas sofre com Alzhaimer já algum tempo ,mas sua memória faz bem o registro de Luiz Carlos Lisboa. Em 2004 fez uma dedicatória em um livro para Yedda() s0m d0 silênio, onde ela afirma guardar grande amizade.Deixa abraços e espera anciosa por notícias.

  • Luiz Carlos Lisboa doa telas à Pinacoteca Aldo Locatelli, em Porto Alegre | Rede Social diz: 3 de novembro de 2014

    […] A trajetória de Luiz Carlos Lisboa Telas de 1950 estão em exposição no Paço dos Açorianos […]

Envie seu Comentário