Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Obra benemérita comemora 120 anos em Taquari

07 de novembro de 2012 2

Taquari conserva uma obra benemérita com 120 anos de trabalhos assistenciais. A história do Asilo Pella e Bethânia teve início no final do século 19, quando Michael Haetinger, pastor luterano, testemunhou a miséria e o desamparo de famílias gaúchas, cujos homens eram convocados a lutar nas revoluções ou morriam em decorrência das más condições de saúde da época.

Para abrigar as crianças que ficavam sem família, com o apoio de oito pastores, Haetinger comprou a Fazenda Barros e fundou um orfanato. No dia 19 de novembro de 1892, o pastor e a família instalaram-se na antiga casa da propriedade.

Em 1897, inaugurou-se o Lar Pella II e dois anos depois, adquiriram a antiga Escola Superior Agrícola de Taquari, que, reformada, tornou-se o Asylo Bethânia. O Pastor Michael Haetinger dedicou-se aos asilos até a morte, em 1940, sendo sucedido pelo filho, o pastor Immanuel. No próximo domingo, será a comemoração do aniversário da instituição.

Veja a história em fotos:

Pastor Michael Haetinger, sua família e o primeiro grupo de órfãos, em 1893

Foto do Asylo Pella II, construído em 1897

Asylo Bethânia, antiga sede da Escola Superior Agrícola de Taquari, adquirida em 1899

Pastor Haetinger e sua mulher Anna Maria nas Bodas de Ouro, em 1925

Comemoração do 50º aniversário de pastorado de Haetinger, em 1924

Vista dos asilos a partir do Rio Taquari, que margeia a instituição

Última das últimas fotos do pastor Michael Haetinger, em 1940

Comentários (2)

  • carlos alberto da silva lopes diz: 7 de novembro de 2012

    Ao ver e ler a reportagem sobre o Asilo Pella Bethania , boas recordações vieram de quando estudei la com bolsa de estudo da prefeitura municipal de Poa.

  • Karla Kich Becker diz: 12 de novembro de 2012

    Foi uma linda festa e a instituição merece reconhecimento e apoio para se manter funcionando. Para quem não foi a festa ou não conhece a instituição, vale um passeio de final de semana.

Envie seu Comentário