Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O caminhoneiro veloz

22 de novembro de 2012 3

Theodolindo Artemio Foresti nasceu em Guaporé em 1926, filho de pequenos agricultores. Aos 12 anos, entendeu que a dura vida na roça não era o suficiente e resolveu buscar oportunidades na Capital. Em Porto Alegre, seu primeiro trabalho foi lavar garrafas para uma vinícola. Depois, fez um pouco de tudo, até chegar a caminhoneiro.

Foi no transporte de cargas que se afirmou e empreendeu. Em 1957, criou a Transportadora Foresti Ltda. Em 20 anos, era a quinta maior transportadora do país. Chegou a ter 25 filiais e uma frota de mais de 200 caminhões.

Um dos caminhões da Foresti, em janeiro de 1968. Foto: reprodução

Quando Foresti resolveu se dedicar ao automobilismo, não foi difícil conseguir um bom carro. Para cada 10 caminhões FeNeMê que comprava, ganhava da Fábrica Nacional de Motores um JK-FNM 2000, um dos carros brasileiros mais caros da época.

Foto: arquivo pessoal

Ele chegou a competir com uma carreteira Ford nº 8 como no GP Estrada da Produção, em Carazinho, em 1963 (foto acima). Mas ficou mais conhecido em sua parceria com Paulo Feijó pilotando o JK nº 97 em provas como as 12 Horas e as 500 Milhas de Porto Alegre. Veja fotos:

Foresti nas 500 Milhas de Porto Alegre em dezembro de 1963. Fotos: arquivo pessoal

O FNM em uma prova noturna dos anos 1960. Foto: arquivo pessoal

Foresti morreu em 2006.

O piloto e seu FNM-JK. Foto: banco de dados

(colaboraram João Luiz Foresti e Guilherme Ely)

Comentários (3)

  • joao de oliveira diz: 11 de setembro de 2013

    Tive o prazer de trabalhar com Seu Foresti como chamavamos ele em 1990 em Salvador ,Ba! era um lider nato tratava bem seus comandados!

  • Lucia Barreto diz: 12 de agosto de 2014

    Oi João,
    Finalmente encontrei algo sobre esta Empresa – trabalhei nela também em Salvador e preciso destes tempos para a minha aposentadoria. vc poderia me dar mais detalhes, talvez o Endereço deles para me dar uma Declaração, Esta informaçâo seria muito importante para mim.
    Aguardo respostas e um bom dia, Lucia

  • Nádia Teresa Franca diz: 21 de fevereiro de 2016

    Bom dia, finalmente encontrei algo sobre a empresa. Tenho muitas recordaçoes, fui amiga da Neusa Lusa que foi minha madrinha de casamento, Bia e D. Neli frequentavam minha casa quando vinham ao Rio, mesmo não trabalhando mais lá. Estou precisando de
    contato para completar minha aposentadoria. Posso contar com vocês?

Envie seu Comentário