Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Porto Alegre arranha o céu

21 de fevereiro de 2013 1

Se pensarmos no Empire State – que em Nova York, em 1931, chegou a 102 andares – e no Burj Khalifa – inaugurado em Dubai, nos Emirados Árabes, em 2010, com 160 andares –, fica até chato chamar nossos maiores edifícios de arranha-céus. Mas é inegável constatar que, nas décadas de 1950 e 1960, Porto Alegre iniciou sua verticalização.

O edifício Santa Cruz em construção. Foto: Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul

O edifício mais alto da Capital continua sendo o Santa Cruz, localizado, com seus 32 andares, no número 1.234 da Rua dos Andradas. Foi o primeiro, em nosso Estado, a ser construído com estrutura metálica. O Edifício Cacique, construído mais ou menos na mesma época do Santa Cruz, e também na Rua da Praia, 943, foi inaugurado em 1957, com 26 andares. Abrigou o Cine Cacique – o melhor da cidade na época, com 1,6 mil lugares – e depois, também, o Cine Scala, no mezanino do Cacique. Os dois foram desativados em 1994.

A obra do Edifício Cacique. Foto: Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul

Na noite de 26 de junho de 1996, o Edifício Cacique sofreu um grande incêndio, mas sobrevive para contar nossa história.

Foto: Ricardo Chaves, BD, 26/06/1996

Comentários (1)

  • Everton diz: 24 de junho de 2013

    Hoje em dia pra construir um edifício de 10 andares, ja torcem o nariz…Porto Alegre parou no tempo… nunca mais teve arranha céus como o Santa Cruz. Até Gravataí terá o seu em breve…

Envie seu Comentário