Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Frase do dia: Johnny Cash

26 de fevereiro de 2013 1

A música popular norte-americana tem personagens definitivos, como Frank Sinatra, Ray Charles, Elvis Presley e Roy Orbison, para citar apenas alguns. Johnny Cash (1932-2003), cujo nascimento completa hoje 81 anos, é um deles. Com sua figura sisuda, pinta de malvado, sempre de preto, ele foi um artista que transitou especialmente por gêneros como country e gospel, mas também participou dos primeiros anos do rock’n’roll, excursionando com figuras como o Jerry Lee Lewis e o próprio Elvis.

Em décadas de trajetória, Cash deixou uma coleção de gravações famosas, como I Walk the Line e Folsom Prison Blues – era notória sua simpatia pelos presidiários.

O filme Johnny e June (2005) conta, de forma romanceada, alguns de seus maiores dramas – a perda do irmão mais velho, o início da trajetória musical, as encrencas com drogas e o romance com June Carter, também artista, que se tornou sua segunda mulher.

“Sucesso é ter que se preocupar com tudo, menos com dinheiro”, acreditava o músico – a frase está no Almanaque Gaúcho desta terça-feira. Além de cantar e gravar discos, o que fez até o final de sua vida, Cash também atuou no cinema e inclusive apresentou um programa de TV entre 1969 e 1971.

Comentários (1)

  • Marcelo Xavier diz: 26 de fevereiro de 2013

    Cash acabou liderando um movimento de desburocratização do country, a partir dos anos 60. É que Nashville havia cooptado a música hilybilly (caipira) e transformado num pop udigrudi classudo, o Nshville Sound, que foi responsável por gente como Eddie Arnold, Patsy Cline, Jim Reeves, Don Gibson, onde o mote era ter voz de travesseiro, imrsos em arranjos copiosos de cordas. Cash pôs a bateria do rockabilly no country e, junto com Buck Owens, Merle Haggard (outro companheiro “de cadeia” do Johnny), Waylon Jennings e o Willie Nelson, eles inventaram o gênero rebelde sem causa do country, o Outlaw Country, que também influenciaria o rock, mais precisamente Byrds, Flying Burrito Brothers, Neil Young e os Rolling Stones. Também seria responsável pela popularização do country num gênero mais eclético, que é o Americana, o country pop dos anos 60, como os Eagles.

Envie seu Comentário