Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Orelhismo em decadência

11 de março de 2013 0

Em 15 de setembro de 1886, quando a Companhia União Telephonica se instalou na esquina da Rua Riachuelo com a Rua General Câmara, na Capital, ela contava com 72 assinantes. A telefonia teve um grande impulso em nosso Estado a partir da criação da Companhia Telephonica Rio Grandense, por Juan Ganzo Fernandez, em 1908. Os primeiros anos do século 20 foram de grande expansão dos serviços telefônicos, como atesta a propaganda publicada no Álbum Illustrado da Cidade de Santa Maria, na década de 1930 (abaixo).

Foto: reprodução

O Brasil possui hoje mais de 1 milhão de telefones públicos. Com o advento da telefonia celular, grande parte deles está ociosa. De 2006 a 2011, a quantidade de cartões de telefone fabricados anualmente caiu de 650 milhões para 132 milhões.

No final de 1974, orelhões futuristas, com uma cúpula de acrílico transparente, foram instalados no recém-inaugurado calçadão da Rua da Praia (abaixo).

Foto: Hipólito Pereira, BD, 9/11/1974

A fila, em 1975, diante de um orelhão tradicional do início da Rua dos Andradas (abaixo), revela que o telefone público, naquela época, tinha tanto prestígio quanto as calças boca de sino.

Foto: Luiz, BD, 19/4/1975

Envie seu Comentário