Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Frase do dia: Alfredo Volpi

28 de maio de 2013 0

Foto: Floriano Bortoluzzi, BD, 1/6/1976

A falta de uma educação artística formal não impediu que o ítalo-brasileiro Alfredo Volpi (1896-1988) se tornasse um dos nomes mais reconhecidos da arte brasileira do século 20. Em suas pinturas, explorou intensamente as cores e as formas geométricas, expressas em casarios ou nas famosas bandeirinhas – que até foram homenageadas pelo Google no último dia 14 de abril, data de seu aniversário de nascimento.

A homenagem do Google

Um dos quadros das bandeirinhas. Fotos: reprodução

Nascido na região de Lucca, interior da Itália, Volpi veio para o Brasil ainda criança, com a família, estabelecendo-se em São Paulo. A origem humilde contribuiu para que adotasse um estilo de vida simples – mesmo adulto, preferia trajes modestos, calçava sandálias e produzia manualmente suas próprias tintas. Como artista, costuma ser associado à segunda geração do modernismo brasileiro, embora não se vinculasse explicitamente a nenhum movimento específico.

Catavento. Foto: reprodução

“Trabalho é vida” – dizia o artista, que morreu em 28 de maio de 1988, aos 92 anos. “Eu não falo, eu pinto”.

Envie seu Comentário