Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mais que um carro, um Cadillac

26 de julho de 2013 1

Cadillac Eldorado Biarritz 1957, exposto no Museu do Automóvel Hollywood Dream Cars, em Gramado. Foto: Cleiton Thiele, divulgação

Cadillac sempre foi sinônimo de carrão. Luxo, exclusividade, sofisticação e glamour sempre estiveram associados a essa marca, fundada em 1902, e incorporada a General Motors para ser exatamente a divisão dos automóveis top. Em 1953, quando tudo parecia que daria certo, especialmente nos Estados Unidos, o símbolo máximo do requinte e da qualidade estava concentrado num carro grande, confortável e caro: o Cadillac, o automóvel mais caro da época. Por isso mesmo era natural que fosse o preferido dos magnatas, artistas famosos e chefes de Estado, que em seus dias mais gloriosos desfilavam pelas ruas em um Cadillac conversível, obviamente.

Modelo de 1957 é precursor da linha “rabo de peixe”. Foto: Cleiton Thiele, divulgação

Os modelos são muitos: De Ville, Fleetwood, Phaeton… Mas um dos mais clássicos é o Cadillac Eldorado Biarritz 1957. Ele é precursor da linha “rabo de peixe”, que teria seu mais despudorado e espalhafatoso representante no ano de 1959. O Museu do Automóvel Hollywood Dream Cars, de Gramado, tem agora, uma nova atração: acabou de adquirir um dos 1,8 mil exemplares do Eldorado Biarritz produzidos em 1957. Esse tem alguns detalhes em ouro de 18 quilates e um motor V8 de 365 HP. Em setembro de 2010, um carro como este foi arrematado, em um leilão para colecionadores, por US$ 363 mil. Desembarcar de um carro dos sonhos como esse e pisar diretamente no tapete vermelho era para poucos, como Elvis Presley ou Marilyn Monroe. Essa, não por acaso, tem sua imagem estampada na placa do veículo americano exposto no museu da serra gaúcha.

Marilyn Monroe estampa a placa do autmomóvel que é sinônimo de luxo. Foto: Cleiton Thiele, divulgação

Comentários (1)

  • carlos diz: 26 de julho de 2013

    O que me impressiona, nestes carrões é que, segundo sei, não tinham ar condicionado nem direção elétrica ou hidráulica.

Envie seu Comentário