Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Reverso disperso

01 de agosto de 2013 0

Os fotógrafos do final do século 19 e início do 20 usavam o verso das suas fotos para fazer marketing do seu estabelecimento. Fotos: Reprodução

Para quem curte fotografia, as antigas têm especial valor. Aqueles retratos feitos em estúdios, ateliers ou gabinetes, como diziam na época, têm uma nitidez espantosa, que combina muito com a formalidade com que eram abordadas as criaturas que se dispunham a posar para o fotógrafo, no intuito de preservar sua imagem para a eternidade, ou simplesmente oferecê-la a algum ente querido ou amado.

Na verdade, a espontaneidade, característica da fotografia moderna, não existia também por razões técnicas. O fotografado deveria permanecer imóvel e concentrado, muitas vezes escorado em uma coluna, durante o longo período de exposição necessário para gravar a luz, através de objetivas poucos luminosas, em grande chapas de pouca sensibilidade. Verdadeira arte, praticada por profissionais que exibiam o orgulho de seu crédito no verso sofisticado das imagens coladas em cartões.

Colaborou Sérgio Gageiro

Envie seu Comentário