Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Savério Leonetti e o primeiro selo fonográfico gaúcho

25 de setembro de 2013 2
009592ef

A valsa Sonho de Virgem foi um dos discos gravados pela empresa de Savério Leonetti. Foto: Reprodução

 

Coube ao imigrante italiano Savério Leonetti, ao fixar-se no Rio Grande do Sul, fundar o primeiro selo fonográfico gaúcho. Em 23 de junho de 1913, ele registrou na Junta Comercial de Porto Alegre a marca Disco Gaúcho. Ele, que comercializava gramofones em sua loja da Rua da Praia, “A Elétrica”, percebeu que o grande lance era também produzir os discos para abastecer os “aparelhos de som” da época, que ele vendia. Com um tino comercial especial, Leonetti promovia festas em sua casa da Avenida Sergipe, no arrabalde da Glória, onde reunia amigos e artistas. Com o auxílio do irmão Emílio, que veio com ele da Itália, os negócios iam se expandindo. Leonetti trouxe também da Europa dois outros irmãos, Aquiles e Carlo, além de um técnico especializado, e os equipamentos necessários para as gravações. Nesse período, mais de mil discos teriam sido fabricados, 60 deles foram integrados posteriormente ao Museu de Comunicação Hipólito José da Costa.

Colaborou Sérgio Dillenburg

 

0010cbfb

O imigrante começou vendendo gramofones em sua loja na Rua da Praia. Foto: Daniela Xu, Banco de Dados, 07/11/2006

Comentários (2)

  • Marcelo Xavier diz: 26 de setembro de 2013

    A Casa Elétrica foi o primeiro selo gaúcho e, de acordo com o Carlos Reverbel, provavelmente a segunda fábrica da América Latina. Ele cita a viagem que empreendeu o maestro Francisco Canaro, que a maioria de vocês conhece, de Buenos Aires até Porto Alegre, á fim de gravar uma leva de discos. Muitos acham que é lenda; no entanto, isso consta na autobiografia do Canaro, intitulada Minhas Bodas de Ouro com o Tango, de 1957. No livro, ele diz que teve que gravar na Elétrica porque não havia fábrica lá. Isso ocorreu em 1915.

  • joao diz: 30 de abril de 2014

    Todas as informações (ou ao menos grande parte delas) podem ser encontradas no livro ” A Electrica ” de Hardy Vedana

Envie seu Comentário