Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Há 40 anos, a Banda Marcial Irmão Leão, do Colégio Santa Maria, chegava ao fim

11 de dezembro de 2013 0

Foto: Foto Íris, Acervo de Robinson Noal

Já faz 40 anos que deixaram de rufar os tambores, soar as trombetas e ecoar os pífaros da extraordinária Banda Marcial Irmão Leão do Colégio Santa Maria, a vencedora, com o primeiro lugar nacional, no concurso promovido em São Paulo, no ano de 1972, pela antiga TV Record. Além da Banda do Exército (3ª DE) era a única na cidade a executar o Hino Nacional brasileiro. O mor, Osório, chegou a fazer estágio, no Rio de Janeiro, na Banda dos Fuzileiros Navais, de onde trouxe o conhecimento para as inúmeras evoluções que a banda realizava com destreza, tais como a âncora, estrela e moinho, além de novas composições.

A época áurea das bandas marciais em Santa Maria foi entre a década de 1950 e 1960, já que em 1970 entrou em declínio, para silenciar em 1973. A musicalidade, o garbo e Eleutério Rodríguez Nieto, o mestre espanhol conhecido como Irmão Leão, nunca serão esquecidos. Ele, além de compositor, tocava qualquer instrumento que lhe caísse nas mãos. Quatro décadas nos separam dos últimos acordes. Esse tempo não foi suficiente para que esqueçamos da querida banda santa-mariense.

Colaborou: Cláudio Roberto Morgental

 

Envie seu Comentário