Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em 2014, Operação Golfinho completa 44 anos de existência

20 de dezembro de 2013 2

Na rodoviária de Tramandaí, PMs de coturno e capacete.
Foto: Brigada Militar, Divulgação

Amanhã começa a 44ª Operação Golfinho da Brigada Militar. Essa mobilização de efetivo que já ocorre há mais de quatro décadas é a resposta da corporação ao costume bem peculiar da população gaúcha que se transfere em grande parte para as cidades balneárias da orla atlântica nos meses de janeiro e fevereiro. Neste ano, 1.145 brigadianos vão trabalhar no policiamento e 1.240 tentarão evitar as mortes por afogamento, atuando como salva-vidas. No ano passado, uma média de 25 pessoas por dia foram resgatadas das águas.

Contingente da Brigada Militar em Torres, em 1960.
Foto: Brigada Militar, Divulgação

Até 1970, quando se iniciou a primeira Operação Golfinho com a instalação de uma companhia da BM em Tramandaí, as coisas eram muito diferentes. Algumas prefeituras contratavam, normalmente, uns poucos nativos, com mais coragem e dedicação do que propriamente com efetiva habilidade aquática em salvamentos. Os soldados encarregados do policiamento encaravam a sua missão, sob o sol escaldante, de coturnos e até de capacetes. Com o tempo, o pessoal encarregado de conter os excessos do verão foi se profissionalizando e, apesar de cada vez mais gente à beira-mar, a presença constante da Brigada Militar procura garantir a paz tão desejada por quem está de férias.

Em 1985, os policiais já usavam roupas mais leves à beira-mar. Foto: Brigada Militar, Divulgação

Comentários (2)

  • Marcelo Xavier diz: 20 de dezembro de 2013

    Bah, a antiga rodoviária da Fernandes Bastos!

  • José Corrêa diz: 22 de dezembro de 2013

    A foto da dupla de Brigadianos não é de 1985, deve ser de 1965, basta ver a braçadeira com PB e a borracha em vez de cassetete e é claro as vestimentas dos banhistas ao fundo.

Envie seu Comentário