Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Escola Souza Lobo completa cem anos

31 de março de 2014 2
Complexo arquitetônico do " Collegio Elementar Souza Lobo". Foto: Acervo da Escola Souza Lobo

Complexo arquitetônico do ” Collegio Elementar Souza Lobo”. Foto: Acervo da Escola Souza Lobo

A Escola Estadual de Ensino Fudamental Souza Lobo faz aniversário hoje. Grande momento, afinal, está comemorando cem anos. Foi fundada em 31 de março de 1914, como Collegio Elementar Souza Lobo. O professor e engenheiro geógrafo José Theodoro de Souza Lobo, que dá nome a escola, nasceu em Porto Alegre em 1846. Depois de estudar em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, voltou ao Rio Grande do Sul, onde lecionou matemática na Escola Normal de Porto Alegre. Publicou obras didáticas de aritmética e de geografia. Morreu em 1913, aos 67 anos. Em 1877, Souza Lobo fundou o colégio pelo qual passaram diversas personalidades gaúchas, como Júlio de Castilhos, Borges de Medeiros, Assis Brasil, Protásio Alves e Barros Cassal. A Escola já nasceu imponente com os quatro sobrados que se erguiam entre as chácaras e o casario pobre da redondeza. Está localizada na Avenida Bahia, 948, no bairro São Geraldo, em Porto Alegre, e agora é dirigida pela professora Sandra Petrillo de Moraes.

Estudantes do 3º ano durante as comemorações da Semana da Pátria em 1938. Foto: Acervo da Escola Souza Lobo

Estudantes do 3º ano durante as comemorações da Semana da Pátria em 1938. Foto: Acervo da Escola Souza Lobo

Comentários (2)

  • Júlio Costa diz: 19 de janeiro de 2016

    Ótima escola. Professores dedicados.
    Estudei no Souza Lobo nos anos 60.
    Estudei no Primário no prédio da foto. No Ginásio estudei no prédio novo que ficava nos fundos.
    Saudades das linhas de bondes da Benjamin e da São Pedro.

  • Rodolpho Leal diz: 23 de agosto de 2016

    Estudei no Souza Lobo de 1968 a 1975. Tenho ótimas lembranças de aprendizado e convívio com professores e colegas. Acompanhei as obras do prédio atual e 8 anos da vida dos 2 coqueiros emblemáticos que ornamentavam a Escola. Agora ainda resta um.

Envie seu Comentário