Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Felisberto Antonio Dalla Costa e a emancipação de Nova Bassano

23 de maio de 2014 0
Felisberto observa o governador Meneghetti assinando a lei que emancipou Nova Bassano. Foto: Arquivo Pessoal

Felisberto observa o governador Meneghetti assinando a lei que emancipou Nova Bassano. Foto: Arquivo Pessoal

Há exatos 50 anos, o governador Ildo Meneghetti colocou sua assinatura num documento e concretizou o sonho dos moradores de Nova Bassano. Ao firmar a lei estadual número 4.730, em 23 de maio de 1964, ele consolidou a emancipação política e tornou esse antigo distrito de Nova Prata finalmente em mais um município do Rio Grande do Sul. O povoamento daquela região por colonos se deu no início da década de 1890. As primeiras 30 famílias de italianos foram instaladas em terras do Estado e cada uma delas teve direito a 10 hectares. Em seus primórdios, o lugar foi chamado de “Bassano Del Grappa” pelos colonizadores oriundos da Província de Vicenza, no norte da Itália.

O prefeito na solenidadecriou o primeiro parque de maquinas da cidade, em 1968. Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito na solenidadecriou o primeiro parque de maquinas da cidade, em 1968. Foto: Arquivo Pessoal

Antes da emancipação, foi criada, em dezembro de 1962, uma comissão na Assembleia Legislativa com esse objetivo. A primeira eleição no novo município ocorreu no dia 10 de janeiro de 1965, e Felisberto Antonio Dalla Costa foi eleito prefeito. A decisão dos eleitores fez justiça ao trabalho incansável realizado por Felisberto em prol da emancipação. Ele foi membro da comissão emancipacionista e acompanhou sempre de muito perto os trâmites legais para que o processo chegasse ao desfecho desejado. Não por acaso ele estava, com seu terno claro de discretas listras verticais, sentado ao lado de Meneghetti durante a solenidade que criou Nova Bassano.

Já eleito, Felisberto participou do 2º Congresso de Prefeitos do RS. Foto: Arquivo Pessoal

Já eleito, Felisberto participou do 2º Congresso de Prefeitos do RS. Foto: Arquivo Pessoal

Felisberto governou a cidade em dois momentos: de 1965 a 1968 (como o primeiro prefeito) e também entre 31 de janeiro e 31 de dezembro de 1989. Foi por iniciativa dele que o Centro Administrativo Municipal foi construído e, com sua morte, em janeiro de 1997, o complexo recebeu o seu nome. Felisberto nasceu em 2 de junho de 1924, casou-se com dona Elza (88 anos) e teve cinco filhos: Nair, Ledir, Ismael, Ivaldo e Vera Lúcia, que contou ao Almanaque Gaúcho que um deles, Ivaldo, assumiu o cargo de vice-prefeito horas antes da morte do pai. Felisberto Antonio Dalla Costa esteve presente à posse com a emoção de ver no filho seu trabalho prosseguir.

 Colaborou: Bruna Dalla Costa Zajaczkowski (neta de Felisberto)

O Centro Administrativo Municipal que leva o nome do primeiro prefeito da cidade. Foto: Arquivo Pessoal

O Centro Administrativo Municipal que leva o nome do primeiro prefeito da cidade. Foto: Arquivo Pessoal

Envie seu Comentário