Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Florence, Niépce e Daguerre, os pioneiros da fotografia

19 de agosto de 2014 0
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Hoje é o Dia Mundial da Fotografia. De acordo com Boris Kossoy, fotógrafo, professor e ex-diretor do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, entre as importantes invenções surgidas no século 19, a evolução da fotografia foi provavelmente a que acarretou as mais profundas transformações psicológicas, sociais e políticas. Ainda de acordo com ele, a imagem fotográfica tem se prestado para inúmeros usos, inclusive para moldar e modificar o modo de ser e de ver dos homens. Kossoy é um dos principais pensadores e pesquisadores no assunto. Graças ao seu trabalho, hoje sabemos que o termo “photographie” foi empregado pela primeira vez por Hércules Florence (1804-1879), um francês nascido em Nice que chegou ao nosso país em 1824 e participou da expedição científica ao interior do Brasil promovida pelo barão von Langsdorff. Ao voltar da incursão, ele casou-se e se estabeleceu em Campinas (SP). Enquanto na Europa gente como Niépce e Daguerre, considerados os pais da fotografia, tentavam gravar (e fixar) as imagens de uma câmera obscura, Florence desenvolvia aqui pesquisas paralelas e isoladas.

Fotografia continua sendo fotografia, mas a tecnologia digital acabou com os complicados processos fotoquímicos pesquisados por Hércules Florence. Foto: Reprodução

Fotografia continua sendo fotografia, mas a tecnologia digital acabou com os complicados processos fotoquímicos pesquisados por Hércules Florence. Foto: Reprodução

A data de hoje foi marcada como o dia em que Daguerre (1787-1851) apresentou oficialmente sua descoberta no Institut de France, uma instituição que englobava a Académie des Sciences. Mas ele se referia ao seu invento como daguerreotipia, assim como Niépce (1765-1833) usava o termo heliografia para definir o que praticava. Florence, que tinha mais preocupações com o desenvolvimento da indústria gráfica e buscava usar a luz no processo de impressão, chamava o que fazia de “photographie” desde 1833/34*, pelo menos cinco anos antes de outros adotarem essa expressão. Agora, todos fazem selfies e fotos o tempo inteiro. Nem percebemos como foi longo o caminho até aqui.

Colaborou Marcos Contreira

 

 

Clemens Seeber, o “photographo-ciclista”, em 1886. Foto: Reprodução

Clemens Seeber, o “photographo-ciclista”, em 1886. Foto: Reprodução

*CORREÇÃO: O termo “photographie” era usado por Hércules Florence desde 1833/34, e não desde 1933/34 como publicado nesta página em 19 de agosto de 2014. O texto original foi corrigido.

Envie seu Comentário