Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Meirelles Duarte: cronista emérito

19 de dezembro de 2014 0

11069240

11069241

Com Flávio Bicudo, do Inter, na concentração, em 1961

11069245

Com jogadores da Seleção Brasileira

Dos 80 anos completados no mês passado, Meirelles Duarte dedicou pelo menos 63 ao jornalismo esportivo. Aliás, dedicou não é o tempo adequado do verbo, pois ele continua atuando na imprensa de sua querida Passo Fundo, onde nasceu em 1934. Com uma história de vida riquíssima, que lhe dá vigor e disposição contagiantes, o jornalista mantém uma coluna semanal no jornal O Nacional e três participações semanais pelos canais da NET, tendo deixado o rádio após 43 anos narrando futebol e fazendo seus programas diários. A popularidade lhe garantiu o reconhecimento da comunidade e o levou a exercer a vereança naquela cidade em cinco legislaturas.

Tendo iniciado em 1951 na cidade de Getúlio Vargas, na Rádio Vera Cruz, hoje Sideral, foi levado, com um ano de profissão, para Passo Fundo, indicado por seu amigo Maurício Sirotsky Sobrinho, que deixava a pioneira Rádio Passo Fundo, onde foi seu primeiro gerente, para ingressar na Rádio Farroupilha e, posteriormente, na Rádio Gaúcha, onde nasceu o grupo de comunicações da RBS. Meirelles, como é conhecido, depois de 63 anos de profissão, sem nenhum intervalo, é hoje um dos comunicadores mais veteranos, em todo o país, em plena atividade após tanto tempo.

Ele já recebeu inúmeras homenagens. Em 2000, foi eleito  “o melhor comunicador do interior do Estado” e, num jantar em Gramado, recebeu seu diploma  das mãos do locutor Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha. Ardoroso torcedor do Internacional, preferência que nunca negou, mesmo sendo um profissional da comunicação, também recebeu, de Arthur Dallegrave, a identidade de Sócio Honorário, em documento gravado numa grande placa com as justificativas e assinado pelo presidente Fernando Carvalho em 20 de agosto de  2055.

Por duas vezes, foi homenageado pela Federação Gaúcha de Futebol: primeiro, com o título de Cronista Emérito por serviços prestados ao futebol gaúcho, assinado pelo presidente Rubens Hofmeister, em 10 de março de 1982, e, depois, como Sócio Honorário, em 10 de novembro de 2011, assinado pelo presidente Emídio Perondi. Também foi eleito personalidade da década na comunicação esportiva, em premiação promovida pela Lider, em 31 de dezembro de 1999, e presidiu por sete gestões a Academia Passo-Fundense de Letras. Na formatura de Direito, em 1979, foi escolhido o orador de sua turma. O homem certo, no lugar certo.

 

11069242

Com o zagueiro Airton, do Grêmio

 

 

 

Envie seu Comentário