Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Som dos anos 1970

22 de outubro de 2015 0

1

Fones enfiados nos ouvidos, agora, fazem parte da indumentária, especialmente dos mais jovens. Boleiros, então, nem se fala… Talvez por, inevitavelmente, andarem sempre em grupos, recorrem ao individualismo de suas músicas preferidas e buscam isolamento portando potentes e volumosos fones que carregam nas orelhas ou no pescoço. Pelo menos, assim parece, já que constantemente são flagrados descendo dos ônibus utilizando esse recurso.

2

Até a invenção do walkman, em 1979, ouvir música era, para o bem e para o mal, algo que se fazia, digamos, coletivamente. Basta folhear antigas edições da revista Geração Pop, publicadas no início da década de 1970, para ver que tipos de aparelhos de som eram anunciados pela publicidade aos jovens de então. Levando em consideração os dispositivos atuais, talvez os mais anacrônicos sejam os anúncios dos rádios portáteis como o RP, da Sanyo.

3

É bem verdade que não era um rádio comum, afinal, trazia “uma grande novidade”: funcionava também em… FM. Grandes companheiros de toda uma geração foram os eletrofones portáteis que, alimentados por pilhas, permitiam que se ouvissem discos compactos ou LPs em passeios, campings e até na beira da praia. Os gravadores cassete portáteis, como o SonyBoy, também representaram um passo importante na forma de armazenar e desfrutar da trilha musical escolhida e organizada com esmero  por cada um. E assim veio vindo até que, um dia, chegou a tecnologia digital, com os CDs etc.  Não mais um passo, mas um enorme salto.

4

Envie seu Comentário