Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Em 1969, era assim

23 de outubro de 2015 0

Há 46 anos, a Avenida Mauá ainda não tinha o muro, e a Avenida Otávio Rocha tinha os trilhos, os  bondes e os carros. Nessas imagens, feitas pelo fotógrafo Rubens Borges (conhecido por Goiano, in memoriam), para a edição da revista O Cruzeiro de 29 de maio de 1969, pode-se ver que, embora a paisagem pareça mais ou menos a que temos hoje, muita coisa mudou.
1

A Mauá era margeada por um longo estacionamento de veículos entre a Estação Ferroviária Ildefonso Pinto (que ainda não havia sido, lamentavelmente, destruída, e aparece na linha inferior, da foto vertical), e as proximidades de onde hoje está a rodoviária, que foi inaugurada em 1970.

2

Agora, a Otávio Rocha é uma rua praticamente para pedestres, com um largo canteiro central, mas, antigamente, havia carros estacionados junto ao meio-fio. O Café Haiti permanece. A Renner continua na mesma esquina. A praça foi recentemente revitalizada e está muito diferente do que era. Ao fundo, aparecem, depois da Praça XV,  o edifício União e o do Banco do Brasil.

Envie seu Comentário