Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Beco da cadeia

22 de dezembro de 2015 1

As fotos mostram dois momentos distintos da atual Avenida Senador Salgado Filho, no centro de Porto Alegre. Na imagem de cima, a avenida logo que foi aberta, no final da década de 1930, com o casario baixo, que sobreviveu, por algum tempo, à demolição para o alargamento da rua. Vê-se que, nos canteiros centrais, ainda não existiam as árvores que hoje cobrem de sombra as calçadas e o leito da via.

1

Na foto inferior, a paisagem já havia mudado bastante: o trecho fotografado, entre as ruas Doutor Flores e Marechal Floriano, ganhou grandes edifícios de sete a 12 andares e os automóveis passaram a ocupar o espaço ao longo do meio-fio no centro da rua. O intervalo de tempo entre as duas cenas talvez seja algo como 10 anos. A foto abaixo é, certamente, do fim dos anos 1940, ou, no máximo, início dos 1950.

No século 19, havia, ali, apenas um logradouro conhecido pelo nome de Travessa Dois de Fevereiro. No quarteirão, entre a Doutor Flores e a Rua da Misericórdia (hoje Rua Professor Annes Dias), num acanhado prédio, foi instalada a primeira cadeia pública da Capital, e por esse motivo o local também foi conhecido como Beco da Cadeia ou Travessa da Cadeia Velha.

2

Depois da ampliação, foi batizada de Avenida 10 de Novembro, mas o nome foi trocado, em 1951, para Avenida Senador Salgado Filho, em homenagem ao primeiro titular do Ministério da Aeronáutica, falecido em acidente aéreo no ano anterior. É curioso observar que o prédio cujo frontão emerge no canto direito, na linha dos telhados, na foto superior, aparece com toda a sua fachada também na foto inferior. Ele está à sombra, à direita da foto, eclipsado pelo arranha-céu construído na esquina da avenida com a rua  Doutor Flores.

Fonte: Porto Alegre – Guia Histórico,  de Sérgio da Costa Franco.

Comentários (1)

  • Régulo F Ferrari diz: 23 de dezembro de 2015

    Na verdade, as árvores já estão ali desde a foto mais antiga – são aqueles arbustos emoldurados por uma cerquinha, que se agigantaram – Ficus microcarpa. É a mesma espécie que foi retirada da Praça Otávio Rocha.
    A segunda foto poe ser anterior a 1947, pois possuo uma imagem semelhante, com os mesmos prédios, que é de um postal da Casa do Amador enviado em 1947.

Envie seu Comentário