Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pesquisa divulga mais um benefício da caminhada

16 de outubro de 2010 0

A caminhada tem vário benefícios para nosso corpo, isso todo mundo sabe, mas em uma reportagem no Jornal Nacional, os pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, concluíram que andar 1,5 quilômetro por dia evita perda de massa cerebral e reduz pela metade o risco de ter problemas de memória.

Um estudo divulgado por cientistas americanos revelou mais um benefício pra quem se exercita com caminhadas. Principalmente os mais idosos.

Seja para passear, seja para se exercitar. Caminhar, além de fazer bem para o corpo, é bom para a mente. O exercício aeróbico oxigena o cérebro, desenvolve as células e evita a demência.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Pittsburgh reuniram quase 300 pessoas a partir de 1989, todas com saúde boa, na faixa dos 78 anos, e pediram para elas registrarem a distância que andavam por dia.

Treze anos depois, os cientistas constataram doenças como demência em 116 pessoas, 40% do grupo. Já a outra turma – a dos mais saudáveis – era formada por aqueles que mais andavam. Eles não perderam massa cerebral e reduziram pela metade o risco de ter problemas de memória.

Agora, quanto caminhar? Os saudáveis lembram bem. Andaram regularmente pelo menos 72 quarteirões por semana. Isso dá aproximadamente dez quilômetros. Por dia, estamos falando então de quase um quilômetro e meio. Então temos mais de 1,4 mil metros pela frente. E caminhando a gente ainda encontra os personagens da reportagem.

“Andar me mantém alerta, mantém meu corpo forte. Eu amo isso. Se não ando, me sinto culpado. Não estou tomando conta de mim”, afirma um senhor.

Caminhando assim vai lúcido e saudável, bem além dos 73 anos de hoje.

xxxx

Foto: Roni Rigon

Bookmark and Share

Envie seu Comentário