Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Saiba como diferenciar gripe de resfriado

14 de abril de 2011 0

Todo mundo já teve gripe ou resfriado alguma vez na vida. Mas você sabe diferenciá-los e como se comportar em cada caso? E quais os sintomas desses vírus, como preveni-los e tratá-los?

Para responder a essas e outras questões, estiveram no progama Bem Estar o infectologista Caio Rosenthal, que é consultor do programa, e o pediatra Gabriel Oselka. Em geral, as pessoas sabem apenas que a gripe é mais forte e provoca um mal estar maior. Mas os detalhes dessas doenças, se existem particularidades entre os vírus, e o que é mito e o que é verdade, pouca gente conhece.

xx

Gripe x resfriado (Foto: Arte/G1)

xx

xx

Os vírus da gripe e do resfriado não vivem no ar nem em superfícies por muito tempo. Por isso, precisam encostar nas pessoas e sugar a energia delas, em cujo organismo encontram o lugar favorável para crescer e se multiplicar.

No estúdio, Rosenthal explicou que há mais de 200 tipos distintos de vírus do resfriado, o que significa que um indivíduo pode contrair a doença centenas de vezes ao longo da vida – de 2 a 3 vezes por ano. Já a gripe pode atingir alguém entre 10 e 12 vezes na vida, o que pode ser reduzido com a aplicação da vacina e a resistência imunológica.

No ano passado, 28.430 pessoas foram internadas no Brasil por causa da gripe, e os casos se acentuam com as mudanças de temperatura. Nas ruas, a repórter Marina Araújo consultou o clínico geral Alfredo Salim sobre a “etiqueta da gripe”: como ela pode ser contraída e de que forma evitar a contaminação.

Os grupos mais suscetíveis são idosos, crianças, gestantes no 2º ou 3º trimestre, pessoas imunodeprimidas, portadores de doenças crônicas (como asma, diabetes, problemas renais e pulmonares) e fumantes.

Este ano, o SUS oferecerá a vacina da gripe comum e da gripe suína em uma mesma dose, para idosos, indígenas e mulheres grávidas. Crianças menores de 2 anos receberão uma dose inicial e outra após 30 dias.

Transmissão

- Diretamente: por secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada ao falar, espirrar ou tossir
- Indiretamente: por meio das mãos que, após contato com superfícies infectadas, podem carregar o agente diretamente para boca, nariz e olhos
- O período que uma pessoa pode transmitir a doença é de 2 dias antes até 5 dias após o início dos sintomas

Fonte: Programa Bem Estar – http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/03/especialistas-diferenciam-sintomas-e-caracteristicas-de-gripe-e-resfriado.html

Bookmark and Share

Envie seu Comentário