Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O “Novembro Azul” chama atenção de todos para o diabetes

08 de novembro de 2012 0

“Novembro Azul” é em alusão ao dia 14 de novembro, “Dia Mundial do Diabetes”. E para chamar a atenção para o problema, a International Diabetes Federation (IDF), realiza centenas de atividades pelo mundo inteiro, apoiada pelas entidades filiadas, entre elas, a Sociedade Brasileira de Diabetes e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. O Dia Mundial tem o apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, mais recentemente da ONU (Organização das Nações Unidas).

As campanhas de esclarecimento têm por objetivo informar ao público sobre as causas, sintomas, tratamentos, complicações e prevenção do diabetes. A data busca conscientizar a todos: crianças e adultos, profissionais de saúde, formadores de opinião e mídia, e serve de alerta para o aumento da prevalência do diabetes.

Muitas entidades e associações promovem eventos educativos para chamar a atenção para a importância do tratamento e diagnóstico precoce do diabetes. Em Joinville, desenvolveu uma programação “EDUCAR PARA PREVENIR”, pois entende que a informação é a maior ferramenta para controle e prevenção da doença.





Números importantes

Somente mostrando o crescimento alarmante do diabetes será possível sensibilizar autoridades para a importância da prevenção e cuidados.

• A prevalência do diabetes tem aumentado de forma exponencial ao longo das décadas e transformado a doença em uma das epidemias da saúde pública mundial. Hoje, segundo dados da International Diabetes Federation (IDF), há mais de 230 milhões de casos no mundo inteiro, quase 8% da população adulta, e uma estimativa de que, em 2025, esse número chegue a casa dos 350 milhões.

• No Brasil, o último Censo constatou uma prevalência média de 7,6% na população urbana entre 30 e 69 anos. Estima-se que são cerca de 10 milhões de pessoas com diabetes no Brasil.

• O cálculo global do número de casos, realizado a partir de dados do Diabetes Atlas da IDF (2003) e a estimativa de casos em 2025 na população entre 20 e 79 anos, demonstra um cálculo aproximado de velocidade do crescimento desta doença: um novo caso a cada cinco segundos.

• Dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 3,2 milhões de mortes no mundo são atribuídas todos os anos ao diabetes.

• Pessoas com diabetes têm de 15 a 40 mais chances de sofrer amputações de membros inferiores, se comparadas com a população em geral.

• Sobre os casos de diabetes tipo 1, a IDF prevê que a incidência global aumente em 3% ao ano.

• Sobre o diabetes tipo 2, 80% dos casos poderiam ser evitados com a troca de estilo de vida.

Fonte: www.endoville.com.br/site/diabetes

Bookmark and Share

Envie seu Comentário