Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Comunidade vai escolher destino da área

04 de maio de 2012 1

O secretário de Governo, Gean Loureiro, explicou que após a desapropriação, a comunidade vai decidir o que fazer com a área. Se voltará a ser apenas um estádio, uma praça ou terá outras opções de lazer.

_ Nosso objetivo é estabelecer uma gestão de Parceria Público Privada (PPP) _ explicou o secretário.

De acordo com o prefeito Dário Berger, a Área Verde de Lazer (AVL) não tem valor comercial, porque quase nada pode ser construído. Apesar disto, o proprietário é obrigado a pagar o IPTU.

_ Utilizamos como base para o valor de indenização os cálculos para o IPTU _ justificou Berger.

O presidente da Associação de Moradores do Porto da Lagoa (Ampola), Luciano Pereira, destacou a desapropriação como ferramenta para a formação das novas gerações. Hoje, as escolinhas estão funcionando no campo do Cruz de Malta, no Bairro Rio Tavares.

_ Para centenas de famílias da nossa comunidade, o importante é ter o campo à disposição para que os jovens possam ter uma ocupação saudável. Além disso, a bacia da Lagoa da Conceição recupera a sua única área de lazer _ observou Luciano.

Comments

comments

Comentários (1)

  • marquinho diz: 4 de maio de 2012

    Parabens Zuza , Luciano e Diretoria . O campo deve sim continuar pois é o único da bacia da Lagoa . Pode-se pensar em fazer uma praça de lazer para crianças atras do campo que tem espaço para isso.
    Abc

Envie seu Comentário