Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Rochinha não ficou 24h "desempregado" - Correção

07 de julho de 2012 3

Em reunião realizada sexta-feira à noite, o VT Canto resolveu efetivar o auxiliar Antero para a Segundona.

Rochinha (D) ao lado do técnico Colatina, do Vila Foto: Michael Gonçalves


O técnico Alberto Rocha Filho, o Rochinha, que foi desligado do Grêmio Cachoeira nesta semana, não chegou a ficar 24 horas “desempregado”. Rochinha acertou com o VT Canto para a disputa da Segunda Divisão da Capital. Ele já havia comandado o time do Canto da Lagoa na Copa Floripa.

A reestreia do técnico será no amistoso neste domingo. O VT Canto faz um jogo treino contra o Lagoa, às 15h30min, no Estádio Henrique de Arruda Ramos, em Santo Antônio de Lisboa. Aliás, a Liga Florianopolitana de Futebol (Liff) convoca todos os clubes da Segundona para uma reunião nesta segunda-feira, às 19h, no Centro Comunitário do Bairro Saco dos Limões.

Comments

comments

Comentários (3)

  • Mael diz: 7 de julho de 2012

    Essa informação não procede,

    O professor rocha teve uma reunião sexta feira com a diretoria do Vtcanto, Acabou não assumindo o time porque o clube já havia promovido o auxiliar técnico Antero para comandar o time na segundona.

    O amistoso é contra o Santa Cruz do Sambaqui as 15hs no avante.

    Abraço.

  • Torcedor do Gremio diz: 7 de julho de 2012

    Ate que fim em demitiro esse cara, nunca vi treinador faltar o jogo do seu proprio time….kkkkk… Isso e coisa de tecnico de segunda divisao mesmo.
    Vamo la Gremio rumo a recuperacao agora…tamos juntos.

  • Alberto Rocha Filho diz: 8 de julho de 2012

    Para que todos entendam.

    1. No inicio do ano de 2012 fui convidado pelo presidente do Grêmio Cachoeira em montar a equipe para o Campeonato Municipal de 2012 e como ainda não teria uma equipe formada e sim contato com alguns atletas não participaria da Copa Floripa, porém como alguns dos atletas contactados anteriormente vinham recebendo convites para jogarem em outras equipes, preocupados a diretoria reunida, inclusive com a minha presença, decidiu participar da competição mesmo sabendo do meu compromisso já firmado com a diretoria do VT Canto e que a equipe seria dirigida pelo Dr. Alberto Karoly.

    2. Fui procurado também pela direção do VT Canto para saber da possibilidade em dirigir a equipe na Copa Floripa uma vez que o amigo Ba já havia acertado com a diretoria do Barrense e aí demos inicio no VT Canto durante a realização do Torneio entre as equipes da Bacia da Lagoa da Conceição, VT Canto, Palmeiras, Lagoa e Cruz de Malta logicamente preparando para a Copa Floripa e consequentemente dirigir a equipe no Campeonato Municipal da Segunda Divisão que teria seu inicio após o término da primeira fase da Divisão Especial e que se a equipe do Grêmio Cachoeira viesse a continuar na segunda fase alguém dirigiria a equipe quando houvesse coincidência de horário nos jogos das duas equipes.

    3. Estando viajando a passeio com a família recebi chamadas no facebook pelo dirigente Mael do VT Canto que precisaria conversar comigo e quando retornei entramos em contato cujo assunto seria para eu assumir em definitivo o comando técnico da equipe na Copa Floripa e aí informei que já estava desligado do Grêmio Cachoeira foi quando me falou que iria marcar uma reunião com a diretoria retornando o contato na quinta feira dia 05 de julho informando que a reunião seria no dia seguinte sexta feira dia 06 de julho as 20 hs na sede do clube como realmente foi e que se encerrou por volta das 22 hs com o seguinte resumo;

    Diante de que já haviam convidado o amigo Antero e para que as coisas não viessem prejudicar o clima no grupo eu próprio sugeri que deixasse como estava e que se houver necessidade em solicitar os meus trabalhos desde que eu estivesse livre, sem compromissos assumiria de imediato.

    4. Finalmente minha saída do comando técnico da equipe do Grêmio foi a mais transparente possível, sem ressentimentos, acredito ter deixado somente amigos até porque o principal acredito ter conseguido fazer, ou seja, MONTAR UMA EQUIPE SEM ÔNUS PARA O CLUBE.
    Após o término da partida diante do Bandeirantes conversei muito com o Presidente Paulinho, inclusive sobre a necessidade urgente em conseguir atletas paras as três posições carentes da equipe e que o mesmo ficasse a vontade até porque uma mudança de comando quem sabe viesse a motivar o grupo foi quando na terça feira recebi o telefonema do Paulinho sem saber o que dizer e falei ao mesmo para ficar a vontade, pois tudo o que ele viesse-me dizer seriam palavras de amigo.

    Lógicamente quem não gostaria em dirigir uma equipe forte como já aconteceu comigo mesmo dirigindo as equipes do BAC (Inclusive Campeão Catarinense da 2ª Divisão de Profissionais na categoria Juniores), com o Estrela Azul de Antônio Carlos – Campeão da liga josefense em 1995, Vice Campeão em 1999 na Liga de São José dirigindo a equipe do Barreiros F C com Adilson Heleno, Barbosa, Belmont, Carlão, Pedro Paulo, Felício entre outros, porém sempre trabalhei com os atletas que o clube tende a oferecer.
    Desejo e não poderia ser diferente sucesso ao amigo Sérgio no comando da equipe do Grêmio Cachoeira como também ao grupo de atletas.
    Abraços e Saudações Esportivas.
    Rocha

Envie seu Comentário