Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Florianópolis sedia a Jornada de Atualização em Arritmias cardíacas nos dias 28 e 29 de setembro

29 de setembro de 2012 1

O Programa de Educação Continuada (Precon) será realizado nos dias 28 e 29 de setembro, no Hotel Sofitel, em Florianópolis (SC). Com uma programação cientifica com foco nas arritmias cardíacas, a Jornada de Atualização em Arritmias Cardíacas é voltada especialmente aos médicos clínicos e cardiologistas, residentes e estudantes de medicina.

O principal objetivo do evento é conduzir os profissionais ao aprimoramento e a atualização, com foco nas mais recentes novidades associadas às arritmias cardíacas e morte súbita. O coordenador local do Programa é o cardiologista e membro da SOBRAC Dr. Andrei Lewandowski.

A jornada discutirá temas atuais e de interesse amplo de saúde pública. Entre as principais abordagens da Jornada de Atualização, estarão as discussões sobre Fibrilação Atrial em jovens, arritmias ventriculares, ablação, arritmias em portadores de Cardioversor-Desfibrilador Implantável (CDI).

Saiba mais sobre Arritmias Cardíacas e Morte Súbita

Estima-se que mais de 300 mil pessoas sejam acometidas de morte súbita a cada ano no Brasil, e a principal causa desta ocorrência se dá por problemas cardiovasculares, como enfarte, acidente vascular cerebral (AVC) e parada cardiorrespiratória.

As arritmias cardíacas respondem a 90% dos casos – conforme estudo encomendado pela SOBRAC e pelo DECA (Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular), em 2009, com base em dados oficiais do Ministério da Saúde -, com incidência maior para homens (60%), na proporção do universo das pessoas atingidas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2002, o total de mortes relacionadas foi estimado em 16,7 milhões. A expectativa para 2030 é que o número chegue a 23,3 milhões. Este aumento está ligado não só ao crescimento populacional como também à maior expectativa de vida e à prevalência de fatores de risco como hipertensão, fumo, colesterol elevado, diabetes e obesidade.

O diagnóstico precoce da arritmia é de extrema importância para evitar as suas complicações, como a morte súbita, e cujo tratamento envolve medicamentos, cirurgia e implantação de um cardiodesfibrilador implantável (CDI) – aparelho que identifica quando o paciente está tendo uma arritmia ou parada cardíaca e libera um choque ressuscitador.

::: O quê
Jornada de Atualização em Arritmias Cardíacas – Florianópolis (SC)

::: Realização
Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC)

::: Quando
28 e 29 de setembro de 2012

::: Horários
Sexta-feira (28/09), das 19:30 às 22 horas e no Sábado (29/09), das 07h30 às 12h15.

::: Onde
Hotel Sofitel Florianópolis – Av. Jornalista Rubens de Arruda Ramos, 2034 – Florianópolis – SC

Programa Oficial: http://www.sobrac.org/conteudos/precon_floripa-2012.asp

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • zenilda dias de sousa silva diz: 6 de outubro de 2012

    Foi maravilhoso as informações,pois minha mãe morreu a 36 dias.Ela tinha problemas de arritmia e nos exames feitos recentemete a arritimia dela tinha sarado,foi quando minha mãe deitou para dormir e no dia seguinte encontrei ela morta do jeito de costume ela dormia sem mexer, só fiquei sabendo ela estava morta quando fui chama-la.Ela estava de olhos abertos,a lingua para fora toda roxa e o lado esquerdo princinpalmente a orelha, e próximo o coração estava todo preto.MIM AJUDE QUAL A CAUSA DA MORTE DA MINHA MÃE,MIM EXPLICA OQUE ACONTECEU?

Envie seu Comentário