Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ausência e imposto

30 de abril de 2008 10

Desculpem a ausência, mas, igual a todos, poeta também corre pra pagar imposto e depois fica esperando: saúde, segurança, educação…

 

Postado por ana mariano

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • Carlos José diz: 1 de maio de 2008

    Oi Ricardo!
    Cuidado em se dizer AGNÓSTICO,pois muitos blefam exclamando DEUS para tudo.

  • Carlos José diz: 1 de maio de 2008

    Tudo certo,Ricardo.
    Sou de São Leopoldo.

  • Ricardo diz: 30 de abril de 2008

    Se ao menos tivéssemos um retorno satisfatório, né? Pior é que acessar o site é ligeirinho, mas atualizar deve ser demoradinho… hehehe

  • Ricardo diz: 1 de maio de 2008

    Carlos José, estou em dúvida, vc é vizinho de Camaquã, SL (São Lourenço)? Ou é de São Leopoldo?

  • Vic diz: 1 de maio de 2008

    Carlos,o que é exposto como destino em nossas mãos é no máximo a possiblidade de um mapa mal rasurado.Cabe a nós assumirmos o risco de uma trajetória sinuosa.

  • angela diz: 1 de maio de 2008

    Oi Ana,é bem por aí…religião,não se discute.Ao fim da longa jornada muitos se “agarram” a Deus.
    O meu está sempre comigo aqui ,agora e me fortalece a cada dia para ser feliz.

  • ana mariano diz: 1 de maio de 2008

    Um dos vaqueiros do Rosa: no fim a gente sempre esbarra em Deus.
    Esse negócio de Deus é complicado, um salto para o absurdo como dizia Kiekergaard. Não se explica.
    O meu está sempre me dizendo : vai ser feliz, minha filha.

  • Victória diz: 1 de maio de 2008

    Olá Ricardo,cada um faz suas escolhas e sabedoria é um dom dado a poucos.
    Lembre-se que mais importante do que as palavras…força de expressão, é o ato.Cuide no que fala para seus filhos! Pois existem pessoas que passam a vida inteira sem amadurecer.

  • Carlos José diz: 1 de maio de 2008

    Vic não concordo contigo quanto
    ás escolhas.Não te esqueças que para certas circunstâncias somos escolhidos,sem opção para escolhas.

  • Ricardo diz: 1 de maio de 2008

    E aí, Carlos José, tava sumido… Não me rotulo, mas acho que seria agnóstico mesmo. O homem inventou Deus. A religião é importante, para acalentar o coração de quem precisa e acho que traz crescimento, força na união. É um assunto sem fim e sem conclusão. Respeito é importante, para se conviver bem. Abraço, tá vizinho?(acho que exagerei escrevendo que freqüentemente exclamo Deus, só às vezes, no sentido de fique bem – nasci católico, mas com o tempo vou corrigindo a linguagem).

Envie seu Comentário