Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Quem vê cara não vê coração

30 de abril de 2008 4

 No velho, tudo -gestos e roupas – escorre pra baixo. Não era tom de queixa, falava sobranceira. Um dia você ainda vai ver, meu Mocinho, coração não envelhece, só vai ficando estorvado … Como o ipê: volta a flor antes da folha.

                                    Lina, em Corpo de Baile

Postado por ana mariano

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Ricardo diz: 30 de abril de 2008

    Existe quem vê o coração no olhar e também quem se deixa olhar pelo coração. A aparência não é nada. Pena que a maioria dos “Mocinhos” só vai saber disso, quando a cara já está ficando velha.

  • Fernanda diz: 30 de abril de 2008

    Quero chegar aos 80 com um coração alvorotado de menina, aliás , acho que é a única maneira que vale a pena chegar até lá.

  • ana mariano diz: 30 de abril de 2008

    Angela, concordo contigo que palavras são enganosas, e as promessas nem as no papel são mantidas. Quem tem honra tem, não depende do papel.
    Fernanda, somos duas a querer permanecer, e alvorotadas.

  • angela diz: 30 de abril de 2008

    Assim como as aparências,as palavras podem ter dúbio,triplo sentido e nos enganar.Assim como elas podem nos envolver,podem nos decepcionar.Tanto é que não existe dívida de honra,quando não está no papel,nem sempre é mantida.E palavras…palavras de nada adiantam,são apenas palavras…

Envie seu Comentário