Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Guardar

17 de julho de 2008 4

 

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la

    Em cofre não se guarda coisa alguma.

     Em cofre perde-se a coisa à vista.

 Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por

admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

  Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por

ela, isto é, velar por ela, isto é estar acordado por ela,

isto é, velar por ela, ou ser por ela.

Por isso melhor se guarda o vôo de um pássaro

Do que um pássaro sem vôos.

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica,

       por isso se declara e declama um poema:

                                                  Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Para guardar-se o que se quer guardar.

 

                                      Antonio Cicero

Postado por ana mariano

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Vic diz: 17 de julho de 2008

    Este poema é muito bonito!Guardar,cuidar o amor ,algo..o poema!!!Ontem a Angela postou uma canção que ele fez com a Calcanhotto Inverno,que é uma poesia.Gosto muito do que ele escreve.

  • ana mariano diz: 17 de julho de 2008

    Também acho uma bela metáfora do amor, da forma certa de amar.

  • angela diz: 17 de julho de 2008

    Adoro este poema do Cícero.Gravei em minha memória parte dele: ” Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por
    admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.EM um cofre não se guarda nada,perde-se a coisa à vista.”É uma das várias maneiras de conservar o amor à alguém ou alguma coisa sem aprisionálo.Lindo e que ótimo momento teres postado!

  • Fernanda diz: 18 de julho de 2008

    Lindo poema. Linda forma de se ver um jeito certo de amar.

Envie seu Comentário