Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Quando o poeta é bom, o tema também é

18 de julho de 2008 8

A bunda, que engraçada.
Está sempre sorrindo, nunca é trágica.

Não lhe importa o que vai
pela frente do corpo. A bunda basta-se.
Existe algo mais? Talvez os seios.
Ora – murmura a bunda – esses garotos
ainda lhes falta muito que estudar.

A bunda são duas luas gêmeas
em rotundo meneio. Anda por si
na cadência mimosa, no milagre
de ser duas em uma, plenamente.

A bunda se diverte
por conta própria. E ama.
Na cama agita-se. Montanhas
avolumam-se, descem. Ondas batendo
numa praia infinita.

Lá vai sorrindo a bunda. Vai feliz
na carícia de ser e balançar.
Esferas harmoniosas sobre o caos.

A bunda é a bunda,
redunda.

                                       Carlos Drummond de Andrade

Postado por ana mariano

Bookmark and Share

Comentários (8)

  • Zeca diz: 18 de julho de 2008

    Hum…Uma bunda bem feitinha,não é mesmo linda?Os seios para Drummond são pobres garotinhos,mas acho-os muito mais misteriosos
    e sedutores do que a Bunda!

  • ana mariano diz: 18 de julho de 2008

    Pois não é uma graça ? Como vocês talvez saibam , este poema faz parte do Amor Natural, livro de poemas eróticos publicados de forma póstuma. Se não conhecem recomendo, há poemas bastante sensuais mas de um erotismo drumoniano o que, na minha opinião, é garantia de qualidade. Lendo o livro se pode ver que ele era BEM chegado numa bunda.

  • Renato diz: 19 de julho de 2008

    Se Drummond fosse vegetariano jamais escreveria esse poema.

  • ana mariano diz: 20 de julho de 2008

    Oi Renato, gostei deste teu sutil humor inglês, realmente, ele não era nada vegetariano.

  • Fernanda diz: 18 de julho de 2008

    Drummmond deixa a abundância suave. E faz sorrir com esse poema. Uma delícia Ana!

  • angela diz: 18 de julho de 2008

    O poeta na essência é isso aí…Drummond sempre maravilhoso.Descreve com tamanha beleza o olhar sobre a Bunda.E nos faz apreciar o quanto ela chega a ser linda e tomar vida em suas palavras.Como todo o brasileiro ele pelo visto, também apreciava uma bela Bunda!

  • Vic diz: 18 de julho de 2008

    Gostei de dica,vou comprar O Amor Natural,pois Drummond sempre vale a pena!

  • Augusto diz: 18 de julho de 2008

    Sinceramente Ana, acho muito,mas muito mais sedutor uns belos seios…o Drummond que me desculpe,mas vou seguir tua dica e comprar este livro!Valeu!!!

Envie seu Comentário