Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

A cerimônia do chá

27 de julho de 2008 5

Há muitos anos, no Japão, assisti a uma cerimônia do chá. A pessoa que estava comigo, queixou-se todo o tempo que lhe doíam as pernas, que os doces não eram bons, o chá amargo. Eu, diferente dela, me achava no Nirvana.
Como numa boa poesia, nada estava ali por acaso Desde o  acesso ao local até a sala em si, e, dentro dela, cada quadro, cada flor, a pequena cascata, tudo tinha o seu significado, seu papel. Se não estivessem ali, o mundo seria incompleto.
A atitude dos participantes era simples e respeitosa, igual a de quem lê um magnífico poema. Sabiam que aquele momento seria único e cada um sairia dele melhorado.
Nessa cerimônia, o gesto prosaico de reunir-se para o chá renasce transformado numa lição de profunda humildade e respeito.
A frase que postei ontem é do Livro do Chá, de Kakuzo Okakura. Assim como é dele e do mesmo livro a frase que posto agora:

Aqueles entre nós que não conhecem o segredo de ajustar adequadamente a própria existência neste tumultuado mar de tolos problemas que chamamos de vida estão em constante estado de miséria, enquanto tentam em vão parecer felizes e contentes.”

Postado por ana mariano

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Zeca diz: 27 de julho de 2008

    Acho legal todas as cerimônias tipo café da manhã,cafe´da tarde,chimarrão,cachimbo da Paz,happy hour…Porque tudo isso nos faz compartilhar,nos simplifica e nos torna iguais.

  • Vic diz: 27 de julho de 2008

    É bem por aí,saber olhar para dentro de si e tentar a cada dia ser melhor,atingir um equilíbrio.HUMILDADE é a palavra chave.Existem pessoas tão onipotentes,que são incapazes de enxergar e reconhecer as qualidades no outro.

  • Augusto diz: 27 de julho de 2008

    Conclusão: Chazinhos,remedinhos ,terapia …tudo é paliativo.O tempo cura tudo!

  • angela diz: 27 de julho de 2008

    Depende da busca de cada um.Descobrir na sua própria vida o reflexo da luz interior.
    Enquanto que para alguns a busca é de outros valores e passam a vida buscando sem nunca encontrar.

  • ana mariano diz: 27 de julho de 2008

    Sabe que não tinha pensado nisso, Zeca e Augusto , a idéia é muito diferente mas, vá lá…

Envie seu Comentário