Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Cumplicidade

23 de dezembro de 2010 0

Aqui no Uruguai, inverno e verão, cruzo na praia com um casal maduro, para lá dos setenta

anos. Altos, corpos enxutos, sem supérfluos. Carregam sempre óculos de natação e

pés-de-pato. No inverno, usam roupa de borracha. Andam de mãos dadas, conversando. Vão

absortos, os corpos molhados, falando baixinho e ao mesmo tempo, como se cada um já

soubesse antecipadamente o que o outro vai dizer e desse a resposta sem precisar ouvir a

pergunta.

Nadar todos os dias nessas águas frias até no verão não é brincadeira. Para mim seria um

sacrifício. Pois eles parecem gostar e mais, dividir o mesmo gosto.

Se me pedissem para mostrar cumplicidade — não definir, mostrar — eu mostraria esse casal. 

Cumplicidade é uma palavra de difícil definição. A maioria a confunde com submissão. Porque

não estão dispostos a abrir mão de nada, pensam que o seu cúmplice é aquele que aceita fazer

tudo o que eles querem. 

Não contesto — ceder para satisfazer o outro até pode ser uma forma de cumplicidade — mas

tenho uma tese: nenhuma submissão é eterna, mais dia, menos dia, o que sempre cedeu vai querer

“cobrar a dívida” e aí as coisas vão ficar difíceis.

De qualquer forma, como eu disse, a palavra tem muitas definições. Seja qual for essa definição,

porém, um predicado básico se mantém constante, sem ele não há cumplicidade. Esse predicado

é o gostar de estar junto.

Só serão cúmplices os que curtem a companhia um do outro, os que não veem no “estar junto”

um sacrifício. Dividindo os mesmos gostos, cedendo em tudo ou abrindo mão de algumas

coisas e recebendo outras em contrapartida, se uma pessoa não tem prazer em estar com a outra,

jamais será seu cúmplice. E como é bom ser cúmplice! 

Nestes tempos de votos e presentes, desejo a vocês que, em 2011, cada um encontre e/ou

conserve seu cúmplice, que caminhe com ele de mãos dadas, inverno e verão, conversando

baixinho, dividindo experiências e sensações.

Se conseguirem isto, a  cumplicidade, todo o demais — como diz a Bíblia — lhe será dado por

acréscimo.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário