Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Todas as crianças crescem, menos uma...

18 de maio de 2012 3

Estou em Orlando, descobrindo com a neta  encantos iguais e diferentes dos que havia descoberto  há 30 anos com os filhos.

Ontem tomamos café da manhã com os amigos do Mickey e posso afirmar que na era dos efeitos especiais, dos computadores e ipads, os bonecos do Mickey, Donald, Pateta e Margarida ainda  encantam.

Ela os abraça e beija como se fossem velhos amigos.

Pensei que se encantaria com as princesas porque não usam máscaras.

Não, o carinho continua indo para aqueles bonecos enormes que qualquer um vê que são “de mentirinha”..

Por que?

Não tenho certeza, desconfio que seja porque não tentam, como as princesas, os príncipes ou o Papai Noel, ser gente de verdade. Ou seja, não tentam ser o que não são.

Lição aprendida: Mickey é um personagem, não uma pessoa, e, como personagem se apresenta e é aceito sem perguntas.

Mas nem tudo está igual no  imaginário.

O Pequeno Mundo e Os Piratas do Caribe estão defasados. Homem Aranha (esse, um sobrevivente ou um revivido) e Harry Potter tomaram seu lugar.

Minha neta ganhou a varinha mágica da Hermione e, no castelo, a mostrava para a imagem projetada da bruxinha, murmurando não sei bem o que. 

Algo a ver com amizade profunda. É a varinha quem escolhe o seu dono e dividir a mesma imagino que seja o máximo da cumplicidade.   

Comprei um  livro:Peter Pan.

Um amigo que escreve livros infantis me havia dito que a tradução da Ana Maria Machado é ótima, com exceção da última palavra. Eu tenho a tradução e estava curiosa para ver qual era essa última palavra.

Pois o  livro termina com Peter Pan visitando a filha da Wendy e a levando para a terra do nunca e “ assim continuará, enquanto as crianças forem alegres e inocentes e sem coração”.

Não é genial? As crianças são exatamente assim: alegres, inocentes e  heartless.

O livro é maravilhoso.  Nada a ver com a versão pasteurizada que conhecemos.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • João J (Ildo) diz: 18 de maio de 2012

    As crianças não crescem,
    apenas mudam de lugar,
    de vestes,de tempo,embora o espaço
    continue o mesmo

  • Angela Warlet diz: 19 de maio de 2012

    Viver feliz, por fim eternamente com o coração inocente e os olhos de uma criança..

  • Tatiana diz: 8 de junho de 2012

    Oi, postei em uma mensagem antiga, de 2011, sobre Bispo do Rosário.
    Obrigada!

Envie seu Comentário