Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Jurerê Internacional"

Baile do Presidente lota P12 Parador, em Jurerê Internacional

05 de janeiro de 2015 1

Foto: Léo Cardoso

Por: Julia Ayres
julia.vieira@rbsonline.com.br

Uma festa que parece saída do imaginário de um menino que quer ser jogador de futebol. Assim é o Baile do Presidente, evento promovido por Ronaldinho Gaúcho e que entrou no calendário de verão do P12 Parador e de Florianópolis. Uma profusão de mulheres bonitas, jogadores, cantores e a nata da cidade se reuniram neste domingo no mesmo ambiente com José Cuervos, Absoluts e Johnnie Walkers que piscavam e se sobressaiam no mar de gente. Tudo isso ao som de funk, eletrônico e pop.

A opulência da festa já podia ser vista a quilômetros de distância do parador em Jurerê Internacional. Carrões enfileirados e flanelinhas abanando notas de 50 e 100 reais. Do lado de dentro, a ostentação continuava com os bonés-mimo de R$ 100, mas também dava lugar aos que queriam apenas dançar até tarde. Na pista, um punhado de animados já segurava um lugar desde cedo e mostrava para que veio: rasteirinhas no pé e roupas confortáveis para se esbaldar ao som de Naldo, MC K9 e Buchecha. Na ‘varanda’, os jogadores paravam a cada dois passos para selfies, cumprimentos e beijinhos no rosto de fãs. André Santos, do Flamengo, Dida, do Internacional, Julio Baptista, do Cruzeiro, eram alguns dos requisitados. Aqui, as rasteirinhas davam lugar aos saltos altos, roupa justa e muito músculo à mostra.

Foto: Léo Cardoso

Mesmo que os dois públicos parecessem quase antagônicos no início da festa, foi só MC K9 subir ao palco, às 20h, que eles se fundiram. A área da pista lotou de mãos para o alto e pequenos grupos que dançavam quase que enfeitiçados. O MC preferiu um repertório repleto de clássicos do funk: Malha funk, Bonde do Tigrão, Hoje eu quero trair e Louquinha, que levou o público ao delírio. A participação especial ficou a cargo do vencedor do primeiro BBB, Kleber Bambam, que deu uma palhinha com “Ela é top”.

Foto: Léo Cardoso

Mc K9 abriu os trabalhos do Funk no P12

Às 21h, foi a vez de Naldo colocar o público para dançar com funks, pop e hip-hop. O cantor pouco cantou músicas próprias, o que ele queria mesmo era empolgar o público e colocar todo mundo para pular. Mas claro, “Amor de Chocolate” foi a mais esperada e a mais reverenciada quando tocou. Aquelas características batidas iniciais foram o suficiente para que não sobrasse espaço na pista de dança e que o camarote lotasse de uma maneira impressionante.

Naldo Benny colocou todo mundo para dançar

Naldo Benny colocou todo mundo para dançar

E quem estava no camarote, aliás, foram os únicos que puderam ver outra presença ilustre da festa: o ‘papai’ MC Catra. Ele ficou os shows inteiros perto do palco tirando selfies e sorrindo simpático para todos que gritavam: “o papai chegou, o papai chegou”. Tudo devidamente registrado no Instagram do cantor de pagode Mumuzinho, um dos organizadores da festa.

A selfie de Cléber Bambam com Mr. Catra

A selfie de Cléber Bambam com Mr. Catra

"Uh, Papai Chegou!"

“Uh, Papai Chegou!”

Uma hora depois, o ritmo forte das batidas dos dois primeiros cantores foi substituído por um mais light, mais sutil. Buchecha fechou à noite do Baile do Presidente com uma setlist que mostrou um pouco de seus quase 20 anos de carreira. Os hits mais atuais como Conquista e Hot Dog dividiram espaço com “Fico assim sem você”.

Sempre simpático e receptivo, Bochecha recebeu a reportagem no camarim

Sempre simpático e receptivo, Bochecha recebeu a reportagem no camarim

Chegava ao fim uma das festas mais intensas de Florianópolis. Agora só restava aos frequentadores guardarem os bonés – sem aba reta – do Baile do Presidente e esperarem a próxima edição no ano que vem.