Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Paralamas do Sucesso"

Paralamas do Sucesso fazem "a festa" no P12 em Florianópolis

24 de agosto de 2014 0

IMG_9899 (2)

(fotos David Collaço, divulgação)

Em vez das tradicionais gatinhas, a predominância de gatonas (e gatões). Mas ressalte-se “a predominância”, ou seja, a galerinha de 20 e poucos anos também estava lá, afinal, a atração é atemporal, uma banda que sabe cantar e compor para as pessoas independentemente da idade. Os Paralamas do Sucesso reuniram 2,5mil apaixonados por música na noite de sábado no parador P12, em Jurerê Internacional, em Florianópolis.

Em uma hora e 40 minutos de música, uma catarse coletiva de pura festa amistosa, divertida e, claro, nostálgica. Alegria que só. O show começou com Alagados e todo mundo já entendeu que era isso: vamos cantar a noite inteira.

Casais apaixonados, amigos de todas a idades, o coro foi a lógica da noite. Também pudera. Era uma pancada  atrás da outra: Meu Erro,Óculos, Você, Onde quer que eu vá, Marinheiro, Que país é esse. Como não cantar junto?

IMG_9880 (2)
João Barone, Bi Ribeiro e Hebert Vianna levavam a galera na tranquilidade, acostumados a tudo aquilo. A turnê é de 30 anos de carreira, e o telão é uma atração a parte no show. Perpassa as três décadas da banda, em fotos preto e branco, imagens de clipes e de momentos históricos dos Paralamas. Uma das boas sacadas é que cada sucesso cantado (ou seja todos) aparece no telão o nome da música e, na sequência, o ano de lançamento. Então a gente viajava por ali também: 1985 , 1987, 2005, 1997… Demais!

IMG_9883 (1)

Hebert é uma atração especial no palco. Cada vez que a iluminação foca nele, os aplausos aumentam, a comoção é maior. O momento em que faz um breve solo de guitarra é de admiração pura. O cara está ali, cantando, tocando, apesar da cadeira de rodas, apesar de tudo. Já é um mito da nossa música.

 

_MG_4631 (3)

Um show histórico. Para quem nunca viu os Paralamas no palco (como eu nunca tinha visto) fica a dica: não perca a próxima oportunidade.