Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "harpas"

Jaraguá cria o Círculo Catarinense de Harpas

01 de junho de 2011 0

Você sabia que só existem 45 harpas no Brasil? E que 17 delas estão em Jaraguá do Sul, mais precisamente nas salas do Centro Cultural da Scar? Como falou o diretor executivo do Instituto Festival de Música de Santa Catarina (Femusc), Fenísio Pires Júnior, Jaraguá é considerada hoje o polo brasileiro deste instrumento tão caro e tão raro em solos nacionais. Para mudar um pouco a situação, o Instituto lançou uma novidade em parceria com as Fundações Culturais de Pomerode e Timbó, e com o teatro Carlos Gomes, de Blumenau: o Círculo Catarinense de Harpas. O Instituto Femusc irá emprestar as harpas para as três cidades, que irão expandir o aprendizado do instrumento musical.

Os comodatos com as três instituições catarinenses foram firmados na noite de segunda-feira, em um evento na Scar. Cada instituição tem direito a uma harpa. O empréstimo será gratuito e tem duração de um ano, que pode ser renovado. Porém, o Instituto Femusc fez algumas exigências no contrato, como a obrigação de um seguro para o instrumento e a manutenção anual da harpa, que custa em torno de R$ 8 mil. Para se ter uma ideia, somente o conjunto de cordas da harpa custa em torno de R$ 750.

Como, atualmente, não há nenhum aluno interessado em aprender a tocar harpa em Jaraguá do Sul, a ideia de uma troca de experiências entre outras cidades pareceu bastante viável ao Instituto Femusc. “O objetivo é expandir o conhecimento musical deste instrumento. Hoje em dia, há poucos harpistas no Brasil. Queremos mudar esta situação”, explicou Fenísio Pires.

Concerto de Harpas chamou a atenção no Femusc deste ano.

Os instrumentos devem ser levados para as cidades do Vale do Itajaí até o fim desta semana. Segundo o acordo realizado entre o Instituto e os três municípios, a mesma professora que dará aulas na Scar, será a instrutora nas cidades vizinhas. Carolina Ribeiro tem bacharel em harpas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e será a responsável em expandir a técnica em Santa Catarina.

O Círculo Catarinense de Harpas, inclusive, será uma das atrações das próximas edições do Femusc, que sempre ocorre no mês de janeiro em Jaraguá. “Vamos levar o Femusc para as cidades de Vale do Itajaí. Principalmente as apresentações de harpas”, afirmou o diretor executivo do festival. Fenísio ainda lembra que, durante o festival de música erudita, todos os instrumentos voltam para a Scar, para as apresentações.