Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

AN Memória de quarta: que lugar é este?

20 de agosto de 2014 0
Arquivo Histórico de Joinville

Arquivo Histórico de Joinville

Edmilson F. Eleotério, Roberval Rego, João Batista Costa, Ricardo Luiz Busse, Jutta Hagemann, Ivo Ritzmann, Sergio Monich e Enio Brandenburg mostraram conhecimento ao identificar a fotografia desta terça-feira. Eles disseram que se trata da antiga fábrica da Linhas Corrente, na rua Inácio Bastos. Nesse local, atualmente, existe uma unidade da rede Giassi de supermercados. A imagem desta quarta-feira tem uma casa que aparece parcialmente e que conta com cerca de madeira para proteger o imóvel. Quem souber do que se trata está convidado a responder.

AN Memória de terça: que lugar é este?

19 de agosto de 2014 4
Reprodução

Reprodução

Não foi possível chegar-se a um consenso sobre a identificação da fotografia desta segunda-feira. Os palpites giraram em torno das ruas Aubé, Itajaí e Abdon Batista, mas sem que os leitores tivessem certeza. De qualquer forma, se alguém conseguir chegar a uma conclusão, pode responder durante a semana. A imagem desta terça-feira tem um imóvel que foi construído rente à calçada. A fachada da casa parece ter sido revestida com o que se chama de tijolinho à vista. Alguém sabe que lugar é esse?

AN Memória de segunda: que lugar é este?

18 de agosto de 2014 0
ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

Nesta segunda-feira, outra imagem que vai precisar da ajuda dos leitores para ser identificada. A fotografia foi feita em uma esquina. À esquerda aparece parcialmente uma casa que tem as janelas e a porta com bordas de cor clara. À direita, quase escondida atrás dos arbustos há uma casa com aberturas em arco. Essa mesma casa tem, na parte superior, uma pequena janela em forma de meia-lua. Talvez ali fosse um quarto. A rua ainda não conta com pavimentação. Alguém sabe que lugar é este?

AN Memória de sábado e domingo: Conselheiro Mafra

16 de agosto de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Rogério R. Stamm, Osni Quadros, Mirna da Luz Lissner, Irmgard Giffhorn, Roberval Rego, Enio Brandenburg, Dalcidio Zeh, Carlos E. Meyer, Ivo Ritzmann, Jutta Hagemann, Sergio Monich, Rangel C. Eisenhut, Reginaldo Borba, Romeu Kumlehn e Norma Schulz foram os leitores que acertaram a identificação da foto desta sexta-feira. Eles disseram que a imagem mostra a rua Padre Anchieta, no bairro Glória, vista a partir da esquina com a 15 de Novembro, em direção à Max Colin. A casa à direita pertenceu à família Teichmann. A foto desta edição foi feita em 1938 e mostra alunos do Grupo Escolar Conselheiro Mafra, de Joinville, em saudação à bandeira nacional.

AN Memória de sexta: que lugar é este?

15 de agosto de 2014 3
Arquivo Histórico de Joinville

Arquivo Histórico de Joinville

Mesmo que alguns leitores tenham se confundido ao identificar a foto desta quinta, houve um bom tanto que acertou. Rosana B. Martins, João Gercino Duarte, Roberval Rego, Jorge Ziehe, Rubens Koch, Enio Brandenburg, Ivo Ritzmann, Jutta Hagemann, Maria José Rudnick, Marcelo Rudnick, Emilio Klaas Jr., Dario Patzsch, Alzir M. Schmidt, Artur Carstens, Gastão Schwarz, Juçara Schwarz e Sergio Monich disseram que se trata da rua Ministro Calógeras (antiga rua São Pedro), vista a partir da esquina com a avenida Getúlio Vargas, em direção à avenida Coronel Procópio Gomes. O primeiro imóvel à direita, na esquina, ainda existe, embora com modificações. Nesse imóvel funcionou a casa de negócios Berenstein. Mais tarde, passou a ser a Loja de Móveis Pereira, de Hermógenes Pereira. O prédio, hoje, é ocupado por uma farmácia de manipulação, tendo sofrido descaracterizações das aberturas e perdas de elementos arquitetônicos na platibanda e paredes externas. A foto foi produzida em 1928. A imagem desta sexta também é de uma esquina. Alguém sabe que lugar é esse?

AN Memória de quinta: que lugar é este?

14 de agosto de 2014 5
Arquivo Histórico de Joinville

Arquivo Histórico de Joinville

Ivo Ritzmann, Hercilio Hoepfner Jr., Carlos Emilio Meyer, Rosana B. Martins, João Duarte, Jutta Hagemann, Gastão Schwarz, Juçara Schwarz, José N. Kremer, Adilson Armando Kieper, Rolf Spengler, Reginaldo Borba, Rubens Koch, Roberval Rego, Lauro Soares, Enio Brandenburg, Ilca Pollnow, Marcos Buhr, Emilio Klaas Jr., Ester Deud, Lourival Schmidt, Osni Quadros, Maurício Monteiro, Artur Carstens, Mauricio V. Fortes, Rosemarie Merkle, Jaime H. Schramm, Celso R. Heuchling, Rosana Krüger, Rachel M. Castro, João A. Prochmann, Dário Patzsch, Alzir M. Schmidt, Maria José Rudnick, Marcelo Rudnick, Eliane Goll, Jorge Ziehe, Sergio de Oliveira, Nelson Umlauf, Dalcidio Zeh, Renato Sehnem, Edmilson F. Eleotério e Teresa H.L. de França disseram que a foto de ontem mostra a rua Mário Lobo. À direita, onde hoje há uma agência do Banco Santander, havia o Bar Sopp. À esquerda, terreno ainda baldio que viria a ser ocupado por residência com venda de armarinhos e brinquedos, depois substituída pelo posto de gasolina com seção de pneus e máquinas das empresas Stein. Nesse local, hoje, existe uma loja de calçados. Ao fundo, à esquerda, na esquina da rua Dr. João Colin com a Princesa Isabel, está a Casa Arp, onde também funcionou a loja Hoepcke. Ali, hoje, existe uma farmácia do Sesi. Nesta quinta, outra foto para ser identificada.

AN Memória de quarta: que lugar é este?

13 de agosto de 2014 10
ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

A lista de quem acertou não está tão grande por um motivo: muitos leitores que ligaram ou enviaram e-mail confundiram a imagem publicada nesta terça-feira com a rua das Palmeiras. De qualquer forma, Enio Brandenburg, Ivo Ritzmann e Jutta Hagemann acertaram ao dizer que a fotografia mostra o Salão Berner, que ficava na rua Nove de Março, na  região onde está hoje a Drogaria Catarinense. Talvez a foto desta quarta-feira não cause tanta confusão. Alguém sabe o que está sendo mostrado?

AN Memória de terça: que lugar é este?

12 de agosto de 2014 1
REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

Infelizmente, a imagem desta segunda-feira não pôde ser identificada. Mas não tem problema: se alguém, durante a semana, tiver alguma ideia de que lugar é a imagem, pode esclarecer o mistério e, dessa forma, batizar a foto. A imagem desta terça-feira parece ser bem antiga. Ela mostra algumas casas. Na frente de um dos imóveis, que tem dois pavimentos, há palmeiras, árvores bem comuns em Joinville e que parece, desde o começo da história da cidade, ter caído no gosto da população. Existe até uma rua famosa no Centro que leva o nome delas. Será que teremos acertadores desta vez?

AN Memória de segunda: que lugar é este?

11 de agosto de 2014 0
ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

ARQUIVO HISTÓRICO DE JOINVILLE

A fotografia desta segunda-feira vai precisar de uma forcinha dos leitores para ser identificada. A imagem, que não tem data de quando foi feita, mostra um dia nublado. A rua ainda não conta com os benefícios de algum tipo de pavimentação. À direita, existe uma vala com vegetação nas suas bordas. Ainda desse lado, um terreno conta com a proteção de uma cerca de madeira e um material que parece ser tela. Ao fundo, um poste que deve ter servido para a iluminação do local. Alguém sabe do que se trata?

AN Memória de sábado e domingo: catedral antiga

09 de agosto de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Rosana B. Martins, Nelson Berndt, Roberval Rego, Enio Brandenburg, Ivo Ritzmann, Jutta  Hagemann, Anna Carolina Silveira, Ilson Silveira, Dorian König Esteves, Nelson Berndt, Renato Sehnem e Emilio Klaas Jr. acertaram ao dizer que a foto desta sexta, feita provavelmente na década de 1940, mostra a rua do Príncipe vista do cruzamento com a Princesa Isabel. À direita aparece o comércio de Paulo Schoof e ao final desta quadra, na esquina com a 15 de Novembro, o Palácio Hotel, construído na década de 1920. Na margem esquerda, aparece parcialmente o comércio de Affonso Lepper & Cia., edificado em 1923, que mais tarde se tornou o Edifício Eugênio Lepper, constituindo-se em patrimônio tombado  pelo Estado em 2001. Esta edificação já abrigou rodoviária de Joinville em meados das décadas  de 1940 a 1960. A seguir, está a Relojoaria Klix, construída em 1939. Estes dois prédios ainda existem. A foto desta edição mostra a Catedral de Joinville na década de 1950.