Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Thumbnail

Receita: Lasanha de Salaminho

Categoria: Massa Rendimento: 8 porções Ingredientes: 200g de salame em...

Thumbnail

A perfeição não tem limites

Lisboa – O maior problema do Magano é o seu...

Thumbnail

Confira o episódio de encerramento da Saga do Churrasco

 Anonymus Gourmet volta para a churrasqueira para fechar com chave...

Thumbnail

Panqueca de Banana para as férias

Você deve estar com seus filhos em casa nesse período...

Thumbnail

Eu fiz assim: Bolo de Arroz e Espinafre

Você que é fã de invenções na cozinha e adora...

Acompanhe os detalhes do preparo da Torta Gelada de Banana

17 de abril de 2014 0

Anonymus Gourmet e Márcia Lutz preparam juntos essa receita. Além da preparação da torta, a equipe do programa prepara também uma matéria especial com um dos chefes mais tradicionais de Porto Alegre, quando o assunto é doce. Além dos doces preparados no programa, Anonymus Gourmet está separando maravilhosas receitas para você acessar também pela internet. Voltaremos!

DSC_0599

PROGRAMA ANONYMUS GOURMET
CARDÁPIO: Especial Doces – Torta Gelada de Banana com Doce de Leite
QUANDO: Sexta-feira, 18 de abril, às 18h30
ONDE: na TVCOM

Dicas de receitas para o final de semana de Páscoa

16 de abril de 2014 0

Anonymus apresenta uma mesa especial para a Páscoa com delícias para todos os gostos: cupcakes de chocolate e de cenoura, folhados de queijo e docinhos de cenoura fazem parte do cardápio que vai encantar a família inteira. Além disso, um bolo de chocolate fofinho vai completar a sua mesa de Páscoa com uma calda de primeira. Tem mais surpresas também! Não perca!

Delicia de páscoa4

PROGRAMA ANONYMUS GOURMET
CARDÁPIO: Cupcake de Chocolate, Docinhos de Cenoura e Bolo de Páscoa
QUANDO: Quinta-feira, 17 de abril, às 18h30
ONDE: na TVCOM

Saiba como preparar a Torta Gelada de Banana com Doce de Leite

12 de abril de 2014 6

E a Temporada de Doces do Anonymus Gourmet segue com tudo! Na companhia de Márcia Lutz, o apresentador preparou a saborosa Torta Gelada de Banana com Doce de Leite. O programa também mostrou o fabuloso trabalho de um grande pâtissier de Porto Alegre. Não deixe de assistir à atração completa na página oficial.

 torta_1 torta_2

 

TWITTER: @voltaremos
FACEBOOK: facebook.com/anonymusgourmet
INSTAGRAM: @anonymus_gourmet
PINTEREST: pinterest.com/anonymusgourmet

A perfeição não tem limites

11 de abril de 2014 0

Lisboa – O maior problema do Magano é o seu sucesso. Isso porque dificilmente haverá uma mesa vazia à espera daquele viajante distraído, que gosta de chegar de repente, sem aviso. É preciso reservar com certa antecedência. Aliás, essa é uma precaução que deveria ser erigida em lei do Estado. Não só em Lisboa, Paris, Londres e muitos outros lugares civilizados, onde é impensável sair para jantar, ou mesmo almoçar, sem previamente reservar um lugar. Ora, quando vamos visitar um amigo, por mais próximo que seja, telefona-se antes, na verdade para saber se há lugar para nós, pois o amigo poderá estar de saída, poderá estar em família etc…

Superada essa primeira etapa, a reserva, o Magano lhe receberá de braços abertos. Na segunda visita já será incluído entre os clientes da casa, com direito a ser tratado pelo nome. A sensação do frequentador que reservou um lugar é de que amigos estavam à sua espera. E quem vai pela primeira vez, não resiste a uma segunda, terceira e enésima vez. É sempre a mesma coisa, e ao mesmo tempo é sempre diferente. A cordialidade e a objetividade nas informações sobre o cardápio e as possibilidades da cozinha são notáveis: mais de uma vez, aceitaram com a maior gentileza modificações em pratos do cardápio, a meu pedido. Outros frequentadores também tiveram a mesma acolhida às suas sugestões. Claro que quase sempre tive um handicap nas dezenas de vezes em que lá estive, sozinho ou com a Linda: a companhia do Almirante Vasco Marques e da Rosarinho. Na segunda-feira desta semana, - uma segunda-feira qualquer de início de primavera, hora do almoço, o Magano estava lotado enquanto outros concorrentes culpam “a crise” por suas muitas mesas vazias.

Anonymus Portual

Anonymus Gourmet está em belas terras portuguesas em busca de novas receitas

Começamos com empadinhas crocantes recheadas com frango bem temperado, peixinhos da horta e fatias de presunto de porco preto, uma das glórias portuguesas. Não faltam alentejanos a jurar que o melhor presunto espanhol é aquele feito na fronteira com Portugal… com a carne de porcos pretos portugueses! Na hora da verdade, houve uma divisão na mesa: Rosarinho escolheu o delicioso arroz com pombo bravo, uma especialidade que não resisti a experimentar com gosto. Mas no prato de resistência aceitei o comando do Almirante: o robalo magnificamente grelhado com uma apropriada guarnição de batatas, cenoura e espinafre. A sinfonia gastronômica foi animada por sabores e aromas do Douro: um brilhante branco Carm, vinho de castas Rabigato, escrupulosamente cultivadas pela família Roboredo Madeira. E, como a perfeição não tem limites, na sobremesa vieram “encharcadas” – a única obra do engenho humano que, feita com gemas e açúcar, supera o doce de ovos moles. Para acompanhar esse fenômeno, foi inevitável uma obra prima: Royal Oporto Tawny, envelhecido 20 anos.

No mês dedicado aos doces, a Torta Gelada de Banana é uma das atrações

11 de abril de 2014 2

No segundo programa será preparada uma deliciosa Torta Gelada de Banana com Doce de Leite. Anonymus Gourmet e Márcia Lutz preparam juntos essa receita. Além da preparação da torta, a equipe do programa prepara também uma matéria especial com um dos chefes pâtissier mais tradicionais de Porto Alegre. Além dos doces preparados no programa, Anonymus Gourmet está separando maravilhosas receitas para você acessar também pela internet. Voltaremos!

DSC_0597 banana

PROGRAMA ANONYMUS GOURMET
CARDÁPIO: Especial Doces – Torta Gelada de Banana com Doce de Leite
QUANDO: Sábado, 12 de abril, às 8h30
ONDE: na RBS TV

Assista ao programa com três receitas de Tapiocas doces

05 de abril de 2014 1

Nesta manhã, Anonymus preparou três sugestões de Tapioca, na companhia de Linda Lutz. Além de saboroso e fácil de preparar, o prato pode ser uma opção para quem está de dieta. Confira a Tapioca de Frutas, a Tapioca Romeu e Julieta e a Tapioca de Maçãs na página oficial.

  anonymus e linda tapioca

tapioca 2

TWITTER: @voltaremos
FACEBOOK: facebook.com/anonymusgourmet
INSTAGRAM: @anonymus_gourmet
PINTEREST: pinterest.com/anonymusgourmet

Depois de um vingativo café frio

04 de abril de 2014 0

Nada mais frágil do que a reputação das nações: basta um guarda alfandegário com mau humor ou um carregador de malas desajeitado para que o viajante faça um conceito definitivo sobre o país em que recém chegou. Sou fascinado e não canso de repetir a graça dessa constatação, escrita em fins do Século XIX, numa carta de Carlos Fradique Mendes, o mais encantador dos personagens de Eça de Queiroz.

A arguta lição de Fradique foi lembrada por Anonymus Gourmet naquela noite, durante o jantar, num discreto restaurante londrino, quando Madame Xavier estreava sua certidão de divórcio. Anonymus recordou a frase de Fradique para explicar as “injúrias seculares” que são lançadas contra o Império Britânico em matéria de gastronomia.

Segundo Anonymus Gourmet, a má reputação da cozinha britânica é obra de “recém-chegados com pressa”.

Posso imaginar a cena, – dizia Anonymus naquela noite.  Um desses viajantes que gosta de fazer diários de viagem, com observações superficiais e irresponsáveis, redigidas sempre em tom definitivo, passa por aqui, come mal ou é mal atendido numa taberna qualquer, chegando depois das horas, quando o taberneiro e a cozinheira já se preparavam para fechar as portas, apagar as luzes e soltar os demônios num rápido namoro, antes de voltarem para a monotonia de suas respectivas casas.

Indiferente à notória aflição do taberneiro e à urgência da cozinheira, o viajante pede um filé com requintes fora do cardápio. Faltam quatro minutos para o encerramento da cozinha estampado na porta. Com aquela dignidade com que os súditos de Sua Majestade historicamente honram os horários, taberneiro e cozinheira respiram fundo, calam as respectivas vozes interiores que gritam pelo imediato fechamento da taberna e pela urgente prevaricação, sufocam as respectivas fogueiras interiores que os devoram.

O visitante quer uma entrada (“fora do cardápio, mas fácil de preparar”), um acompanhamento especial para o filé (“pommes au gratin, em forno suave durante 30 minutos”) e, é claro, um risoto de funghi feito na hora. Na sobremesa, exige as bananas flambadas na mesa ao molho cítrico. Comme boisson, nem pensar no vinho da casa, já aberto: escolhe uma garrafa fora da carta, que descansa nas profundezas da adega e requer um mínimo de 40 minutos depois de aberta, para respirar.

Pommes2

Pommes au gratin, em forno suave durante 30 minutos (Foto: divulgação creative commons/basilic89)

Claro que tudo dá errado. Os grandes triunfos gastronômicos têm a ver com gestos de gentileza e fraternidade. A arrogância e a indiferença de um freguês fora de hora endurece o coração da cozinheira e desperta os piores instintos de quem atende a mesa. Aquele freguês inconveniente não percebe que foi ele o causador do naufrágio. Altaneiro, escreve em seu caderno, depois do vingativo café frio que encerrou o jantar: “Come-se mal na Inglaterra.”

Programa com três receitas de Tapiocas estreia Temporada de Doces

02 de abril de 2014 0

Anonymus Gourmet estreia a Temporada de Doces neste sábado, com um programa muito especial. Ao lado da esposa Linda, o apresentador prepara deliciosas Tapiocas, uma receita típica da cozinha do nordeste.

O casal recheia as tapiocas com três sabores: Romeu e Julieta, Frutas e Maças Carameladas. Além cozinhar, Anonymus conversa com uma especialista em preparação de tapiocas.

DSC_0520

PROGRAMA ANONYMUS GOURMET
CARDÁPIO: Aniversário de Porto Alegre – Especial Zona Sul
QUANDO: Sábado, 5 de abril, às 8h30
ONDE: na RBS TV

Confira as três receitas preparadas no programa da Zona Sul

29 de março de 2014 0

No último programa em homenagem ao aniversário de Porto Alegre, exibido nesta manhã de sábado, o convidado especial foi o próprio José Antônio Pinheiro Machado, morador da Zona Sul.

Anonymus Gourmet, Linda, Márcia e Alarico passearam pelos pontos turísticos do bairro e reuniram-se na beira do Guaíba para preparar um delicioso almoço de final de semana. Vejas as receitas na página oficial.

DSC_0399 DSC_0444

TWITTER: @voltaremos
FACEBOOK: facebook.com/anonymusgourmet
INSTAGRAM: @anonymus_gourmet
PINTEREST: pinterest.com/anonymusgourmet

Quitutes espanhóis e a têmpera dos bravos

28 de março de 2014 0

Na semana passada, no programa da RBS TV, tive uma mostra dos desígnios do Cavalo Celeste – para usar um assombro do meu amigo Parker Silva. Foi um programa sobre as (ou “os”) irresistíveis tapas, que encantam mesas espanholas depois das aflições do dia, em crepúsculos de cerveja e vinho, confirmando o gênio português sobre tudo que vale a pena quando a alma não é pequena.

Pintxo de sardinha com purê de maçã, tapas de cogumelos, tapas de pão com tomate… A apresentação do cardápio de quitutes espanhóis parecia escolha aleatória. Entretanto, na verdade, a acreditar nos desígnios celestes, tratava-se de uma homenagem adivinhada a um dos homens fundamentais do Século XX: Adolfo Suárez, ex-primeiro ministro da Espanha, político chave na transição à democracia após a era Franco, que morreu no domingo passado, o dia seguinte ao programa.

IMG_7695 606

Pintxo de sardinha com purê de maçã, tapas de cogumelos, tapas de pão com tomate… A apresentação do cardápio de quitutes espanhóis parecia escolha aleatória. Foto: William Mayer)

A têmpera desse homem invulgar ficou conhecida, ao lado de dois outros bravos espanhóis, exatamente às 18h22min do dia 23 de fevereiro de 1981, em Madrid, quando o Parlamento foi invadido por um bando e o chefe deste, um tenente-coronel bigodudo, subiu à tribuna e gritou: “Quieto todo el mundo!” Um militar na tribuna com uma pistola na mão – cujo disparo para o teto convenceu os hesitantes – dominava a casa dos representantes do povo. Assistiu-se à humilhação que o escritor angolano Ferreira Fernandes sintetizou de forma exemplar: “Todos os deputados (quer dizer, toda a nação) encafuaram-se que nem coelhos sob as cadeiras e o tampo das mesas.”

Na verdade, todos, menos três. É um daqueles momentos únicos em que brilha a têmpera dos bravos, como dizia o personagem de um antigo filme de John Ford. Os três homens que não obedeceram ao bando armado: um homem de direita, o velho general, então ministro da Defesa, Gutiérrez Mellado; um homem de esquerda, o deputado comunista Santiago Carrillo; e o primeiro ministro e deputado Adolfo Suárez. O general Gutiérrez Mellado levantou-se para interpelar o bando e foi agredido. Suárez e Carrillo mantiveram-se sentados, soberbos.

O general Gutiérrez morreu em 1995; Santiago Carrillo morreu no ano passado aos 97 anos de idade; Suárez morreu no domingo passado, depois de anos com Alzheimer. Carrillo e Suarez eram adversários, mas feitos na mesma forja. No ano passado, pouco antes de morrer, Carrillo disse à revista Esquire sobre seu antigo adversário: “Adolfo Suárez foi um homem que conquistou meu respeito. Comandou pessoalmente a redemocratização da Espanha, e foi capaz de cumprir seus compromissos. Fora ele, não creio que haja personalidades que mereçam admiração.”