Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Brad Pitt quebra o silêncio: álcool e drogas foram alguns dos fatores de sua separação

03 de maio de 2017 0
7dc78cfe-e95c-4762-8097-12933e7583d0

Foto: divulgação

Brad Pitt quebrou o silêncio e concedeu sua primeira entrevista sobre o divórcio do casamento com a atriz Angelina Jolie. Segundo o blog Área Vip, em entrevista à revista GQ Style, Pitt admitiu o consumo excessivo de álcool e maconha, além de uma vida inteira de distância emocional dos outros. Sua criação, segundo ele, é machista: “Aprendi que o homem é quem manda, é quem sabe de tudo. O forte que não tem dúvidas. E esse conceito me deu um soco na cara após o divórcio”. A união do casal durou cerca de 12 anos, e possuem seis crianças, sendo três biológicos, um cambojano, um vietnamita, e um etíope.

O ator já parou de beber e fumar e está fazendo terapia: “Eu não consigo lembrar um dia, desde que eu saí da faculdade, que eu não tenha bebido ou fumado, ou algo assim. E você percebe que é muito. E que estou ficando sem sentimentos. Eu estou muito, muito feliz de ter rompido com isso tudo. Eu tinha parado com tudo, exceto bebida, quando eu comecei a minha família. Mas mesmo neste ano, coisas que eu não consegui lidar. Eu estava bebendo muito. Isso se tornou um problema”, contou o ator.

Angelina-Jolie-Brad-Pitt

Foto: divulgação

Ainda comentou que ele e Jolie estão tentando fazer de tudo para que a separação não afete tanto seus filhos: “Eu ouvi um advogado dizer ‘ninguém vence no tribunal, é só uma questão de quem se machuca mais’. E isso parece ser verdade. Você passa um ano focado em construir um caso que prova seu ponto de vista e porque você está certo e outro lado está errado, e é um investimento tão cheio de ódio. Eu apenas recuso isso. E felizmente minha parceira nisso concorda. É muito, muito desgastante para as crianças“.

Envie seu Comentário