Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de maio 2013

Quais assuntos você gostaria de ler no Barra de Cereal?

31 de maio de 2013 19

O blog Barra de Cereal completa duas semanas no ar neste sábado. Tenho várias pautas interessantes em andamento, mas gostaria de saber quais assuntos sobre vida saudável você gostaria de ver aqui. Pode ser abordagem relacionada a exercícios físicos, alimentação saudável, suplementos, moda fitness, etc.
Basta escrever sua sugestão nos comentários logo abaixo deste post.

Aproveitem para ler os destaques desta semana:

Saiba por que o pilates é o queridinho das academias
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados

Saiba quais são os 10 inimigos da dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, que ajudam a emagrecer
Aprenda a fazer 10 exercícios com o equipamento suspenso

Abraços e um ótimo fim de semana!

Saiba por que o pilates é o queridinho das academias

31 de maio de 2013 15


Foto: Tatiana Cavagnoli, Agência RBS

Fortalecimento da musculatura, resistência muscular, alinhamento postural e prevenção de doenças como a osteoporose são as principais razões que levam tantas pessoas para as aulas de pilates. Existem academias e estúdios com filas de espera, tamanha a procura.

Trata-se de um trabalho direcionado e os resultados aparecem em poucas sessões. Convoquei o instrutor de pilates e personal trainer Matheus Zanchet para explicar esse método que promove a saúde integral, age no âmbito físico, mental e espiritual.
- Não se compara a nenhum outro trabalho realizado em academia e nem substitui os exercícios aeróbicos, tampouco a musculação – declara Matheus.

Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Saiba quais são os 10 inimigos da dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Aprenda a fazer 10 exercícios com o equipamento suspenso

A seguir, confira as explicações do instrutor de pilates Matheus Zanchet:

O QUE É O PILATES
É um método de alongamento e exercício físico que se utiliza o peso do próprio corpo na sua execução, uma técnica de reeducação do movimento, capaz de restabelecer e aumentar a flexibilidade e a força muscular, melhorar a respiração, corrigir a postura e prevenir lesões.


Foto: Tatiana Cavagnoli, Agência RBS

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS
1 – Contribui para realinhar a coluna vertebral e melhorar a postura.
2 – Muitas dores nas costas podem ser totalmente eliminadas.
3 - A prática pode ajudar alongando os músculos, liberando tensões e dores, o que pode, comprovadamente, desencadear o sono natural.
4 – Ajuda a aumentar força e resistência sem hipertrofia dos músculos, porque se concentra no desenvolvimento do “core” – músculos localizados nas regiões pélvica e abdominal -, e nas costas.
5 – Ao promover a boa postura e equilíbrio, pode ajudar na prevenção da osteoporose e consequentes quedas.
6 – É um exercício que literalmente reintroduz você ao seu próprio corpo. Quanto melhor você entender o seu corpo e como ele funciona, mais fácil será para você liberar a tensão, relaxar e combater o estresse da vida moderna.
7 - Auxilia na prevenção da incontinência urinária, uma vez que fortalecer o pavimento pélvico.
8 – Ajuda a melhorar o equilíbrio e a coordenação pelo realinhamento da coluna e fortalecimento do “core”. Isso significa menos lesões.
9 - Ajuda na recuperação e evita lesões recorrentes por ser uma atividade de baixo impacto.
10 - Um mantra bastante ouvido nas academias é “sem dor, sem ganho”, mas isso não se fala num estúdio de pilates. É uma tecnica de exercício não aeróbico, suave, mas que fornece tônus e fortalece os músculos de dentro pra fora.

RESULTADOS
Após 10 sessões, já é possível notar algumas mudanças, como aumento da flexibilidade, do tônus muscular e alívio de dores.

AJUDA NO EMAGRECIMENTO
Por promover um corpo mais tonificado, modelado e alongado, auxilia no emagrecimento. O ideal é associar o pilates com um exercício aeróbico, tanto para o gasto calórico, quanto para o trabalho cardiovascular.
O pilates e a caminhada são uma combinação perfeita.

TERAPIA
Pode ser praticado e utilizado como terapia para diversas dores crônicas, tensões e estresse, problemas de coluna, nervo ciático, tendinites e bursites, fibromialgia, tornozelo e pé, quadril, ombro, cotovelo e punho, dores de cabeça, contusões etc.

QUALQUER PESSOA PODE FAZER
A grande vantagem do método pilates é que ele pode ser adaptado para diferentes tipos de praticantes.
Para aqueles que sofrem de dores crônicas ou desconfortos musculares, não gera desgaste articular, pois envolve exercícios de baixo impacto e com poucas repetições.
Pode auxiliar na reabilitação, na parte estética, no ganho de condicionamento físico ou preparo de atletas.


Foto: Oaclubs, Reprodução

Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados

30 de maio de 2013 43

O chá verde tem gosto amargo, mas vale a pena fazer algumas caretas pelo bem que ele faz para a nossa saúde. Tomo todos os dias. Convoquei a nutricionista Denise Entrudo para nos explicar por que essa bebida é a queridinha das dietas. Confira!

Leia mais:
Saiba quais são os 10 inimigos da dieta
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, que ajudam a emagrecer
Aprenda a fazer 10 exercícios com o equipamento funcional TRX

Cinco motivos para tomar o chá verde:
1. É um alimento anti-inflamatório e antioxidante
2. Melhora a recuperação muscular pelo potencial antioxidante
3. Previne o envelhecimento e doenças como o câncer
4. Aumenta a termogênese e isso gasta mais calorias
5. Pode diminuir o colesterol ruim

BENEFÍCIOS
Denise explica que o chá verde pode atuar de forma benéfica em algumas doenças como diabete mellitus 1, cardiopatias, infecções virais, inflamações em doenças degenerativas e até mesmo no câncer. Além disso, pelo seu potencial antioxidante, previne o envelhecimento e acelera o processo de recuperação muscular.

Um estudo realizado no Japão publicado na revista Obesity (2007) constatou que a ingestão regular pode diminuir a gordura corporal ao mesmo tempo que diminui a circunferência da cintura. Além disso, as catequinas e a cafeína do chá podem atuar na termogênese aumentando o gasto calórico diário.

QUANTIDADE RECOMENDADA
No mínimo, um litro de chá verde por dia para ter os benefícios.

CHÁ EM FOLHAS É MAIS EFICIENTE

Os estudos nos mostram que o ideal é ingerir o chá das folhas. Em sachê, nem sempre vai ter as folhas. A indústria acaba misturando os talos também. E em cápsulas, ainda não foi comprovado um efeito benéfico como a ingestão do chá. Você pode encontrar o pacote com as folhas de chá verde no supermercado, no Mercado Público e em lojas de produtos naturais. Eu compro a versão acima.

CUIDADOS
Quem tem insônia não deve tomar o chá após as 16h, pelo teor de cafeína. Também não é recomendado consumi-lo próximo às refeições, pois os fitatos diminuem a absorção de nutrientes como o ferro. Então, nada de terminar o almoço e logo consumir o chá verde. Evite também açúcar e adoçante.

Saiba quais são os 10 inimigos da dieta

29 de maio de 2013 16

A pedido do blog, a nutricionista Larissa Signori listou os 10 inimigos de qualquer dieta. São alimentos ricos em gorduras, com calorias vazias e cheios de açúcar.

Larissa recomenda que também devemos evitar os alimentos industrializados que têm muito corante e conservante e acabam viciando as papilas gustativas. “Por isso fica tão difícil deixar de comê-los”,  explica. A dica dela é consumir o mínimo possível.

Leia mais:
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Aprenda a fazer 10 exercícios com o equipamento funcional TRX
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, que ajudam a emagrecer
Cinco benefícios do óleo de coco

Veja a lista:


1 – PIZZA

Se for cheia de queijo amarelo e com ingredientes calóricos e gordurosos, pode prejudicar a dieta. Felizmente, temos versões mais leves, feitas com massa integral e recheios utilizando verduras e queijos brancos.


Foto: Iris Rocha


2 – DOCES

Além da alta densidade calórica, mesmo em pequena quantidade, balas, biscoitos recheados e chocolates também contêm gordura. Parte será utilizada como fonte de energia, mas o restante vai ser acumulado na forma de gordura.


Foto: Divulgação



3 – BEBIDA ALCOÓLICA

Com considerável densidade calórica, normalmente é consumida numa quantidade que coloca a perder todo o esforço feito com a dieta. Além disso, é diurética, podendo causar desidratação.


Foto: Paulo Franken


4 – REFRIGERANTES

Na versão zero ou comum, o refrigerante é um péssimo alimento para a saúde. Possui calorias vazias sem qualquer tipo de nutriente. A versão normal contém grande quantidade de açúcar. Já a light ou zero tem muito mais sódio, o que desequilibra o organismo e desidrata, além de utilizar adoçantes que, comprovadamente, fazem mal à saúde se consumidos em grande quantidade. O excesso de química gera um desequilíbrio fisiológico no organismo prejudicando a perda de peso.


Foto: Stock.Xchng


5- SUCO DE CAIXINHA

São cheios de açúcar. A maioria contém corantes e conservantes. E o pior, dá a ilusão de ser algo saudável. Opte por aqueles que não têm adição de açúcar e conservantes.


Foto: stock.xchng


6 – FRITURAS

A alta quantidade de gordura compromete qualquer dieta e provoca uma digestão lenta.


Foto: stock.xchng


7 – CARBOIDRATOS REFINADOS

Causam pico de insulina no sangue devido à rápida digestão e não proporcionam muito tempo de saciedade pelo baixo teor de fibras, que nos mantêm sem fome por mais tempo. Opte por versões integrais de pães, massas, arroz e todo o carboidrato que for ingerir.


Foto: Cristiano Estrela, Agência RBS


8 – SORVETE

Normalmente são repletos de açúcar, gordura trans, conservantes e corantes, o que favorece o aumento de peso. A melhor opção é preparar versões sem gordura trans e menos calóricas para poder consumi-lo de vez em quando.


Foto: Daniela Meira


9 – EMBUTIDOS E CARNES PROCESSADAS

São ricos em gorduras que podem elevar o colesterol e vêm repletos de toxinas que dificultam o emagrecimento. Sem contar no alto teor de sódio. Exemplo: salames, presunto, salsicha, linguiça, etc.


Foto: Gilmar de Souza


10 – SAL

Se consumido em grandes quantidades, causa retenção hídrica e favorece o aumento da pressão. Enquanto a recomendação diária é de 6g, o brasileiro consome em média o dobro desta quantidade. Alimentos industrializados, caldos prontos e temperos industrializados são os grandes vilões. Alguns desses temperos podem conter 1000mg de sódio em ½ tablete ou em uma colher de chá. Opte pelas ervas frescas e temperos naturais que sempre virão acompanhados de micronutrientes importantes.


Foto: Fernando Gomes


–> HÁBITOS QUE PODEM PREJUDICAR A DIETA

PULAR REFEIÇÕES

Ao contrário do que muita gente pensa, pular refeições não ajuda no emagrecimento. Vai tornar o seu metabolismo mais lento além de deixar você com muito mais fome para a próxima refeição.

COMER RÁPIDO

O organismo precisa de um tempo para receber a mensagem de saciedade, por isso é tão importante comer devagar e mastigar bem os alimentos.

RÓTULOS

É importante ler os rótulos dos produtos que consumimos. Através deles, obtemos informações corretas sobre o alimento. É importante avaliar os ingredientes que sempre vêm em ordem de concentração na receita, do maior para o menor, além de ficar atento ao teor de gordura e fibras dos produtos para saber o que vai te alimentar bem.

Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer

28 de maio de 2013 52

A chia e a linhaça são dois alimentos muito presentes na minha dieta há mais de um ano. Todos os dias, pela manhã, acrescento uma colher de sopa de cada semente no meu suco verde. Também costumo utilizar a Linchia, da Jasmine, que combina a chia e a linhaça num único produto.

Leia mais:
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Organização é o segredo de uma dieta
Confira as cinco barras de cereal amigas da dieta

Convoquei a nutricionista Ana Carolina Bragança, coordenadora da Clínica Nutrissoma, para tirar todas as nossas dúvidas sobre essas sementes que são extremamente saudáveis ao organismo.


–> CHIA

Benefícios
A chia é rica em ômegas 3 e 6: que ajudam a aumentar o colesterol bom (HDL), reduzir o colesterol ruim (LDL), atuando, assim, na prevenção das doenças cardiovasculares. É antiinflamatória, prevenindo doenças degenerativas e auxilia na regulação do sistema imunológico.

Rica em fibras: diminui a absorção de colesterol, favorece o controle da glicemia, auxilia na saciedade e aumenta também o volume do bolo fecal, regularizando o funcionamento do intestino, além de prevenir o câncer coloretal.

Rica em proteínas e minerais (como cálcio, ferro, fósforo, magnésio, manganês, selênio e zinco): que são essenciais ao funcionamento adequado do organismo.

Ajuda a emagrecer
A chia, como todo alimento rico em fibra, quando hidratada, tem a capacidade de formar gel no estômago, auxiliando na manutenção da saciedade, e consequentemente, auxiliando as dietas de emagrecimento. A capacidade da chia formar esse gel é um pouco maior do que os outros alimentos também ricos em fibras.

Quantidade recomendada
De uma a duas colheres de sopa ao dia.

Como usar
Salada, sucos, frutas no iogurte, sopas, preparo de pães, biscoitos, bolos ou no prato de comida.


Divulgação

Ingestão de água
Em média, oito copos de água ao logo do dia, não exatamente logo após a ingestão.


-
-> LINHAÇA

Há alguma diferença entre a linhaça dourada e a marrom?
A linhaça marrom é nativa da região mediterrânea e já está adaptada ao solo brasileiro e ao clima quente e úmido.

Ela apresenta a casca um pouco mais dura e resistente. A linhaça dourada cresce em climas frios. Geralmente é importada do Canadá. Tem a casca mais fina e seu sabor é mais suave do que o da linhaça marrom. Seu preço também é mais salgado.

Estudos demonstram que não existe diferença significativa na atividade antioxidante e quantidade de nutrientes nos dois tipos de linhaça. Ambos possuem teores similares de nutrientes.

Benefícios
A linhaça possui os mesmos benefícios da chia, porém ainda é fonte de vitamina E (antioxidante que atua na prevenção do envelhecimento precoce) e também de lignana, uma substância responsável por amenizar os sintomas da TPM e da menopausa.

A desvantagem que a linhaça tem em relação à chia, é que para possamos usufruir dos benefícios do Omega 3 e 6 que a linhaça possui, devemos triturá-la com liquidificador antes de consumir.

Já a chia, ao mastigá-la conseguimos triturá-la com os dentes, não precisando então de liquidificador. Se a linhaça não for triturada, estaremos apenas nos beneficiando com a propriedade de regular o intestino.

Ajuda a emagrecer
Como a chia e todo alimento rico em fibra, quando hidratadas, tem a capacidade de formar gel no estômago, auxiliando na manutenção da saciedade, e consequentemente, auxiliando as dietas de emagrecimento.

Quantidade recomendada
De uma a duas colheres de sopa por dia.

Maneira correta de ingerir a linhaça
Para absorver todos os nutrientes, deve ser consumida triturada. Como os ômegas se oxidam facilmente, depois de triturada, a linhaça deve ser guardada em pote bem fechado, opaco e sob-refrigeração por até três dias.

Como usar
Salada, sucos, frutas no iogurte, sopas, preparo de pães, biscoitos, bolos ou no prato de comida.


Divulgação

Ingestão de água
Em média, oito copos de água ao logo do dia, não exatamente logo após a ingestão.

Espero que tenham gostado!

Aprenda a fazer 10 exercícios com o equipamento suspenso

27 de maio de 2013 10

O treinamento funcional com o equipamento suspenso faz parte da minha rotina de exercícios na academia. Meu personal trainer costuma combiná-lo com os aparelhos.

Uma das facilidades do acessório é que você pode levá-lo para qualquer lugar. É uma boa opção para manter a forma se tiver de ficar longe da academia. Nas férias de março, levei o equipamento para a praia e, numa barra, pude fazer uma série de exercícios de braço, perna, costas, glúteo, etc.

Leia mais
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Organização é o segredo de uma dieta
Cinco benefícios do óleo de coco
Das ondas às pistas: conheça a trajetória de uma ultramaratonista

Aprenda a fazer 10 exercícios em equipamento suspenso com o personal trainer Jefferson Nobre e a aluna Janaína Ramos. Em todas as séries, você pode fazer quatro séries de 12 repetições.

AGACHAMENTO

Segurando o aparelho, agache levando o quadril para trás e desça até a coxa ficar paralela ao chão.

Posição inicial

Posição final


REMADA FECHADA

De pé, com o corpo inclinado para trás, os pés paralelos e os braços flexionados, estenda os cotovelos e utilize a força dos braços e do abdomen para erguer o tronco.

Posição inicial

Posição final


PASSADA

Segurando o equipamento, deixe uma perna flexionada e a outra flexionada para trás, paralela ao chão. Flexione a perna da frente, mantendo a de trás suspensa, sem encostar no chão. No final da série, inverta a perna.

Posição inicial

Posição final


PEITO

Fique de costas para o local onde o equipamento está posicionado. Segurando o equipamento, fique na pontas dos pés, mantenha o corpo levemente inclinado e deixe os braços num ângulo aberto até a linha do ombro.

Posição inicial

Posição final


ELEVAÇÃO DE QUADRIL

Deite de barriga para cima, coloque os pés nas alças do equipamento, flexione os joelhos e eleve o quadril. Mantenha os ombros no chão.

Posição inicial

Posição intermediária

Posição final


APOIO DE PRANCHA COM ABDOMINAL

Coloque os pés no equipamento e fique em posição de uma prancha com a palma na mão no chão. Em seguida, eleve o quadril.

Posição inicial

Posição final


ABDOMINAL

Faça uma prancha com os cotovelos apoiados no chão e flexione os joelhos em direção ao corpo.

Posição inicial

Posição final


TRÍCEPS

Fique de costas para o local onde o equipamento está preso. Com o corpo levemente inclinado, mantenha os braços estendidos. Depois, flexione os cotovelos inclinando o corpo mais para frente e levando as mãos em direção à testa.

Posição inicial

Posição final


BÍCEPS

Segure as alças do equipamento com as palmas das mãos voltadas para cima e os braços erguidos para frente. Com o corpo levemente inclinado para trás, flexione os cotovelos, levando as mãos em direção ao rosto.

Posição inicial

Posição final


PRANCHA LATERAL

Exercício 1 - Fique nesta posição por 30 segundos. Faça quatro séries

Exercício 2 - Você pode subir e baixar o quadril. Faça quatro séries de 12 repetições.

Pedalando pela Orla do Guaíba

26 de maio de 2013 1

Se tem um programa que curto em Porto Alegre é aproveitar o dia de sol ao ar livre. Como estou proibida pelo meu médico de exagerar na corrida — pratiquei quatro vezes nesta semana — fui andar de bicicleta com meu marido, Gustavo, e nossa cadelinha, Lana neste domingo.

Leia mais:

Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Cinco benefícios do óleo de coco
Confira as cinco barras de cereal amigas da dieta

Não temos bicicletas. Estávamos querendo testar o Bike POA há semanas. Chegando na estação ao lado do Tesourinha, na Avenida Erico Verissimo, tentamos fazer o cadastro pelo site, mas como já tínhamos usado o mesmo serviço no Rio de Janeiro, telefonamos para o número (51) 4063-7711. Em alguns minutos, conseguimos alugá-las. Basta ter um smartphone e um cartão de crédito.

Saímos a pedalar em direção à Orla do Guaíba. Lá, percorremos a Beira-Rio até o Museu Iberê Camargo, onde paramos para contemplar a vista.

Voltamos pela Orla do Guaíba até a Avenida Ipiranga e seguimos até a Avenida Ipiranga pela ciclovia. Foram 10,5 quilômetros em quase 50 minutos.

COMO ALUGAR UMA BICICLETA

— O cadastro para aluguel ocorre no site www.movesamba.com/bikepoa ou por aplicativos para smarthphone.

— Depois de ter seus dados (como CPF, endereço e números de telefone e cartão de crédito) registrados, o usuário deverá realizar o desbloqueio na própria estação, mediante ligação telefônica para a central de atendimento ou pelo aplicativo no smartphone.

— O valor do passe mensal será de R$ 10, e o diário, de R$ 5.

— É possível utilizar o sistema durante todo o dia, das 6h às 22h, nas duas modalidades. As viagens devem ser realizadas em até uma hora.

— Após esse tempo, há um intervalo de 15 minutos para possibilitar outras viagens, com a mesma bicicleta ou outra.

Das ondas às pistas: conheça a trajetória de uma ultramaratonista

26 de maio de 2013 4

Que tal aproveitar o domingo para conhecer uma pessoa que admiro muito no mundo da corrida? A jornalista Daniela Santarosa tem 36 anos, 18 deles dedicados às pistas.

Conheci ela na Redação da Zero Hora, era editora do Caderno Vida. Sabendo da experiência da Dani, eu fazia algumas paradas estratégicas na mesa dela para falar dos treinos e garimpar algumas dicas.

Ela venceu (sozinha) a Travessia Torres Tramandaí dois anos seguidos. Uma distância de 81.240 metros. Neste ano, superou o próprio recorde e terminou a prova em 7h48min. Em abril, ainda completou 100 quilômetros no meio da mata na Patagônia Run.

Leia mais:

Confira um treino de corrida para iniciantes
Dicas para quem quer começar a correr
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo

A seguir, confira a entrevista com a jornalista Daniela Santarosa.

Quando tu começaste a correr?
Há cerca de 18 anos, para suprir um pouco da necessidade que tinha que fazer esportes ao ar livre. Gostava mesmo era de surfar, minha paixão desde os sete anos. Mas como o Guaíba não tem onda. Calçava os tênis e fazia o trajeto da minha casa até o Colégio Anchieta, onde estudava, e rodava na pista de atletismo até cansar. Foi aí que comecei a sentir os efeitos positivos da corrida e fiquei viciada!

Como foi tua aproximação com a corrida?
Na época, quase ninguém que eu conhecia disputava provas de rua. Me aproximei naturalmente, por ter uma relação forte e íntima com a vida esportiva. Desde os três anos, quando comecei a fazer ballet clássico, até hoje, não lembro de ter ficado um mês sem fazer uma atividade física intensa. Foi natação, patinação, bike, surfe, academia. Minha energia sempre foi para o esporte. Mas lembro que comecei a levar mais a sério quando, na primeira prova que disputei (rústica, 8km, em 1998), já tive um bom desempenho: fiquei em oitavo lugar, o que me deixou bem satisfeita e sinalizou de que eu poderia servir para a coisa.

Que cuidados tu tens antes de correr?
Calçar os tênis do lado certo (risos). Passo protetor solar no verão, mas no inverno procuro me certificar da temperatura e usar roupas adequadas. Mas não tenho frescura nenhuma, não.

Quais os benefícios que a corrida traz para ti?
Daria para escrever um livro a respeito! Sou uma apaixonada pelo esporte e digo que não existe um exercício tão eficaz para o condicionamento físico e também mental. Creio que, assim que vamos evoluindo, percebemos que as mudanças são muitas: mais disposição, energia, bom humor. e, claro, há os benefícios para a saúde. Você gasta bem menos em remédios. Claro, tudo isso depende de cada pessoa, mas no meu caso, não há, até o momento, um malefício.

E as provas, começaste logo em seguida?
Depois de algum tempo correndo sem objetivo, procurei provas para disputar. Acho elas muito boas para isso: deixarmos de correr sem um motivo forte para baixarmos tempo, aprimorarmos técnica.

E o pódio, quando veio?
Não lembro quando subi no pódio pela primeira vez. Sei que meu primeiro lugar foi numa meia maratona noturna (21km), com o tempo de 1’30”. Devem fazer uns seis ou sete anos.

Em que momento tu pensaste em correr longas distância?
Conversando com outros “loucos’. Fiz a Travessia Torres Tramandaí (TTT) em duplas há três anos, quando vencemos, eu e o Luciano D’Arriaga, meu parceirão de provas. Aí, fomos confabulando, um botando pilha no outro até que estreei em 2012 no solo e faturei o primeiro lugar. Aí, vi que era capaz, não sei se por uma propensão genética, pelo background de treinos ou um conjunto de fatores. Percorrer distâncias maiores é um exercício também mental, e acredito que está dentro da mente esse difeAs corencial. Porque chega em determinados momentos, você não tem mais perna, não tem mais energia. O que sobra é a gana de cruzar a linha de chegada. E quando você a cruza, não quer saber de outra coisa.

Na Patagônia, neste ano, quando percorri 100km na mata, saindo à meia-noite no escuro, com uma lanterna na cabeça e temperatura abaixo de zero, percebi que a coisa estava ficando séria. De 24 mulheres, só 13 chegaram. E só rata de montanha, ao contrário de mim, que tinha ZERO de experiência! Foi, sem dúvida, minha maior vitória ter completado a prova sem nenhuma lesão. Jamais vou esquecer do quanto sofri lá!

Qual o conselho que tu dá para quem está iniciando na corrida?
Pense em qual seu objetivo e vá em frente. Não precisa pensar que vai correr uma maratona no primeiro ano de treino. Saiba que é um trabalho de formiguinha, que você terá que ter determinação e disciplina. Para virar um corredor de verdade, há de se ter regularidade e estar com a saúde em dia. Por isso, a importância de procurar ajuda de que entende do assunto. Hoje, não faltam alternativas, algo que não existia há 15 anos. O importante é não ter medo de experimentar, não importa a idade. As recompensas são incomensuráveis!

Corredores dedicam o fim de semana ao treino longo

25 de maio de 2013 0

Todos os corredores, independentemente da distância que costumam percorrer, devem incluir o longão na sua planilha. Trata-se do treino mais longo da semana que dará condicionamento físico e mental para o atleta.

Leia mais:

Confira um treino de corrida para iniciantes
Dicas para quem quer começar a correr
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Organização é o segredo de uma dieta

Meu professor Giovani Oliveira costuma dizer que o longão dará a sustentação para toda a semana de treinamento.
E os corredores dedicam o fim de semana ao treino longo. Basta sair por ruas, avenidas, parques, pistas. Lá estão eles em mais uma etapa do treinamento.
Eu adoro me reunir com a equipe de corrida num ponto da cidade para fazer o treino longo. Hoje, nos encontramos numa loja de suplementos na Avenida Nilo Peçanha, em Porto Alegre, e corremos por uma hora.

E você, fez o seu longão?

Cinco benefícios e cinco cuidados que você precisa saber sobre suplementos alimentares

25 de maio de 2013 13

Há no mercado uma infinidade de tipos e marcas de suplementos alimentares. Mas antes de sair comprando, é importante que você consulte um nutricionista que dará as orientações necessárias de acordo com a alimentação e a rotina de exercícios.

Leia mais:
Dez alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
Organização é o segredo de uma dieta
Cinco benefícios do óleo de coco


Sempre fui “pé atrás” com os suplementos alimentares. Quando me indicaram pela primeira vez, não fui muito simpática à ideia de incluir na dieta. Achava que poderia engordar, ficar com espinhas, que faria mal à saúde. Mas hoje eu percebo que eles têm me ajudado a alcançar os resultados esperados (
mais detalhes abaixo). Só que você precisa saber o que está tomando.

Especialistas alertam para os riscos do uso sem orientação adequada. O exagero na suplementação pode sobrecarregar alguns órgãos do corpo. O uso inadequado também pode fazer você engordar ou não ter efeito algum. Desta forma, você só estaria gastando dinheiro à toa.


–> CINCO BENEFÍCIOS

1) Você pode consumir os nutrientes necessários para o seu objetivo de forma isolada, já que muitas vezes se torna difícil consumi-los apenas através dos alimentos.

2) Praticidade! Nada mais fácil do que tomar em 1 minuto um shake de proteínas, por exemplo, ao invés de preparar um lanche mais complicado, ou ficar sem comer, o que é pior ainda.

3) Proporcionam mais energia para o treino.

4) Recuperam a fibra muscular após os exercícios, auxiliando assim, até na redução das dores musculares.

5) Complementam sua alimentação.


–> CINCO CUIDADOS

1) Não deve substituir suas principais refeições: almoço e jantar

2) Deve ser adequado aos seus objetivos. Suplementação é individualizada, o que funciona para um, muitas vezes não funciona igual para o outro.

3) Quantidade, dosagem, e forma de tomar são fundamentais! O sucesso dos seus resultados e saúde depende disso.

4) É realmente importante escolher a marca do seu suplemento de alguma indústria consolidada, onde a matéria-prima utilizada e tecnologia empregada sejam de excelentes qualidades, além de possuírem os melhores valores nutricionais. Toda boa matéria-prima tem um custo alto para as empresas que fabricam suplementos, sendo assim, desconfie quando você os encontra por valores muito baixos, seu resultado também depende disso.

5) A compra deve ser feita através de um local de confiança e credibilidade, para garantir que as normas dos órgãos de fiscalização estejam sendo cumpridas, e que você estará adquirindo um produto original.

A seguir, a nutricionista Danielle Milhão explica as características dos suplementos incluídos na minha dieta.


BCAA



BCAA é uma combinação de aminoácidos, e aminoácidos são partículas das proteínas, eles são fundamentais para alimentar e recuperar nossos músculos. Os que encontramos no BCAA nosso corpo não produz, por este motivo, necessita ser consumido através de alimentos e suplementos. A dosagem depende da alimentação, e quando suplementado, pode-se observar a pele mais tonificada e o corpo mais durinho.
QUANDO EU TOMO: após os treinos de musculação e antes dos treinos de corrida.


PROTEÍNA DE ABSORÇÃO LENTA (TIME RELEASE)



Formada por um “blend” de diversas proteínas, a sua liberação é gradual. Ideal para quem deseja, além de aumentar e definir sua musculatura, diminuir gordura corporal de forma rápida e eficiente. Seu metabolismo fica ativo por muito mais tempo, diminui a fome naturalmente e mantém a glicemia estável. Pode ser utilizada nos horários dos lanches e até mesmo após a realização dos exercícios. Uma dica interessante é utilizá-la em conjunto com um mix de fibras, para tornar a absorção ainda mais lenta e potencializar os ganhos.
QUANDO EU TOMO: após os treinos de corrida e de lanche à tarde.


ALBUMINA
É a proteína da clara do ovo, proporciona maior utilização de gordura como fonte de energia e faz parte do processo de hipertrofia muscular. Pode ser utilizada em conjunto com o shake pós-treino ou em lanches e em receitas de bolos, pães e panquecas, para incrementar as preparações com uma fonte de proteínas.
QUANDO EU TOMO: acrescento ao suco verde nos dias de corrida e descanso e no lanche da tarde, junto com a proteína de absorção lenta.

L-CARNITINA



É um composto proveniente de um aminoácido, que aumenta a utilização das gorduras como fonte de energia na hora do exercício. Se em conjunto com uma alimentação calibrada para os objetivos e estilo de vida da pessoa, a L-carnitina proporciona uma perda de gordura mais intensa.
QUANDO EU TOMO: antes dos exercícios.