Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Você já ouviu falar nos tipos de pisada? Descubra qual é a sua

24 de junho de 2013 10


Bruno Alencastro, Agência RBS

Como você escolhe seu tênis? Quando comecei a correr, há dois anos, uma das primeiras dúvidas que tive foi “que tênis comprar”? Quando chegamos em uma loja especializada em materiais esportivos há uma infinidade de modelos nas prateleiras. Mas nem sempre aquele mais bonito ou com “aquele” amortecimento” pode ser o mais adequado para você.

Leia mais:

Confira 10 cuidados antes de começar uma atividade física
10 motivos para incluir o ômega 3 na dieta

Confira os 10 chás amigos da dieta e da saúde

Conheça a raiz que ajuda a queimar gordura

Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada

A seguir, o diretor técnico do Laboratório do Pé, Jefferson Selaimen Machado, tira todas as dúvidas sobre a pisada:

PISADA
É o contato do calcanhar no solo, o apoio de todo o pé e a propulsão do pé pelo eixo do primeiro dedo. Logo após vem o balanço que é o momento que um dos pés se encontra no ar.

TIPOS DE PISADA
– Pronada – Quando a parte de fora do calcanhar toca no chão, o pé inicia uma rotação excessiva para dentro (pisa para dentro).
– Supinada – O pé toca o solo com a face externa do calcanhar e se mantém na banda externa do pé (pisa para fora).
– Neutra – Começa com a parte externa do calcanhar e o pé rotaciona ligeiramente para dentro (pisa no centro).

Uma pessoa pode ter um pé pronado e o outro supinado. É muito raro, mas empresas já estão produzindo tênis para as três pisadas. Exemplos: Asics Kinsei 4, Nike Free Run 3, Nike Air Pegasus que é levemente pronado e levemente supinado.


Foto: Daniel Marenco, Agência RBS

CUIDADOS
As empresas fabricantes de tênis abusam da tecnologia para melhorar a absorção do impacto e evitar entorses. Os tênis neutros não interferem no desempenho ou prejudicam o atleta, mas se for comprado um para a correção e a pisada não for aquela que o tênis diz corrigir, pode piorar a lesão.
Ao usarmos um tênis inadequado, podemos ter lesão por estresse, tendinite, canelite, esporão de calcâneo, dores nos joelhos e coluna entre outras dores.

IMPORTÂNCIA DO TÊNIS
- Quando o pé atinge o solo, durante a corrida, aplica-se uma força de, aproximadamente, oito vezes o peso corporal. O corpo absorve o choque de cada passo. A resultante desta força é distribuída de uma forma correta quando estamos com um tênis adequado. A compra de um bom tênis não deve ser encarada como um gasto, mas como um investimento, pois estamos investindo na saúde.
- É aconselhável que os praticantes de esportes escolham o calçado mais confortável possível. Se tiverem algum erro de pisada, podem fazer um avaliação para verificar como é a sua caminhada.


Foto: Daniel Marenco, Agência RBS

AVALIAÇÃO
Atualmente, existe um aparelho chamado Baropodômetro que mede a pressão que o pé faz ao tocar no solo e analisa o tipo de pisada, minimizando o erro na compra do tênis. É importante que o aparelho seja grande para medir os dois pés numa mesma passada, pois se for pequeno e pegar um pé de cada vez, o resultado pode não ser fiel pois serão dois momentos distintos.
A baropodometria também serve para fazer um exame completo da marcha (caminhada) e da postura facilitando ao ortopedista a prescrição de uma palmilha ortopédica para evitar problemas no dia a dia e na corrida.
Também existem palmilhas para pé pronado ou supinado, o que gera uma customização do calçado e não só do tênis.

TIPO DE PISADA SEM EXAME
O solado do tênis mostra uma tendência do caminhar pronado ou supinado, mas identificar somente pelo desgaste do próprio calçado é arriscado, pois temos vícios de caminhada. Hoje, com tanta tecnologia, é importante fazer o teste.

VIDA ÚTIL
É muito relativa, pois depende do tempo em que a pessoa usa o tênis. Quem corre todos os dias, normalmente tem mais do que dois pares. Se usarmos o mesmo tênis todos os dias, a vida útil reduz para seis meses.

TIPO DE PISADA SEM EXAME
O solado do tênis mostra uma tendência do caminhar pronado ou supinado, mas identificar só pelo desgaste do próprio calçado é arriscado, pois temos vícios de caminhada. Hoje, com tanta tecnologia, é importante fazer o teste.

MODELOS DE TÊNIS E OS TIPOS DE PISADA



Foto: Divulgação
Asics Kayano – pronado
Asics Nimbus - supinado
Asics Kinsei - pronado, supinado e neutro
Nike Pegasus – levemente pronado e levemente supinado
Nike Vomero - neutro a supinado
Nike Zoom Elite – neutro
Mizuno Wave Precision - neutro
Mizuno Nirvana - pronado
Mizuno Wave creation - neutro
Mizuno Prorunner 15 - neutro
Mizuno Wave Prophecy - neutro
Reebok Real Flex Run - neutro
Adidas Adizero Boston 3 – supinado e neutro

Comentários (10)

  • Leonor diz: 24 de junho de 2013

    Onde fazer essa avaliação?
    Obrigada.

  • Lis diz: 24 de junho de 2013

    Onde existe esse aparelho (Baropodômetro) para fazer o teste?

  • A Louzada diz: 24 de junho de 2013

    Se você reside em Rio Grande, procure a Físio-Vida, clínica de fisioterapia e Pilates, no Cassino e em frente à Churrascaria Rio.

  • Décio Cupramim diz: 24 de junho de 2013

    e os olympicus?

  • Sidnei Sousa diz: 24 de junho de 2013

    Oi. Também quero saber onde existe esse aparelho para identificar o tipo de pisada e onde é possível fazer a avaliação. Sou de São Paulo-SP. Sinto dores no joelho direito e no lado direito das costas, e tenho quase certeza que se trata de falta de bom amortecimento nas pisadas; pratico caminhadas e trekking há mais de cinco anos e nunca dei atenção a esse “detalhe”… hehehe. Tenho 27 anos.

  • Ana Cristina diz: 24 de junho de 2013

    Onde fazer essa avaliação?
    Obrigada.

  • Ryane diz: 25 de junho de 2013

    Na Paquetá Esportes do Barra Sul tem como fazer o teste para descobrir seu tipo de pisada.

  • Vicente Reis diz: 26 de junho de 2013

    Como já foi dito acima, na loja Paquetá do Barra Shopping Sul há a disponibilidade de realizar o teste, de forma gratuita, com o acompanhamento de uma profissional da Mizuno. Realizei esse teste a cerca de quatro meses. Apesar do resultado ser uma pisada neutra, marcas em meus calçados acusam uma pisada levemente supinada. O ideal, realmente, é realizar o teste mais de uma vez, como “tira-teima”.

    Outro aspecto que não foi comentado no texto é a importância de se analisar o peso do atleta na escolha do calçado. Tênis mais estruturados para atletas acima do peso, tênis mais “minimalistas” para atletas leves, dentro do peso e corredores habituais.

    Em tempo: corro a um ano, treino distâncias médias entre 10 e 15 km, utilizo no momento os tênis Mizuno Wave Prorunner 15 (titular) e Asics Equation 6 (reserva). Tenho 1,73m, 76 kg, ambos me atendem muito bem.

  • Barra de Cereal » Arquivo » Evite lesões! Confira cinco cuidados antes de começar a correr diz: 17 de julho de 2013

    [...] O tênis é importante? Como escolher o tipo mais adequado? Sim. Não é qualquer tênis que se mostra adequado para corrermos. É importante adequar o tênis ao tipo de pé (plano, cavo ou normal) e a tipo de pisada (supinada, neutra ou pronada). Assim, o tênis pode ajudar a corrigir alguma falha de nossa estrutura natural. Muitos compram o tênis mais leve. De certa forma, o peso do tênis também é importante mas não deve ser levado em conta exclusivamente nem deve ser colocado em primeiro lugar na lista de requisitos – quanto menor o peso, geralmente, menos tecnologia ele possui. Leia mais sobre os tipos de pisada aqui. [...]

Envie seu Comentário