Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 10 julho 2013

Confira os cinco benefícios da dieta alcalina

10 de julho de 2013 11


Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Agencia RBS

Você já deve ter ouvido falar na dieta alcalina? Por sugestão da amiga Janaína Ramos fui em busca de informações para explicar para vocês.

Baseia-se no consumo de alimentos que produzem um efeito alcalino no corpo (pH básico), já que alimentação e estilo de vida favorecem muito mais a acidificação do organismo. Trata-se de um conceito novo que caiu nas graças de celebridades porque melhora a qualidade de vida de pessoas que se alimentam mal.

Leia mais:

Confira três combinações para deixar as pernas definidas
Confira cinco alimentos que ajudam a alcançar pernas bem torneadas
Saiba por que a bebida alcoólica é prejudicial para quem pratica exercícios físicos
Conheça a farinha que auxilia na perda de peso
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada

A seguir, confira a entrevista com a nutricionista Danielle Milhão.

O que a dieta alcalina proporciona ao corpo?
Você deve estar se perguntando “e qual o problema se meu pH ficar ácido?”. A acidose é um desequilíbrio que faz seu corpo ficar suscetível a doenças (artrite, diabetes, gota, reumatismo, obesidade, depressão, etc).
Então, a dieta alcalina proporciona um equilíbrio ácido-básico, que influencia em toda a sua saúde. Até o estresse aumenta a acidez, e a dieta alcalina veio para auxiliar na escolha dos alimentos.

CINCO benefícios da dieta alcalina
Além proporcionar estabilidade ao organismo:
1 – Previne doenças
2 - Deixa as unhas mais fortes, e pele e cabelos mais bonitos
3 - Pode reduzir o peso
4 – Diminui retenção hídrica
5 - Desintoxica o corpo

Foto: stock.xchng

Quais são os alimentos permitidos?
Vegetais frescos, tomate, uva, melancia, limão (sim, após a digestão, ele libera vitaminas e minerais que alcalinizam o organismo), batata, castanha-do-pará, semente de girassol, azeite de oliva, óleo de coco, suco verde, água, suco de limão, chás, entre outros.

Foto: Reprodução


Foto: Divulgação

Quais alimentos devem ser consumidos em menor quantidade?
Doces, gorduras saturadas (industrializados, fast-foods, congelados), carnes, bebidas alcoólicas, açúcar, refrigerantes, alimentos refinados (pão branco, arroz branco, farinha branca).

É uma dieta vegetariana?
Os conceitos são completamente diferentes. A dieta vegetariana tem como base o “não-consumo” de alimentos de origem animal, na maior parte das vezes por questões éticas, mas também existem aqueles que a seguem por achar que representa um estilo de vida mais saudável. Já a alcalina, tem o propósito de aumentar o pH do organismo, porque. se não cuidamos, acabamos consumindo a maior parte dos alimentos acidificadores, o que causa uma série de problemas de saúde e doenças. Mas a dieta vegetariana acaba sendo bem alcalinizante.


Foto: Reprodução

Quando a dieta é recomendada?
Fazer uma dieta totalmente alcalina, restringindo ao máximo os alimentos que produzem um baixo pH, é indicado apenas para quem está com algum problema de saúde relacionado ao excesso de acidez.
Para os demais, o ideal é utilizar na alimentação os alimentos alcalinos todos os dias, equilibrando com os ácidos. Por exemplo, quando consumir uma carne (alimento que acidifica), deve ser em conjunto com vegetais variados (alimentos que alcalinizam).

Como medir a nível de pH?
O pH do organismo é medido através de um exame de urina. O profissional de saúde irá avaliar se está dentro dos padrões ou não.

Que cuidados deve-se tomar?
Também seria um problema se ocorresse um aumento excessivo na reserva alcalina ou na perda de ácidos, podendo desencadear uma alcalose e gerar doenças como asma e debilidades nervosas.
E, cuidado para não eliminar totalmente alimentos proteicos, principalmente quem deseja manter ou tonificar a musculatura, eles são importantíssimos para alimentar seus músculos e manter a saúde.
Portanto, você pode perceber que equilíbrio é a palavra-chave quando se trata de alimentos que alcalinizam e acidificam.

ENTENDA
O pH varia de 0 a 14. São considerados neutros valores entre 6,5 e 7,5. Abaixo disso, são ácidos (quanto mais baixo, mais ácido), e, acima, são básicos (quanto mais alto, mais básico). O pH representa a acidez, neutralidade ou alcalinidade das substâncias.


Foto: Stock Photos , Divulgação

Alimentos alcalinizadores
Laranja, banana, cereja, abacaxi, pêssego, figo, melão, kiwi, mirtilo, maçã, pêra, limão, lima, melancia, uva, manga, mamão papaya, cenoura, tomate, milho fresco, cogumelos, repolho, ervilha, casca de batata, azeitona, tofu, quiabo, abóbora, beterraba, aipo, alface, abobrinha, batata doce, aspargo, cebola, alho, salsa, espinafre cru, brócolis, suco de vegetais, castanhas, amêndoas, óleos de canola e de oliva, amaranto, arroz selvagem, quinoa, soja, soro do leite (whey), chá de gengibre chá verde, chá de
ervas, água com limão.

Alimentos acidificadores
Açúcar, amora, ameixa, suco processado, chocolate, batata sem casca, feijão, feijão branco, espinafre cozido, amendoim, nozes, caju, semente de abóbora, semente de girassol, trigo, pasteis, massa, arroz branco, aveia, centeio, queijo, leite, sorvete, ovo, manteiga, iogurte, queijo cottage, carne de gado, porco, marisco, peru, frango, cordeiro, peixe, cerveja, café.


Foto: Gold

Alimentos neutros
Água

SIGA o blog Barra de Cereal no Facebook