Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 19 julho 2013

Cinco dicas para não deixar a academia no inverno

19 de julho de 2013 3


Júlio Cordeiro, Agência RBS

No inverno, o frio e a preguiça são fatores que colaboram para a desistência da prática de atividade física. Para não fugir da academia nessa época do ano, é preciso muita motivação para manter a rotina de exercícios e chegar com tudo no verão.

Leia mais:

Confira três combinações para deixar as pernas definidas
Confira cinco alimentos que ajudam a alcançar pernas bem torneadas
Saiba por que a bebida alcoólica é prejudicial para quem pratica exercícios físicos
Conheça a farinha que auxilia na perda de peso
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada

O educador físico Robson Massao, R.White, dá cinco dicas para manter a forma mesmo com as temperaturas mais baixas.

1 – Treine com uma música super animada e que você adora. Assim, terá uma sensação de bem-estar e motivação para realizar qualquer atividade física.

2. Evite passar em casa depois do trabalho e antes de ir para a academia. Muitas pessoas desistem de treinar pelo simples fato de passar em casa.

3. Faça um bom aquecimento antes do treino para espantar o frio, aumentar a temperatura corporal e, consequentemente, evitar lesões.

4. Treine com um amigo. Ele pode ser um grande aliado para os dias preguiçosos e uma boa ajuda para atingir os seus objetivos.

5. No inverno, o corpo gasta mais energia. Aproveite que nos dias mais frios o aumento da demanda energética é maior e utilize essa manobra do organismo a seu favor para emagrecer aqueles dois quilinhos extras. O ideal é buscar realizar sempre as atividades físicas que dão mais prazer, assim o risco de abandonar o treino no inverno é muito menor. “Além disso, estudos apontam que o ganho de peso pode ser maior em quem abandona e recomeça os exercícios com frequência. Sendo assim, manter a rotina é sempre a melhor opção”, afirma Massao.

Por que a água é tão importante em uma dieta? Confira oito benefícios

19 de julho de 2013 4


Foto: : Júlio Cordeiro

É comum recebermos a recomendação para ingerirmos água ao longo do dia. Mas o que a água proporciona ao nosso corpo? A nutricionista Larissa Signori, tira todas as dúvidas.

Leia mais:

Confira três combinações para deixar as pernas definidas
Confira cinco alimentos que ajudam a alcançar pernas bem torneadas
Saiba por que a bebida alcoólica é prejudicial para quem pratica exercícios físicos
Conheça a farinha que auxilia na perda de peso
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada

Por que a água é tão importante?
Ela corresponde a 60% do peso corpóreo de um adulto, constitui o meio de transporte de nutrientes e oxigênio para as células, participa da regulação da temperatura corporal e da pressão sanguínea, todas as nossas reações químicas internas dependem dela e está presente em todas as nossas secreções.

Oito benefícios da água
- Regula a temperatura interna corporal por meio da transpiração impedindo que o organismo entre em colapso devido às alterações bruscas de temperatura
- Ajuda na perda de peso pois a água ajuda o corpo a eliminar os subprodutos da gordura, reduz a fome e suprime o apetite
- Rejuvenesce a pele porque hidrata, repõe os tecidos da pele, humidifica a pele e aumenta sua elasticidade
- Regula a temperatura do corpo, permitindo que tenhamos mais energia ao fazer exercícios, e também melhora a atividade muscular
- Ajuda o intestino a funcionar bem
- A hidratação lubrifica juntas e músculos, e reduz os sintomas da artrose, artrite e do reumatismo, além de diminuir as cãibras
- Diminui as chances de pegar uma gripe ou adoecer, pois, ao se manter hidratado, o corpo fica bem nutrido pelo sangue, o que é importante para fortalecer as defesas do organismo
- A água ajuda o organismo a eliminar as impurezas, além de facilitar a evacuação e melhorar a circulação sanguínea, evitando o aparecimento de celulite.

É verdade que quando sentimos sede significa que estamos entrando em processo de desidratação?
Sim, por isso, o ideal é tomarmos a nossa dose diária em pequenas porções. O recomendado é ir tomando goles de 20 em 20 minutos.

Qual é a quantidade recomendada por dia?
Em média, dois litros por dia.

E quem pratica exercícios físicos, deve consumir quantos litros, no mínimo?
Além desses dois litros é recomendada a ingestão de 500ml de água meia hora antes do exercício e ir tomando goles de 10 em 10 minutos. Se a atividade for intensa, pode-se pesar antes do exercício e, após, verificar a redução de peso na balança. Se for 200g, você deve ingerir 200ml de água para repor o que foi perdido.


Foto: Valdir Friolin

Qual é a estratégia para não esquecermos de tomar água?
A minha dica é ter sempre uma garrafinha em cima da mesa, dentro da bolsa, no carro, ou seja, em qualquer lugar que você for.

Tomar chá, suco, bebida isotônica, refrigerante é a mesma coisa que tomar água?
Também conta, assim como a água presente nas frutas e alimentos. Mas não podemos esquecer que alguns chás, como o chá verde, e o próprio chimarrão são diuréticos. Por isso, deve-se tomar água para repor o que vai ser perdido pela urina. E a dose de dois litros diários é de água pura.


Foto: Divulgação

Á água gelada é termogênica?
Sim. Para igualar a água à temperatura corporal, vamos gastar mais energia, queimando calorias.

Uma superdica da nutri
A minha dica é saborizar a água com frutas e ervas para acompanhar as refeições. Apesar de ser tranquilo tomar a água pura durante o dia, após as refeições as pessoas têm uma certa restrição com a água pura pela falta de gosto. Eu coloco sempre uma fruta na minha água, assim quando termino de comer, tomo a água com gostinho bom e ainda como a fruta.