Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de setembro 2013

Livro mostra as vantagens do whey protein para a saúde

30 de setembro de 2013 3

Dieta com Whey Protein

Whey Protein – ou proteína do soro do leite – é considerada a melhor fonte proteica para consumo. A ação antioxidante e sua atuação para a manutenção de um sistema imunológico fortalecido são alguns dos benefícios disponíveis para que busca uma vida mais saudável e também alcançar a boa forma.

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

Em busca de esclarecer melhor o assunto, a nutricionista Geórgia Bachi acaba de lançar o livro Dieta com Whey Protein – Os benefícios do soro do leite para a sua saúde.

- Meu objetivo é apresentar um novo conceito de dieta, bastante comum entre atletas e que pode trazer grande benefício à saúde de qualquer indivíduo, independente das metas pessoais e da atividade que pratica – afirma.

Na obra, além de dicas sobre o suplemento, a autora apresenta receitas com whey protein, que vão desde shakes e vitaminas até bolos e tortas.

- Somente quando comecei a estudar a dieta de fisiculturistas é que compreendi a importância de ingerir fontes proteicas de alto valor biológico nas refeições. Existem itens básicos no cardápio desses profissionais que todos deveriam conhecer e seguir – sugere.

Segundo a nutricionista, esses suplementos não farão ninguém ficar magro ou forte milagrosamente. Eles irão trabalhar única e exclusivamente na função suplementar da alimentação.

- Precisamos nos nutrir com o combustível que o organismo necessita. Caso contrário, a consequência será o envelhecimento precoce, a má qualidade de vida e a propensão a diversas doenças –  finaliza Geórgia.

398364_361078063974358_1003462758_n

Sobre a autora
Geórgia Bachi é mestranda em Nutrição e Alimentos pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (RS), com formação em nutrição pela Universidade Feevale. Tem experiência profissional em nutrição hospitalar e social. Atualmente, é palestrante e realiza atendimento em clínica e em academias desportivas.

Saiba mais
Dieta com Whey Protein – Os benefícios do soro do leite para a sua saúde
Matrix Editora
120 páginas
R$ 24,00

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

10 dicas para combater a ansiedade durante a dieta

30 de setembro de 2013 0

008f40ef
Foto: Tadeu Vilani

A pedido dos leitores, a dica de hoje do Barra de Cereal são dicas para mandar a ansiedade embora antes que ela comprometa a dieta. O blog pediu para a nutricionista Fabíola Frezza Andriola, especialista em Psicologia do Comportamento Alimentar, elaborar 10 dicas infalíveis.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

1 – Durma bem - A qualidade do sono é fundamental para o controle da ansiedade. Durante o sono produzimos uma série de hormônios que nos deixa mais tranquilos ao longo do dia, mais relaxados. Há estudos que comprovam que quem dorme de forma inadequada a noite, tem mais tendência a comer doces e carboidratos ao longo do dia. Procure estabelecer um pequeno ritual antes de dormir, apagar as luzes mais fortes, tomar um banho quente, tomar um chá calmante, isso ajuda a melhorar a qualidade do sono.

sono10-1024x678
Foto: Daniela Xu 

2 – Estabeleça horários para as refeições - Quando determinamos horários regulares para comer fica mais fácil não beliscar ao longo do dia. Se não, acabamos comendo por impulso, por motivos que não a fome. Como por exemplo, “por que todos estão comendo a nossa volta”, ou “por que simplesmente vimos aquele doce disponível em cima da mesa”. Se estabelecemos horários, por exemplo, comer a cada de 3 horas, e nosso próximo lanche é às 15h, e ali pelas 14h bate aquela vontade de comer um doce, é mais fácil se controlar, pois sabemos que daqui 1 hora será o nosso lanche, ficando mais fácil esperar.

3 – Condicione seu cérebro a comer à mesa - Quando determinados que o ato de comer deverá ser somente sentado à mesa, o cérebro aos poucos se condiciona a esse comportamento. Ou seja, aquela vontade e hábito de sentar na frente da televisão ou do computador e comer alguma “coisinha” aos poucos vai diminuindo. Quando sentamos à mesa para comer qualquer coisa, desde uma refeição completa até um pequeno lanche, prestamos mais atenção na alimentação, ficamos mais relaxados e acabamos comendo menos.

4 – Mastigue bem os alimentos - A mastigação ajuda muito a diminuir a ansiedade. Em vez de comer simplesmente, saboreie cada alimento. Sinta sua textura, sabor, temperatura e mastigue devagar, desmanche o alimento na boca. Quando comemos rápido demais e sem mastigar, acabamos comendo muito mais que o planejado.

006f8501
Foto: Felipe Carneiro

5 – Tome um chá relaxante - Alguns chás fitoterápicos possuem ação calmante, podendo ser uma ótima opção para diminuir a ansiedade. Tome uma xícara de chá calmante algumas horas antes do seu período do dia com maior nível de ansiedade. Por exemplo, se você sente que a ansiedade é maior no final da tarde, tome uma xícara de chá pelas 17h. Chás como camomila, melissa e erva cidreira são ótimas opções.

6 – Faça exercícios físicos regularmente - A prática de exercícios físicos ajuda a combater a ansiedade de duas formas. Primeiro, porque aumenta a produção de hormônios que promovem o relaxamento e a sensação de bem-estar. Segundo, porque é um ótimo momento para relaxar, respirar e colocar os pensamentos em ordem. Por isso, o exercício deve fazer parte da rotina de forma prazerosa, e não algo chato e sem graça.

00791e12
Foto: Emílio Pedroso

7 – Respire - A respiração é algo poderoso contra a ansiedade. Quando sentir que está ficando agitado e ansioso, pare e respire profundamente. Se concentre em sua respiração. Inspire lentamente pelo nariz e com a boca fechada, solte lentamente todo ar pela boca. Ao inspirar deixe o abdômen se expandir, ou seja, inflar a barriga e não o peito. Essa é a chamada respiração diafragmática, que ajuda muito a diminuir a ansiedade.

8 – Tome água - Quando der vontade de comer alguma coisa em um horário que não tenha sido estabelecido, tome um copo de água pura. Muitas vezes confundimos a sensação de sede com fome. Ou seja, seu corpo está pedindo água para hidratação, mas você entende que está pedindo energia através dos alimentos. Se você não gosta de água, pode colocar gotas de limão ou folhas de hortelã para dar um sabor especial.

001f4908
Foto: sxc.hu

9 – Relaxe - Técnicas de relaxamento são fortes aliados ao combate a ansiedade. Yoga, meditação, tai chi chuan, reiki… todas as forma de relaxamento são válidas. Diminuir a ansiedade, o estresse e agitação do dia-a-dia é fundamental para não descontarmos na comida.

0067a67a
Foto: Mariana Furlan

10 – Coma alimentos ricos em triptofano - É um nutriente (aminoácido) precursor da serotonina, que promove a sensação de bem-estar e relaxamento. O alimento mais conhecido como calmante e rico em triptofano é o chocolate, mas quem está cuidado da alimentação com o objetivo de perda de peso, pode incluir na dieta alimentos como a banana, a aveia e o iogurte, que também são ricos em triptofano e não tão calóricos como o chocolate.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda a fazer um shake de hibisco com amora

29 de setembro de 2013 0

Captura de Tela 2013-09-29 às 13.21.42

A pedido do Barra de Cereal, a nutricionista Carla Rodrigues preparou uma receita deliciosa para os leitores do blog.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

Shake de hibisco com amora

Ingredientes
Uma colher de cha de flor de hibiscus
½ xícara de amora
½ banana
raspa de gengibre

Modo de preparo
Colocar uma colher de chá de flor de hibisco em um litro de água e deixar de um dia para outro . Colocar uma xícara no liquidificador junto com os demais ingredientes . Bater todos os ingredientes e beber em seguida.

BENEFÍCIOS
O shake é indicado tomar antes de fazer atividade física, pois auxilia na queima de gordura (ajuda a acelar o metabolismo).

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda a fazer um suco para consumir após a atividade física

28 de setembro de 2013 2

0005319a
Foto: Acervo Nestlé

A nutricionista Carla Rodrigues preparou um suco para você beber após praticar exercícios físicos.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

Suco pós-academia

Ingredientes
200ml de água de coco
2 talos de aipo
2 fatias pequenas de melão
½ unidade pequena de mamão papaia

Modo de preparo
Bater os ingredientes e tomar em seguida.

BENEFÍCIOS
Combinação das maiores fontes de potássio, mineral essencial para a contração muscular (interessante também para a musculatura do coração) e para evitar a retenção de líquidos. É um suco interessante para os pacientes hipertensos e para aqueles que têm acúmulos de líquidos e cãibras com frequência, especialmente após a atividade física.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Dieta da proteína requer cuidados, alerta nutricionista

27 de setembro de 2013 24

002d9433
Foto: stock.xchng

Você já ouviu falar na dieta da proteína? A pedido dos leitores, pedi ajuda da nutricionista Antoniela Vieira para explica as restrições do plano alimentar e os cuidados.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

DIETA DA PROTEÍNA
Existem muitos tipos de dietas da proteína. A mais popular é aquela onde há restrição total de carboidratos, com consumo apenas de proteínas e gorduras. Geralmente não há preocupação com a qualidade da proteína consumida, e há elevada ingestão de gorduras saturadas. Por não permitir o consumo de frutas e muitos tipos de vegetais, é pobre em fibras e líquidos. É muito restritiva, há extrema dificuldade de mantê-la. Geralmente seus seguidores recuperam o peso perdido rapidamente após a dieta.
Existem planos alimentadores que limitam um valor energético e controlam a qualidade da proteína consumida, porém, os resultados posteriores ao período da dieta são os mesmos: há emagrecimento rápido, porém muitos prejuízos à saúde.

BENEFÍCIO
O único benefício é o rápido emagrecimento. Mas há elevada perda de massa muscular. Para alimentar o músculo, é necessário o consumo de carboidratos em conjunto com proteínas. Os carboidratos funcionam como uma espécie de “veículo” que carrega as proteínas para dentro do músculo. Sem eles, há degradação da massa muscular por ausência de nutrientes.

EXERCÍCIOS FÍSICOS
Como não prescrevo esse tipo de dieta, aconselho acompanhamento médico para a autorização da prática de exercícios.

O QUE É LIBERADO
Consumo de proteínas, não importando a qualidade. Pode-se consumir bacon, carnes gordurosas, ovos fritos, salames, presunto, queijos amarelos, frango, carne bovina, suína, peixes e frutos do mar.

0072be18

O QUE NÃO É RECOMENDADO
Não é permitido o consumo de qualquer tipo de carboidratos, como: pães, doces, cereais, frutas e vegetais, como cenoura, moranga, beterraba etc.

RISCOS
A dieta aumenta os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, gota, elevação do colesterol e triglicerídeos, insuficiência renal, hipertensão e problemas intestinais.

DIETA DUKAN
A dieta Dukan é composta por fases. Uma delas, chamada de “proteínas puras”, limita o consumo à apenas um dos três macronutrientes alimentares: a proteína. Na segunda etapa, há o incremento de legumes verdes ou cozidos. Os ciclos “proteína pura” e “proteína mais legumes” são alternados. Após, são realizadas mais duas etapas. As duas primeiras são extremamente restritivas quanto à variedade e qualidade de alimentos. Na terceira, há liberação total, mas uma vez por semana o paciente deve seguir a dieta das proteínas puras, o que gera grande prejuízo ao organismo humano.

A dieta Dukan baseia-se no consumo somente de proteínas e vegetais, totalizando 100 alimentos no cardápio – 72 de origem animal e 28 de origem vegetal. Entre os malefícios da dieta Dukan, estão:
1- Esgotamento das reservas de glicogênio muscular e consequente perda de massa muscular
2 – Desidratação, pois cada molécula de glicogênio leva consigo uma quantidade significativa de água ao ser catabolizada
3 – Pelo incremento proteico ser muito elevado, contribui para o desenvolvimento de diversas doenças: gota, doenças cardiovasculares, problemas intestinais, renais etc.

00833777

O que geralmente é consumido na dieta da proteína
Café da manhã - Presunto, salame, ovos, queijos amarelos (a quantidade de queijo é, geralmente, controlada). Suco (apenas de limão) e café (somente o descafeinado).
Almoço e jantar- Carne bovina, suína, frango, peixes, frutos do mar, ovos e vegetais (apenas folhas verdes).
Lanches intermediários - Gelatina diet, presunto, queijos, atum enlatado, salames.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Coluna do Barra de Cereal na TVCOM aborda os alimentos antioxidantes

26 de setembro de 2013 0

Saiba por que a radiofrequência é a queridinha dos tratamentos estéticos

26 de setembro de 2013 6

0089f2bc|
Foto: Gustavo Felippi

Você certamente já deve ter ouvido falar da radiofrequênccia. Para explicar tudinho para vocês, o blog recorreu à fisioterapeuta Camila Porto, que trabalha em uma clínica de estética da Capital.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

A RADIOFREQUÊNCIA
São radiações eletromagnéticas de alta frequência que aquecem a pele com uma propriedade chamada conversão de calor, por isso consegue aquecer as células mais profundas da pele sem lesionar a camada superficial.

Por meio das temperaturas altas, em média 40 graus, conseguimos realizar uma lesão tecidual que é respondida através de produção de colágeno e tensão das fibras elásticas no local de aplicação, promovendo firmeza da pele percebida logo na primeira sessão. Em temperaturas mais amenas já estamos trabalhando o esvaziamento da célula de gordura (adipócito) e a eliminação de celulites. A radiofrequência abrange de uma única vez muitas das nossas queixas.

RECOMENDAÇÃO
É indicada principalmente para casos de celulite, flacidez e gordura localizada, mas também está presente em tratamentos de estrias, aderências, fibroses tardias e marcas de acne.

GRANDE PROCURA EM ESTÉTICAS
O tratamento é um dos preferidos pois é a maior tecnologia em estética não-invasiva, alcançando eficácia comprovada na primeira sessão.

APLICAÇÃO
A radiofrequência pode ser feita tanto no corpo quanto no rosto.

foto (4)
Foto: Aline Mendes

OITO BENEFÍCIOS DA RADIOFREQUÊNCIA
1 - Promove firmeza na pele
2 - Suaviza as rugas e marcas de expressão
3 - Melhora a circulação local
4 - Realiza contorno corporal
5 - Redução de medidas
6 - Produção de colágeno
7 - diminuição das irregularidades da pele
8 - Auxilia no rejuvenescimento

PERIODICIDADE
Em caso de gordura localizada e celulite, pode ser realizada semanalmente. Já nos tratamentos de flacidez, rejuvenescimento de pele, contra rugas e marcas de expressão devem ocorrer intervalos de duas a três semanas.

DURAÇÃO
A sessão tem tempo médio de 1h, mas altera conforme região de aplicação.

PREÇO MÉDIO DE CADA SESSÃO
Entre R$ 150 a 300.

CONTRAINDICAÇÃO
O tratamento não é indicado em caso de gravidez, câncer ou metástases, artrite, imunossupressão, próteses metálicas, ausência de integridade da pele no local de aplicação, inflamações ou tromboflebite.

TRÊS SUPERDICAS
1- Jamais compre pacotes de aparelhos às cegas, sem avaliação de um profissional apto a reconhecer suas necessidades.
2 – A radiofrequência penetra melhor em corpos mais hidratados. Por esse motivo, sempre recomendamos aos pacientes que tomem bastante água para um bom resultado final.
3- Pesquise bem antes de comprar pacotes caros e pergunte sobre o aparelho utilizado. Nem sempre o aparelho mais caro é o melhor. Exija explicações e encontre alguém em quem você confie.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda duas receitas ricas em antioxidantes elaboradas por uma nutricionista

25 de setembro de 2013 0

00681740
Foto: Santa Marina

Conferiram as dicas da nutricionista Gisele Silveira sobre os antioxidantes? Ela preparou duas receitas ricas em antioxidantes. Vem conferir.

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

Suco antioxidante
Ingredientes
½ xícara de manga cortada em cubos (pode ser mamão ou caqui também)
1 cenoura cortada em rodelas
½ maço de hortelã
Suco de 1 limão médio

Modo de preparo
Bata no liquidificador e adoce com agave ou açúcar demerara. Também pode ser coado ou consumido naturalmente com os gomos, peles e sementes.

BENEFÍCIOS
Mistura de manga, cenoura e limão torna o suco verde um poderoso antioxidante, rico em beta caroteno, vitamina C, licopeno.

Suco de beterraba para curar anemia - MITO

Smothie vermelho
Ingredientes
1 xícara de beterraba congelada
1/2 xícara de berries congeladas (frutas vermelhas tipo amora, morango, mirtilo)
1/2 xícara de iogurte grego sem gordura
1 colher de whey protein sabor baunilha
1 xícara de leite de amêndoas

Modo de preparo
Bata tudo no liquidificador até ficar homogêneo.

BENEFÍCIOS
As berries, ou frutas vermelhas, são ricas em fitoquímicos e ácido elágico que fazem com que o organismo consiga neutralizar os radicais livres produzidos e auxiliam na detoxificação do mesmo. Também são ricas em Vitamina C, potente antioxidante.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

 

Descubra os dez benefícios dos antioxidantes para a sua saúde

25 de setembro de 2013 8

0065f7a9
Foto: Divulgação

Com frequência, costumamos ouvir falar dos antioxidantes. Mas quais são os seus benefícios? O que precisamos comer? O blog pediu a ajuda da nutricionista Gisele Silveira para tirar todas as nossas dúvidas.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

O que são os antioxidantes?
O termo antioxidante é utilizado para denominar a função de proteção celular contra os efeitos danosos dos radicais livres. Alguns nutrientes, naturalmente presentes ou adicionados nos alimentos, possuem propriedade antioxidante.

Qual a importância dos antioxidantes para a nossa saúde?
Eles combatem os chamados radicais livres, que são produzidos naturalmente pela respiração e produção de energia e afetam negativamente o organismo. Estas moléculas reagem com DNA, RNA, proteínas e outras substâncias oxidáveis, contribuindo para o envelhecimento precoce e a instalação de doenças degenerativas, como câncer, aterosclerose, artrite reumática, entre outras.
Quando há desequilíbrio entre a produção de radicais livres e os mecanismos de defesa antioxidante, ocorre o chamado “estresse oxidativo”. Os radicais livres em excesso também podem ser originados de fatores exógenos, como poluição, hábito de fumar, ingestão de bebidas alcoólicas, ou ainda, por uma nutrição inadequada. O excesso de radicais livres no organismo é combatido por antioxidantes, que podem ser obtidos através da alimentação.

005f5b30
Foto: : Rômulo Fieldini

10 benefícios dos antioxidantes
1 – Polifenóis - Substância benéfica para a saúde do coração e para circulação.
2 – Betacaroteno - Atua no retardo do envelhecimento precoce.
3 – Catequinas - Com importante ação antioxidante, evitam danos celulares que promovem a iniciação do desenvolvimento de tumores.
4 – Curcumina - Protege contra doenças cardiovasculares e desenvolvimento de tumores.
5 – Vitamina C - Atua no retardo do envelhecimento precoce.
6 – Vitamina E - Atua na diminuição do processo de envelhecimento das células e na proteção a doenças crônicas não transmissíveis, como câncer e cardiovasculares
7 – Resveratrol - Presente na casca da uva. Atua “varrendo” os radicais livres do organismo, inibe a oxidação das gorduras e a agregação plaquetária, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares.
8 – Licopeno - Um antioxidante da família da vitamina A. Seu consumo está relacionado à redução do risco de desenvolvimento de câncer de próstata, pulmão e estômago.
9 – Ácido elágico - Tem sido efetivo na prevenção do desenvolvimento do câncer induzido por substâncias como o cigarro.
10 – Selênio - É um micronutriente mineral com poderosa ação antioxidante, anti-inflamatória e anticancerígena. É essencial para a manutenção da nossa saúde.

0085d31f
Foto: Unilever

Quais  alimentos são ricos em antioxidantes?
VITAMINA A - Cenoura, abóbora, fígado, batata doce, damasco seco, brócolis e melão
VITAMINA C - Frutas cítricas (laranja, lima, limão), melão, acerola, caju, kiwi, morango, vegetais verdes escuros e tomate
VITAMINA E – Óleos de frutos e sementes, germe de cereais, amêndoas, nozes, castanha do Pará, gema de ovo, verduras de folhas verdes escuras e legumes.
BETACAROTENO - Verduras de folhas verdes escuras, abóbora, cenoura e tomate
SELÊNIO - Castanha do Pará, germe de trigo, peixes, mariscos, fígado, carnes e aves
BIOFLAVONOIDES - Frutas cítricas e uvas escuras ou vermelhas
LICOPENO - Tomate
ISOFLAVONA - Soja
CATEQUINAS - Frutas silvestres, da família do morango, uva e chá verde
ÁCIDO ELÁGICO - Uva, morango e nozes
RESVERATROL - Uva
CURCUMINA - Açafrão da terra

007958f7
Foto: Porthus Junior

Qual a quantidade recomendada de alimentos ricos em antioxidantes que devemos ingerir todos os dias?
Não existe uma quantidade mínima recomendada para cada antioxidante. Depende do nível de produção de radicais livres de cada indivíduo. Por isso, recomenda-se que as pessoas comam diariamente uma variedade de alimentos de todos os grupos básicos.
No caso da impossibilidade de uma alimentação variada, sugere-se o uso de suplementos específicos para cada faixa etária. Sempre é importante lembrar que o excesso também não é benéfico. Altas doses de antioxidantes podem conduzir a problemas de saúde, incluindo a diarreia, sangramento e o risco de reações tóxicas.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina duas receitas deliciosas com blueberry

24 de setembro de 2013 0

0065fb28
Foto: Mariana Furlan

Confiram as dicas da nutricionista Geórgia Bachi sobre os benefícios do blueberry? Ela preparou duas receitas nutritivas para os leitores do Barra de Cereal.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

1) Calda de blueberry com sorvete

Ingrediente
500g de sorvete de creme
100g de mirtilos frescos
raspas e suco de 1 limão
2 colheres de sopa de açúcar mascavo

Modo de preparo
Acrescente todos os ingredientes (exceto o sorvete) em uma panela, em seguida ferva em fogo brando por 5 minutos. Poderá ser servido quente ou frio, sobre o sorvete.

2) Smoothie de mirtilo

Ingrediente
150ml de suco de uva
50g de mirtilos congelados
1/2 banana
5 cubos de gelo

Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata tudo até que se forme uma mistura homogênea. Sirva em seguida.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes