Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Nutricionista lista 10 alimentos funcionais que você deve incluir na dieta

13 de dezembro de 2013 2

577311_10151824015597361_1423218728_n
Foto: Aline Mendes

Conferiu os posts sobre os exercícios funcionais? Você já ouviu falar nos alimentos funcionais? São alimentos ou ingredientes que produzem efeitos benéficos à saúde, além de suas funções nutricionais básicas. Podem ajudar na redução do risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes, ter impacto positivo na performance física, como construção muscular, e no comportamento das pessoas, como diminuição de ansiedade e depressão.
Vale lembrar que esses alimentos devem ser consumidos frequentemente e ainda devem ser associados a um estilo de vida saudável (com dieta equilibrada/balanceada e com atividade física) para que possam ter os efeitos desejados. Então, não adianta uma pessoa consumir linhaça (que é alimento funcional) se no resto do dia ela tem uma dieta desequilibrada, consumindo muitas gorduras.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

 

A seguir, confira as dicas da nutricionista Vanessa Leite.

1 – Vinho - Se não tiver restrição médica, consumir um cálice de vinho tinto por dia pode ser bem interessante. É rico em catequinas e resveratrol, poderosos antioxidantes que ajudam na redução do risco de doença cardiovascular, uma vez que reduz o colesterol, e na incidência de certos tipos de câncer. Estimula o sistema imunológico e proporciona prazer.

00481e88

2 – Pimenta - Possui efeito termogênico ajudando na aceleração do metabolismo. Também tem efeito antiobesidade e libera endorfina, que proporciona uma sensação de prazer. Alguns estudos experimentais concluíram que a ingestão da pimenta vermelha diminui o desejo de se ingerir proteínas, carboidratos e gorduras, efeito que provavelmente está relacionado com o estímulo aumentado do sistema nervoso simpático. Como o aumento na atividade do sistema nervoso simpático afeta o comportamento de ingestão alimentar, a adição da pimenta vermelha (capsaicina) à dieta pode reduzir o desejo de comer.

3 – Alho - Reduz o colesterol e a pressão sanguínea, melhora o sistema imunológico e reduz o risco de câncer gástrico. Contém alicina e quercetina, antioxidantes que atuam inibindo as enzimas envolvidas com a produção de estrogênio, que quando em excesso faz acumular mais gordura localizada.

4 – Linhaça - Por conter as gorduras do bem, tem a capacidade de diminuir o colesterol ruim (LDL), aumentar o colesterol bom (HDL), prevenindo várias doenças cardiovasculares e diminuindo a inflamação (pode ajudar na prevenção até mesmo de celulite, resultado de um processo inflamatório). As fibras presentes (principalmente lignana) possibilitam a prevenção de cânceres de mama, cólon, endométrio, próstata … As fibras também proporcionam sensação de saciedade, diminuem a absorção de gorduras e de açúcar, o que favorece o emagrecimento e, também, os diabéticos. Melhoram, consideravelmente, o funcionamento intestinal, sendo muito indicadas na constipação.

5 – Chás verde e de erva-mate - Reduzem a incidência de certos tipos de câncer, reduzem o colesterol e estimulam o sistema imunológico. Ambos contêm excelentes princípios ativos que estimulam metabolismo, são termogênicos, ajudam a oxidar gordura corporal (proporcionam a queima da gordura abdominal) e estimulam a sensibilidade da insulina (ajudam no ganho de massa magra, o que aumenta metabolismo). A cafeína presente na folhas estimula o sistema nervoso central e tem efeito lipolítico. Wstudos têm apontado Ilex paraguariensis (erva-mate) como coadjuvante no manejo da obesidade e da perda de peso.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

6 – Azeite de oliva extravirgem - Ajuda na redução do colesterol total e LDL (colesterol ruim), além de aumentar discretamente o HDL (colesterol bom). Oazeite de oliva ajuda a prevenir que as células de gordura da região abdominal inchem, tudo isso em função de conter ácidos graxos monoinsaturados.

005392d5

7 – Soja e derivados - Ação estrogênica (reduz sintomas da menopausa) e anticâncer, além de ajudar na redução dos níveis de colesterol.

8 – Tomate - Rico em licopeno, que possui ação antioxidante, reduz níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata. Também que previne estresse.

9 – Leites fermentados - Favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo o risco de constipação e câncer de cólon.

10 – Peixes - Reduzem o colesterol e contém ação anti-inflamatória. São indispensáveia para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém-nascidos. São ricos em ômega 3, que previne doenças cardiovasculares, diminui inflamação, diminui depressão, melhora sono…

Leia mais sobre exercícios funcionais
TRX: conheça o treinamento funcional que define o corpo e auxilia no emagrecimento
Confira 10 exercícios com TRX para melhorar o tônus e a definição muscular de coxas e glúteos
Tire suas dúvidas sobre os exercícios funcionais

VÍDEO: CONFIRA DICAS PARA PERDER OS QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Comentários (2)

Envie seu Comentário