Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de janeiro 2014

Treinamento em circuito: personal trainer ensina uma série para queimar gordurinhas

31 de janeiro de 2014 0

Quem frequenta academia certamente já deve ter ouvido falar no treinamento em circuito. Foi tema do post de hoje de manhã do blog. Faz seis meses que aderi e estou adorando. Trata-se de uma atividade que acelera o metabolismo e favorece a queima de gordura.

Pedi para o personal trainer Jefferson Nobre preparar uma série bem básica para quem está interessado em dar início ao treinamento.  A aluna convidada é a querida Janaína Ramos.

 

Leia mais

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas


TREINAMENTO EM CIRCUITO

1) EXTENSÃO DE PERNAS COMBINADA +  BÍCEPS

Extensão de pernas
Sentado no banco do equipamento, coloque os pés por baixo dos rolos. Levante as pernas para cima, até que os joelhos estejam estendidos. Abaixe as pernas de volta à posição inicial, com os joelhos dobrados em 90 graus.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 8 repetições
Praticantes: 4 séries com 16 repetições

POSIÇÃO INICIAL
1

 

POSIÇÃO FINAL

1a


Bíceps
De pé, segure um peso em cada mão. Levante ambos os pesos até que estes alcancem a altura dos seus ombros e baixe-os lentamente.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 8 repetições
Praticantes: 4 séries com 16 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

2

 

POSIÇÃO FINAL

2a

 

INTERVALO DE SÉRIES
Após executar a combinação de exercícios extensão de pernas/bíceps, faça três minutos de transport.

1i


2) 
 COMBINAÇÃO FLEXÃO DE PERNAS + TRÍCEPS

Flexão de pernas
Sente-se no aparelho com as costas contra o encosto. Posicione as pernas por cima do rolo. Puxe o rolo flexionando os joelhos. Conduza o rolo à posição inicial até que as pernas fiquem retas.
Repetições:

POSIÇÃO INICIAL

3

POSIÇÃO FINAL

3a

Tríceps
Sentado, segure os peso com as duas mãos atrás da cabeça, cotovelos a 90 graus, braços para cima. Levante o peso com as duas mãos até os braços ficarem quase completamente esticados e baixe-o de novo lentamente depois de uma pequena pausa.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 8 repetições
Praticantes: 4 séries com 16 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

4

POSIÇÃO FINAL

4a


INTERVALO ENTRE SÉRIES

Após executar a combinação de exercícios  flexão de pernas/tríceps, faça três minutos de corrida. 

2i2


Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados


3) COMBINAÇÃO LEG PRESS + CRUXIFIXO INCLINADO

Leg press

Sentado no aparelho, alinhe os pés na largura dos ombros. Lentamente, abaixe o peso até que os joelhos estejam com 90 graus de flexão. Empurre o peso de volta à posição inicial.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 8 repetições
Praticantes: 4 séries com 16 repetições

POSIÇÃO INICIAL

5

POSIÇÃO FINAL

5a


Cruxifixo inclinado

Deitado no banco, segure os pesos lado a lado e baixe-os lentamente.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 8 repetições
Praticantes: 4 séries com 16 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

6

POSIÇÃO FINAL

6a


INTERVALO ENTRE SÉRIES

Após executar a combinação de exercícios leg press + peito, pule corte por três minutos.

3i

4)  SÉRIE DE ABDOMINAIS

1) Deitado no colchonete, coloque as mãos atrás da cabeça, flexione as pernas e erga o tronco.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 12 repetições
Praticantes: 4 séries com  24 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

7

POSIÇÃO FINAL

7a

2) Deitado no colchonete, mãos para trás da cabeça, estenda as pernas para cima, flexionando os joelhos. O próximo passo é esticar uma das pernas erguendo o tronco em direção à perna flexionada. Repita a série do outro lado.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 12 repetições
Praticantes: 4 séries com  24 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

8

POSIÇÃO FINAL1

8a

POSIÇÃO FINAL2

8b

 

3) Deitado no colchonete, pernas para cima, joelhos levemente flexionados, cruze as pernas e eleve a lombar desencostando-a do chão.

Repetições
Iniciantes: 4 séries com 12 repetições
Praticantes: 4 séries com  24 repetições

 

POSIÇÃO INICIAL

9

POSIÇÃO FINAL

9a

 

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda a treinar em circuito e se livre das gordurinhas

31 de janeiro de 2014 1

Captura de Tela 2014-01-30 às 23.07.57
Foto: Jefferson Nobre

Desde que eu conheci o treinamento em circuito, ele virou meu melhor amigo na academia. E os resultados realmente são perceptíveis quando o foco é perder gordura localizada e conquistar um corpo definido. O treinamento em circuito é um tipo de treino metabólico, que apresentei para vocês há algumas semanas. A seguir, confira a entrevista com o personal trainer Jefferson Nobre. E à tarde, mais uma série de exercícios básicos para você começar a treinar em circuito.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

Qual é a estratégia do treinamento em circuito?
A estratégia é executar um treino individual que trabalhe em conjunto grupos superiores e inferiores, queime calorias e ajude na definição muscular.

Você costuma indicar para alunos que buscam quais objetivos?
Esse tipo de treino é indicado para pessoas que têm pouco tempo e procuram definição muscular associada a perda calórica.

É tipo de treino metabólico? Por quê?
Sim, porque esse treino é planejado e executado com uma combinação de exercícios que fazem o aluno trabalhar dentro da zona de queima calórica.

Qual a diferença do circuito para o treinamento comum de musculação?
O treinamento de musculação normalmente é indicado para quem busca hipertrofia e definição muscular. Já o treinamento de circuito, é indicado para quem busca perder peso, definição muscular e goste de exercícios aeróbicos.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Como se dá a execução dos exercícios e o descanso?
No treinamento em circuito, podemos combinar um exercício de perna e um de braço, por exemplo. Neste caso, o aluno executará uma série de perna e, em seguida, uma série de braço. Ao concluir, a série de braço, volta para a série de perna. Podemos empregar três ou quatro repetições, sem descanso. Ao concluir essa primeira combinação, recomenda-se a prática de um exercício aeróbico: três minutos no transport, três minuto de corrida, três minutos subindo escada etc. Ao final, recomenda-se o descanso de um minuto e partimos para a segunda combinação de exercícios.

Usa-se até quantos exercícios em uma série?
Normalmente a série é composta de um exercício que trabalha um grupo superior combinado com outro que trabalhe um grupo inferior. Por exemplo, uma série de bíceps e quadríceps. O aluno executará 3 vezes a seguinte combinação: 12 repetições de rosca direta alternando com 12 repetições de cadeira extensora. Ao final da série, o aluno realiza 3 minutos de exercícios aeróbios, como corrida, pular corda ou transport.

É um treino que tem o foco na perda de gordura? Por quê? Como se dá isso?
Sim, esse tipo de trabalho tem foco para quem deseja diminuir o percentual de gordura. Porque o aluno trabalha dentro da sua zona de queima caloórica. Isso se dá através da combinação dos exercícios.

Seis beneficios do treinamento em circuito
Perda de peso
Definição muscular
Tonificação muscular
Aumento da capacidade cardíaca
Resistência
Disposição

É um treinamento que sempre envolve aparelhos de musculação ou pode envolver outras atividades?
Esse treinamento é feito em sala de musculação. Mas pode ser feito em formato de treinamento funcional.

É um treino interessante para quem tem pouco tempo para treinar?
Sim, porque pode ser realizado em 1 hora.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina três receitas magrinhas com tapioca

30 de janeiro de 2014 0

20140130-145016.jpg

Confiram as dicas da nutricionista Priscila Nunes sobre a tapioca? Ela preparou três receitas deliciosas para os leitores do blog.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

 

1) TAPIOCA
Ingredientes
1/2kg de farinha para tapioca ou polvilho doce
Água o suficiente para cobrir
Sal a gosto

Modo de preparo
Coloque a farinha em uma tigela grande e água até cobrir e ficar pelo menos dois dedos acima da massa. Deixe a massa descansar por 12 horas. Depois seque com a ajuda de um pano limpo sem deixar excesso de água. Esfarele essa massa com as mãos e passe pela peneira. Em uma frigideira antiaderente, espalhe a farinha e modele a tapioca como uma panqueca no fundo da frigideira.

2) TAPIOCA DE LEITE CONDENSADO PROTEICO

Para o preparo do leite condensado
Ingredientes
10 colheres de sopa de adoçante em pó (sucralose, xilitol)
1 copo de leite em pó desnatado
1/2 copo de água fervendo
2 scoops de whey de baunilha.
1 colher (sopa) de óleo vegetal
Coco ralado não adoçado

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador por 7 minutos. Leve a geladeira por 1 hora para dar liga a massa. Depois recheie e servi na tapioca.

Sugestão da nutricionista
Opção de refeição pré-treino.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

3) TAPIOCA DE FRANGO COM LEGUMES

Para o preparo do recheio
Ingredientes

1 colher de sopa de chimichurri e colorau
300g peito de frango cozido e desfiado
½ xícara de pimentão verde, vermelho e amarelo cortados em cubos pequenos
50g de brócolis e cenoura cortados em fatias finas
1 colher de chá de sal marinho.

Modo de preparo
Em uma panela média, adicione os pimentões e deixe-os dourar, adicionar o frango desfiado e os demais legumes, tampe a panela por 15 minutos e desligue o fogo. Para dar liga ao recheio, adicione 1 colher de sobremesa de requeijão light ou 1 colher de sobremesa de queijo cottage sem lactose.

Sugestão da nutricionista
Opção de refeição pós-treino.

4) TAPIOCA DE GELEIA DE FRUTAS VERMELHAS DIET E PASTA DE AMENDOIM

Para o preparo do recheio (pasta de amendoim)
Ingredientes
500g de amendoim torrado e sem casca
4 colheres de sopa de óleo de amendoim
1 colher de sopa de mel
1 pitada de sal (a gosto)

Modo de preparo
Bater o amendoim no liquidificador até virar uma pasta e ir colocando o óleo aos poucos, retirar e colocar o mel e o sal.
Para a tapioca: usar 1 colher de sopa de pasta de amendoim e por cima adicionar a geléia de frutas vermelhas e servir com morangos, mirtilos e framboesa por cima do recheio.

Sugestão da nutricionista
Opção para o café da manhã.

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Descubra oito razões para incluir a tapioca na dieta

30 de janeiro de 2014 7

009171f5
Foto: Roni Rigo

A tapioca é um alimento feito com a fécula da mandioca, substância farinácea fina extraída de raízes tuberculosas, que dá origem ao polvilho doce (goma de mandioca). É parecida com uma panqueca, também conhecida como beiju.

Sabe o que é melhor? É um alimento prático, com poucas calorias e não contém glúten. 

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

A seguir, confira as dicas da nutricionista Priscila Nunes

Composição nutricional da tapioca
Por ser feita a partir da fécula de mandioca, tem como principal nutriente o carboidrato (amido), além de baixo teor proteico e de fibras. Uma porção de 50 gramas tem cerca de 70 calorias, 14 gramas de carboidrato e 1,6 grama de proteína. Contém vitamina B1, B6, B9, cálcio, ferro, teor de sódio baixo. Como não tem glúten, pode ser consumida por pessoas portadoras de doença celíaca.

Alimento especial
Como a tapioca é feita à base de polvilho e água, podem ser adicionados diversos recheios, fazendo dela um alimento prático e saboroso. Como não contém muitas calorias é um alimento mais leve e fácil de ser digerido.

OITO razões para comer tapioca

1 – Prática - Basta apenas hidratar o polvilho e a massa, quando aquecida, já está pronta.
2 – Versátil - Permite diversos tipos de recheios e sabores. É possível transformá-la em panquecas e até em pizzas.
3 – Substitui o pão - Fonte de carboidratos, ela pode ser uma aliada no café da manhã em substituição ao pão. Basta escolher o recheio mais adequado ao seu plano alimentar e necessidades nutricionais.
4 – Não contém glúten - Por ser feita a partir da mandioca, favorece na redução dos efeitos colaterais presentes no glúten a quem tem doença celíaca.
5 – Tem pouca caloria - 50g de tapioca corresponde a metade das calorias de duas fatias de pão.
6 – Alternativa de refeição pré-treino e pós-treino - Por ser digerida mais rápido, fornece energias mais rapidamente para o corpo, deal durante a prática do exercício físico. E também como recuperação rápida de energia no pós-treino.
7 – Baixo teor de sódio - Tem menos teor de sódio do que alimentos industrializados, como pães, biscoitos.
8 – Livre de gorduras e açúcar - Como sua preparação é feita a partir de farinha e água, não possui, áçucar e nem gorduras.

00734614

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Como incorporá-la na dieta
Vem ganhando destaque no café da manhã, principalmente em dietas sem glúten, em substituição ao pão.
Em refeições pré-treinos, por ser fonte de carboidrato de alto índice glicêmico, acompanhada de recheios mais proteicos.

Auxilia no emagrecimento
Sim, pois não contém um valor calórico muito elevado e também por ser um alimento mais leve. Ajuda principalmente em dietas em que o foco seja redução da gordura da região abdominal.

Em excesso, engorda
Sim, em excesso pode engordar, ainda mais por ser um alimento fonte de carboidrato. Por isso, cautela.

0018b287
Foto: Adriana Franciosi

Cuidados
Por ser um alimento feito a base de fécula de mandioca e água, é pobre em fibras e nutrientes como proteína, gordura, vitaminas e mineiras. Deve-se ter cuidado na hora da escolha do recheio.

Quantidade diária recomendada
Dependerá de qual a necessidade individual. Em média, uma tapioca por dia.

Diferença da tapioca para o pão branco
Possui uma digestibilidade mais fácil do que do pão, pois é um carboidrato com alto índice glicêmico. Ela eleva mais rapidamente a ação da insulina, sendo absorvida mais rapidamente.

Diferença da tapioca para o pão integral
Embora o pão integral tenha glúten e a tapioca não, ele possui mais fibras que proporcionarão maior saciedade do que ela, que que não possui fibras. Por isso, é importante consumi-lá em horários em que seja necessária uma digestão mais rápida do carboidrato (café da manhã, pré-treino e pós-treino).

Superdica da nutricionista
Incremente a sua tapioca adicionando recheios como frutas, legumes e/ou verduras; proteínas como carnes, ovos, whey protein; e gorduras do bem como pasta de amendoim integral, nozes, castanhas, amêndoas. Além de torna-lá um alimento completo você ainda deixá ela mais saborosa.

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda a preparar três receitas saudáveis com goji berry, cranberry e blueberry

29 de janeiro de 2014 1

1779979_695650437132036_247341161_n
Foto: Reprodução TVCOM

A dica do programa TVCOM Tudo + desta semana são as frutinhas goji berry, cranberry e blueberry, também conhecida como mirtilo. Elas ricas em antioxidantes, combatem os radicais livres e ainda dão uma mãozinha em dietas de emagrecimento. A convidada foi a nutricionista Bárbara Riboldi.
A seguir, ela ensina a preparar três receitas saudáveis. 

Leia mais

Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Conheça os 10 benefícios do cranberry, que auxilia na redução do colesterol
Conheça os 10 benefícios do blueberry, a fruta da longevidade
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

1) Suco energizante com goji berry

Ingredientes
1 banana
1 kiwi
3 colheres de sopa de goji berry
1 colher de sopa de cacau em pó
1/2 talo de aipo ou 1 folha de couve
250 ml de água de coco

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Para ficar mais refrescante, inclua alguns cubos de gelo.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

 

2) Sorbet de cranberry

Ingredientes
1/2 xícara de adoçante de forno e fogão ou açúcar
1 xícara de água
1 pitada de sal
340 g de cranberries congelados
1/2 xícara de suco de laranja
1 colher de sopa de cointreau ou licor de laranja

 

Modo de preparo
Misture manualmente 125 ml de água, o cranberry e a pitada de sal. Coloque a mistura em uma panela pequena e cozinhe em fogo baixo por 10 minutos. Reserve até que a mistura atinja a temperatura ambiente. Após, bata em um liquidificador a mistura, o suco de laranja, 60 ml de água e o licor. Coloque a mistura no congelador. Para dar mais cremosidade ao sorvete, pode ser adicionado 1 caixinha de creme de leite light ou creme de ricota light. Retirar 20 minutos antes de servir e bater, em uma batedeira (nesse momento deve ser adicionado o creme de leite light se quiseres).
3) Picolé de mirtilo

Ingredientes
100 ml de creme de leite light
100 g de mirtilo congelado

 

Modo de preparo
Bater ambos ingredientes no liquidificador (no máximo 3 minutos para manter pedaços pequenos da fruta).
Dividir em formas de picolé.


Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina três receitas saudáveis com amêndoa

29 de janeiro de 2014 0

00681740
Foto: Santa Marina

Conferiu as dicas da nutricionista Greice Baggio sobre a amêndoa? Ela ensina três preparações saudáveis.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

1) Panqueca proteica doce

Ingredientes
1 ovo inteiro
2 claras
2 colheres de sopa de whey protein
2 colheres de sopa de farelo de aveia
1 colher de sopa de óleo de coco
2 colheres de sopa de granola
1 colher de sopa de amêndoas em lâminas
1 colher de sopa de mel
1 banana
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Modo de preparo
Misture os ovos, o whey protein, o farelo de aveia e o bicarbonato no liquidificador até formar uma mistura homogênea. Em assadeira antiaderente, coloque o óleo de coco (boa opção para cozinhar) e despeje a massa da panqueca. Após cozida de ambos os lados, acrescente a banana em rodelas, o mel, as amêndoas em lâminas e a granola. Rende 1 porção. Excelente para o café da manhã ou pré-treino.

00977b5f
Foto: Aline Mendes

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados


2) Smoothie de manga e amêndoas

Ingredientes
2 colheres de sopa de amêndoas
1 manga cortada em cubos
30ml de leite de coco light
100g de mirtilo
1 colher de sopa de coco ralado sem açúcar
1 copo de água filtrada
Essência de baunilha
Stévia ou adoçante artificial com moderação

Modo de preparo
Misture os ingredientes no liquidificados. Rende 2 porções. Receita prática para o lanche da tarde.
Rende 2 porções

3) Salada de atum, quinoa e amêndoas

Ingredientes
Folhas de rúcula e alface crespa
1/2 cenoura cozida
4 ameixas secas
50g de quinoa em grão cozida
100g de atum
1 colher de sopa de requeijão light
2 colheres de sopa de amêndoas picadas

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes. Rende 1 porção. Salada leve e nutritiva para o jantar.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Oito motivos para incluir a amêndoa na sua dieta

29 de janeiro de 2014 0

1528082_10151836637282361_925367312_n
Foto: Aline Mendes

Saborosa, a amêndoa é uma ótima opção para incluir na dieta. Segundo a nutricionista Greice Baggio, é uma excelente fonte de proteína vegetal (ideal para veganos), além de gorduras insaturadas, magnésio, manganês, potássio, fósforo, selênio, vitamina E e vitaminas do complexo B. Também é rica em antioxidantes, não contém colesterol e é pobre em sódio.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

Confira as dicas da nutricionista Greice Baggio

OITO BENEFÍCIOS DA AMÊNDOA PARA A SAÚDE

1 – Reduz o colesterol - O perfil de ácidos graxos das amêndoas melhoram o perfil de gorduras sanguíneas. As gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas são conhecidas por melhorarem o perfil sérico de lipídeos no sangue, como redução do LDL colesterol, atuando na prevenção de doenças cardiovasculares.

2 – Ajuda no controle da pressão arterial - Minerais como potássio e a baixa quantidade de sódio contribuem para manter a pressão arterial em valores ideais. Contém ainda vitamina E, que atua como antioxidante e contribui à saúde do coração.

3 – Auxilia no emagrecimento - Com uma boa quantidade de fibras, boa fonte de gorduras saudáveis e proteínas, é uma boa opção para o emagrecimento, já que auxilia na saciedade, fornecendo nutrientes essenciais ao organismo. Ácidos graxos também evitam aumento de liberação de insulina no sangue o que evita estoques de gordura corporal.

008a0365
Foto: Stock Images

4 – Contribui para a saúde dos ossos - Contém minerais que ajudam no fortalecimento dos ossos, dentes e na formação de novos tecidos.

5 – Colabora para o controle de açúcares no sangue - Embora densamente calórica, nutrientes como manganês e vitaminas do complexo B atuam no metabolismo dos carboidratos. O consumo moderado de amêndoas auxiliam no controle da glicemia sanguínea. As gorduras presentes tornam a digestão mais lenta e evitam altos picos de açúcar no sangue.

6 – Fornece proteção antioxidante - Selênio, manganês, vitamina E (antioxidante solúvel em gordura) e fitoquímicos como quecetina e flavonoides merecem destaque nas amêndoas. Esses nutrientes fornecem proteção contra os danos causados pelo excesso de radicais livres.

7 – Proteção contra o câncer - É também fonte de selênio, mineral antioxidante que também fornece proteção contra o câncer.

8 – Possibilita melhora a função cerebral - A vitamina E beneficia a circulação sanguínea no cérebro. Os antioxidantes presentes nas amêndoas protegem as células contra a oxidação. Os ácidos graxos contribuem ao raciocínio e memória, contribuindo à prevenção de doenças neurodegenerativas.

1503667_10151836637292361_173150026_n
Foto: Aline Mendes

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

EMAGRECIMENTO X GANHO DE PESO
Proteínas, ácidos graxos e fibras contribuem para a saciedade, evitam o aumento de glicose no sangue, reduzindo o risco de estoques sob forma de gordura corporal. Todo consumo calórico excedente de carboidrato, proteína ou gordura é estocado no organismo, assim as oleaginosas devem ser incluídas dentro de um planejamento alimentar adequado.

COMO INCLUIR NA DIETA
As amêndoas podem fazer parte dos lanches entre as principais refeições, acrescentada em preparações doces e salgadas, vitaminas, shakes, sucos, misturadas às frutas secas, incluídas em bolos, arroz, massas, saladas elaboradas, acompanha muito bem até mesmo as carnes em geral e dão um toque especial nas sobremesas.

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
100g contêm 581 calorias, 47,3g de lipídeos, 18,6g de proteínas, 29,5g de carboidratos, 11,6g de fibras. As oleaginosas são conhecidas por serem calóricas.
Consumir 12 unidades ao dia ou de 1 a 2 colheres de sopa.

954451_10151836637287361_418880118_n
Foto: Aline Mendes

DICA DA NUTRICIONISTA
Incluir as oleaginosas no lugar de alimentos com baixo valor nutricional é uma excelente opção para manter a saciedade e obter nutrientes. Para quem pratica atividade física ou quer atingir definição muscular, as amêndoas devem fazer parte do plano alimentar. Uma a duas colheres de sopa de amêndoas inteiras ou trituradas pode ser acrescentada em cereais integrais, iogurtes, vitaminas, sucos, polvilhadas nas saladas.
Antes de consumir, deixe as amêndoas de molho na água por cerca de 8 horas para melhorar a biodisponibilidade dos nutrientes.

CUIDADOS
Evitar o consumo em demasia, evitando complicações gastrointestinais (flatulência, azia, distensão abdominal) e aumento do peso (pela densidade calórica). A alergia a amêndoa é menos comum do que a alergia as nozes ou amendoins, por exemplo, mas o paciente que apresentar alguma reação ao consumir a oleaginosa deve ficar atento.

Mas atenção: amêndoas salgadas e torradas não apresentam os mesmos benefícios à saúde, já que muitas vezes apresentam gorduras saturadas e sódio, para mantê-las conservadas e aumentar a vida de prateleira.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Aprenda duas receitas com trigo verde e enriqueça sua dieta

28 de janeiro de 2014 0

0097bbcc
Foto: Aline Mendes

Conferiram as dicas da nutricionista Bárbara Riboldi sobre o trigo verde, rico em fibras e proteínas? Ela ensina duas preparações com o superalimento.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

1) Smoothie havaiano

Ingredientes

2 xícaras de abacaxi pequeno
1 laranja
1/2 mamão papaia
50 g de trigo verde

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Para ficar mais refrescante, inclua alguns cubos de gelo.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

2) Frango com trigo verde

Ingredientes
3 colheres de sopa de óleo de canola
2 kg de peito de frango – dividir em 8 pedaços
3 cebolas médias cortadas em cubos grandes
3 dentes de alho esmagados
6 xícaras de água
1 1/2 xícara de trigo verde
1 colher sopa de canela
1 colher sopa de pimenta preta moída
1 pitada de sal

Modo de preparo
Em uma panela grande aqueça o óleo e refogue o frango. Coloque em uma travessa e reserve. Na mesma panela adicione a cebola e o alho e refogue. Adicione a água, o trigo verde, a canela, e a pimenta. Cozinhe em fogo baixo por 20 minutos.
Coloque o frango novamente na panela e deixe acabar de cozinhar.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Conheça os benefícios do trigo verde, superalimento que pode ajudar no emagrecimento

28 de janeiro de 2014 2

t1rigo
Foto: Aline Mendes (trigo verde da Giroil)

Você já ouviu falar no trigo verde ou freekeh ? A nutricionista Bárbara Riboldi explica que o grão de origem síria é considerado um superalimento em razão das grandes quantidades de fibras e proteínas. Cerca de 100 gramas possuem, em média, 16,5 g de fibras e 12,6 g de proteínas.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas


BENEFÍCIOS DO TRIGO VERDE
1 - Alimento que proporciona saciedade devido à quantidade de fibras e proteínas.
2 - Tem baixo índice glicêmico. Pode ser incluído como alimento para auxiliar o controle glicêmico de diabéticos
3 - Rico em fibras, pode auxiliar na diminuição dos níveis de colesterol.
4 - Devido ao alto teor de fibras, auxilia no transito intestinal.
5 - Rico em proteínas, pode auxiliar na adequação alimentar de vegetarianos.
6 - Pode ser considerado um alimento prebiótico pois estimula a proliferação de “bactérias boas” no intestino.
Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

GOSTO
Dependerá da forma como é consumido. Se incluirmos em receitas, seu gosto será pouco perceptível. Receitas que tenham o trigo verde como base podem lembrar o sabor do trigo para quibe e da quinoa.

AJUDA NO EMAGRECIMENTO
Auxilia no processo de saciedade devido às altas quantidades de fibras e proteínas. Se utilizado em substituição a outros grãos e junto a uma alimentação equilibrada, pode ser um adjuvante no processo de emagrecimento.

1620428_10151903092087361_835593507_n

 

COMO INCLUÍ-LO NA ALIMENTAÇÃO
Pode ser consumido em substituição aos outros grãos. Em receitas como saladas, sopas, aperitivos. Seu gosto combina melhor com preparações salgadas.

ONDE COMPRAR
O trigo verde é um produto novo ainda no Brasil, pode ser encontrado em lojas de produtos naturais. Dica: na maioria das vezes as embalagens trazem o nome Freekeh.

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
Pode ser incluído na alimentação em substituição a outros grãos. A quantidade varia de acordo com as necessidades calóricas de cada pessoa. Um exemplo, seria substituir a porção de arroz do almoço, por exemplo, por uma porção semelhante do trigo verde.

COMPARAÇÃO COM OUTROS ALIMENTOS
Em comparação a quinoa, contém mais proteínas e mais do que o dobro de fibras.

CONTRAINDICAÇÃO
Não é recomendado para quem tem doença celíaca, pois contém glúten.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Confira 10 dicas tops para ativar o metabolismo

27 de janeiro de 2014 27

009a062f
Foto: Guto Kuerten

A dica de hoje é muito interessante. São truques para você ativar o seu metabolismo.

Mas o que é esse tal de metabolismo? A nutricionista Vanessa Leite explica é toda e qualquer reação química que acontece no nosso organismo, que gaste energia, que queime calorias.

Quanto mais rápido for o ritmo dele, mais calorias são queimadas/gastas por dia, tornando mais fácil o emagrecimento e/ou a manutenção de peso. Ativar o metabolismo é um dos truques mais contemporâneo e eficaz dos tratamentos de emagrecimento.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Confira as dicas!

1 – Faça exercício físico. Qualquer tipo de atividade (aeróbica ou anaeróbica) ativa o metabolismo por 24 horas, ou seja, o efeito não é só no momento da atividade. Se você não consegue malhar todos os dias, intercale os dias de atividade, assim ficará com o metabolismo turbinado constantemente.

006381fa
Foto: Divulgação

2 – Aumente massa muscular através de dieta personalizada e de exercício anaeróbico (musculação, pilates, trx, treinamento funcional…). O músculo é quem ativa o seu metabolismo, uma vez que cada 0,5kg de músculo que temos no corpo queima 35 calorias por dia, enquanto a mesma quantidade de gordura queima apenas 2 calorias por dia. Essa dica vai deixar o seu metabolismo mais acelerado, possibilitando você sair da dieta (seja com comida ou com bebida) sem engordar facilmente.

0091e38e
Foto: Alvarelio Kurossu

3 – Invista mais na proteínas magras (peixe, ovo, frango e whey…) em função do seu efeito térmico. A cada 100 calorias que consumimos de proteínas absorvemos apenas 80 calorias, ou seja, só na digestão já são eliminadas 20 calorias.

002d83b6
Foto: Jucimar Milesi

4 – Consuma apenas carboidratos integrais (arroz integral, pão integral, aveia, massa integral…). Esses alimentos proporcionam mais saciedade e são ricos em fibras. Vale lembrar que os carboidratos integrais apresentam mais efeito térmico que os carboidratos refinados como arroz, massa e pão. Em resumo, gastamos mais calorias/ativamos mais o metabolismo com a digestão dos integrais.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

0056a191
Foto: Photo Rack

5 – Não elimine a proteína (frango, carne, peixe, iogurte light e leite desnatado) do seu café da manhã, almoço, lanche da tarde e janta. Essa atitude ativa metabolismo e ajuda na manutenção e/ou aumento de massa muscular, que consequentemente, também ativa o metabolismo.

006b2f24
Foto: Reprodução

6 – Tome água. É vital e é um remédio natural para o emagrecimento. Às vezes, sentimos fome e não é fome, é desidratação. Lembre-se de que tomar água bem gelada ativa ainda mais o metabolismo, uma vez que o nosso organismo procura manter uma temperatura corporal entre 36º e 37º graus. Quando ingerimos algo bem gelado, o nosso organismo se esforça, gastando mais calorias, para conseguir manter a temperatura corporal.

0017c8e2
Foto: Carlinhos Rodrigues

7 – Durma bem. A falta do sono reparador afeta o funcionamento dos hormônios associados ao ciclo da fome e da saciedade. O sono ideal aumenta a síntese do hormônio leptina (responsável pela saciedade) e diminui o hormônio grelina (responsável pelo apetite).

8 – Coma alimentos saudáveis de 3 em 3 horas. Quando ficamos muito tempo sem nos alimentar, o ritmo do metabolismo diminui para poupar energia (pois pensa que você não vai receber mais alimentos) e tudo que você vier a comer vai ser transformado em gordura, até mesmo a ingestão de alimentos magros e saudáveis.

0099056f
Foto: Divulgação

9 – Nunca deixe de tomar o café da manhã. Quando dormimos, o metabolismo fica mais lento e essa refeição serve como ativador do metabolismo. Quem acorda e não ingere alimentos desperdiça tempo que poderia estar queimando mais calorias.

10 – Elimine de vez os carboidratos refinados da sua vida. A ingestão desses alimentos (arroz branco, açúcar, chocolate e massa) libera energia rapidamente, incapaz de ser queimada, que é transformada em gordura, reduzindo o seu metabolismo.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes