Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Oito motivos para incluir a amêndoa na sua dieta

29 de janeiro de 2014 0

1528082_10151836637282361_925367312_n
Foto: Aline Mendes

Saborosa, a amêndoa é uma ótima opção para incluir na dieta. Segundo a nutricionista Greice Baggio, é uma excelente fonte de proteína vegetal (ideal para veganos), além de gorduras insaturadas, magnésio, manganês, potássio, fósforo, selênio, vitamina E e vitaminas do complexo B. Também é rica em antioxidantes, não contém colesterol e é pobre em sódio.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

Confira as dicas da nutricionista Greice Baggio

OITO BENEFÍCIOS DA AMÊNDOA PARA A SAÚDE

1 – Reduz o colesterol - O perfil de ácidos graxos das amêndoas melhoram o perfil de gorduras sanguíneas. As gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas são conhecidas por melhorarem o perfil sérico de lipídeos no sangue, como redução do LDL colesterol, atuando na prevenção de doenças cardiovasculares.

2 – Ajuda no controle da pressão arterial - Minerais como potássio e a baixa quantidade de sódio contribuem para manter a pressão arterial em valores ideais. Contém ainda vitamina E, que atua como antioxidante e contribui à saúde do coração.

3 – Auxilia no emagrecimento - Com uma boa quantidade de fibras, boa fonte de gorduras saudáveis e proteínas, é uma boa opção para o emagrecimento, já que auxilia na saciedade, fornecendo nutrientes essenciais ao organismo. Ácidos graxos também evitam aumento de liberação de insulina no sangue o que evita estoques de gordura corporal.

008a0365
Foto: Stock Images

4 – Contribui para a saúde dos ossos - Contém minerais que ajudam no fortalecimento dos ossos, dentes e na formação de novos tecidos.

5 – Colabora para o controle de açúcares no sangue - Embora densamente calórica, nutrientes como manganês e vitaminas do complexo B atuam no metabolismo dos carboidratos. O consumo moderado de amêndoas auxiliam no controle da glicemia sanguínea. As gorduras presentes tornam a digestão mais lenta e evitam altos picos de açúcar no sangue.

6 – Fornece proteção antioxidante - Selênio, manganês, vitamina E (antioxidante solúvel em gordura) e fitoquímicos como quecetina e flavonoides merecem destaque nas amêndoas. Esses nutrientes fornecem proteção contra os danos causados pelo excesso de radicais livres.

7 – Proteção contra o câncer - É também fonte de selênio, mineral antioxidante que também fornece proteção contra o câncer.

8 – Possibilita melhora a função cerebral - A vitamina E beneficia a circulação sanguínea no cérebro. Os antioxidantes presentes nas amêndoas protegem as células contra a oxidação. Os ácidos graxos contribuem ao raciocínio e memória, contribuindo à prevenção de doenças neurodegenerativas.

1503667_10151836637292361_173150026_n
Foto: Aline Mendes

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

EMAGRECIMENTO X GANHO DE PESO
Proteínas, ácidos graxos e fibras contribuem para a saciedade, evitam o aumento de glicose no sangue, reduzindo o risco de estoques sob forma de gordura corporal. Todo consumo calórico excedente de carboidrato, proteína ou gordura é estocado no organismo, assim as oleaginosas devem ser incluídas dentro de um planejamento alimentar adequado.

COMO INCLUIR NA DIETA
As amêndoas podem fazer parte dos lanches entre as principais refeições, acrescentada em preparações doces e salgadas, vitaminas, shakes, sucos, misturadas às frutas secas, incluídas em bolos, arroz, massas, saladas elaboradas, acompanha muito bem até mesmo as carnes em geral e dão um toque especial nas sobremesas.

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
100g contêm 581 calorias, 47,3g de lipídeos, 18,6g de proteínas, 29,5g de carboidratos, 11,6g de fibras. As oleaginosas são conhecidas por serem calóricas.
Consumir 12 unidades ao dia ou de 1 a 2 colheres de sopa.

954451_10151836637287361_418880118_n
Foto: Aline Mendes

DICA DA NUTRICIONISTA
Incluir as oleaginosas no lugar de alimentos com baixo valor nutricional é uma excelente opção para manter a saciedade e obter nutrientes. Para quem pratica atividade física ou quer atingir definição muscular, as amêndoas devem fazer parte do plano alimentar. Uma a duas colheres de sopa de amêndoas inteiras ou trituradas pode ser acrescentada em cereais integrais, iogurtes, vitaminas, sucos, polvilhadas nas saladas.
Antes de consumir, deixe as amêndoas de molho na água por cerca de 8 horas para melhorar a biodisponibilidade dos nutrientes.

CUIDADOS
Evitar o consumo em demasia, evitando complicações gastrointestinais (flatulência, azia, distensão abdominal) e aumento do peso (pela densidade calórica). A alergia a amêndoa é menos comum do que a alergia as nozes ou amendoins, por exemplo, mas o paciente que apresentar alguma reação ao consumir a oleaginosa deve ficar atento.

Mas atenção: amêndoas salgadas e torradas não apresentam os mesmos benefícios à saúde, já que muitas vezes apresentam gorduras saturadas e sódio, para mantê-las conservadas e aumentar a vida de prateleira.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Envie seu Comentário