Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Confira 10 alimentos que parecem saudáveis, mas não são

10 de fevereiro de 2014 10

0062a125
Stock Photos

Há pouco mais de um ano, quando intensifiquei meu plano alimentar para perder gorduras localizadas e definir o corpo acreditava que alguns alimentos eram supersaudáveis. Mas na verdade, não são.

Para ajudá-los a desvender esses alimentos que parecem saudáveis mas não são, pedi uma ajudinha para a nutricionista Marcele Policarpo. Além de destacar os alimentos que não são nada amigos da dieta, ela ensina alguns macetes na hora das compras no supermercado.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Vem conferir a lista:

1 – Peito de peru – O peito de peru é muito escolhido para compor dietas por conter baixo teor de gordura, mas o que muitas pessoas não sabem é que ele, além de conter muito sódio, possui nitritos e nitratos – conservantes prejudiciais à saúde.

0099056f
Foto: Divulgação

2 – Pão integral – Existem no mercado pães integrais ótimos com 100% farinha integral, sem açúcar refinado. Mas é de total importância tomar cuidado nos ingredientes dos pães. Muitos têm em sua composição mais farinha refinada do que farinha integral, baixa quantidade de fibras e grande quantidade de açúcar refinado. É importante ressaltar que a lista de ingredientes é em ordem decrescente. O primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade, por isso a farinha integral deve ser o primeiro alimento listado.

0060d6db
Foto: Frances Magee/Stock.xchng

3 – Barra de cereal – Existem muitas barras de cereais que são consideradas adequadas, como as opções sem glúten e sem lactose, que contêm mais oleaginosas e cereais como chia, quinua, amaranto. Muitas barrinhas, no entanto, contêm grande quantidade de gordura saturada, açúcar e corantes. É superimportante analisar os rótulos e os ingredientes que compõe os alimentos.

0027f5c0
Foto: Elise Bozzeto

4 – Sucos light de frutas – A quantidade de adoçantes presentes nos sucos artificiais é grande. Alguns adoçantes (ciclamato, sacarina) têm níveis altos de sódio. O ideal é sempre pensar nos benefícios que os alimentos irão proporcionar ao nosso organismo. É interessante que os sucos de frutas contenham fibras, o que não acontece com a maioria dos sucos em pó light.

0066e85b
Foto: stock.xchng

5 – Bolachas integrais – É superimportante analisar o rótulo dos alimentos. Muitos biscoitos integrais contêm em sua composição mais farinha refinada do que integral, baixa quantidade de fibras e grande quantidade de gordura saturada.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

6 – Requeijão – Costuma ser um dos mais escolhidos quando o assunto é reeducação alimentar. Mas deve-se ter cautela no uso, pois possui grande quantidade de gordura saturada.

7 – Legumes em conserva – As opções in natura são ótimas por serem ricas em fibras, mas os legumes em conserva acabam tendo grande quantidade de sódio, podendo ser prejudiciais à saúde.

002bf82f

8 – Shakes substitutos de refeições – Substituir uma refeição completa por um shake não é saudável. Além de não manterem a saciedade por muito tempo, essas bebidas nem sempre possuem as quantidades necessárias de micronutrientes (vitaminas e minerais) e, em muitos casos, esses shakes contêm alta quantidade de carboidrato e baixa quantidade de proteínas.

0050e45f
Foto: Stock.xchng

9 – Suco de soja – A soja para as mulheres é bacana por conter isoflavona – composto da soja, também chamado de fitoestrogênio, sua estrutura química é semelhante ao estrógeno, melhorando o equilíbrio desse hormônio. Para homens e crianças pode ser prejudicial justamente pelo mesmo motivo. Homens devem evitar soja, pois no organismo o fitoestrogênio se transforma em estrógeno (hormônio feminino), baixando os níveis de testosterona. Já as crianças, podem entrar na puberdade precocemente por causa deste componente da soja. Além disso, os sucos de soja contêm significativas quantidades sódio e açúcar.

10 – Molhos prontos para salada – Consumir salada é supersaudável, mas o ideal é evitar a colocação de molhos prontos e industrializados, pois contêm grandes quantidades de conservantes, gordura e sódio.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Comentários (10)

  • Graziella diz: 10 de fevereiro de 2014
  • Edson Wagner da Rosa diz: 10 de fevereiro de 2014

    Pão 100% com farinha integral ? Por favor onde tem. Procuro e não consigo encontrar.

  • JENNY L♥VE diz: 10 de fevereiro de 2014

    DAQUI UNS DIAS SÓ PODEREMOS “COMER” AR…..

  • Robbie Fowler diz: 10 de fevereiro de 2014

    Aff. Neurose extrema com alimentação uber-hiper-mega-tetra-saudável, só por que as pessoas pautam as suas vidas pelo que os outros pensam de nós, e não pelo que somos. Seja feliz, coma um bife, coma um pão cacetinho, um bolo de chocolate, uma alface, um tufo de grama, se você gostar dessa comida. Tão ou mais importante que a saúde física é a ental e moral, se você não é feliz com o que come, vai passar a vida se detestando.

  • Francisco diz: 10 de fevereiro de 2014

    Eu sou de opinião que se pode comer de tudo, moderadamente. É claro que todo o alimento tem suas reservas, mas se variarmos o cardápio de forma consciente, sempre deixando um pouquinho de “quero mais”, a saúde está preservada. Com a enorme quantidade de pesticidas usados nas frutas e legumes, rações transgênicas para ovinos e bovinos, fica difícil dizer o que é saudável e o que não é. Com isso, se pode comer, de vez em quando uma costela, uma picanha(retirando a gordura, certamente) e beber, muito de vez em quando, uma cerveja ou refrigerante. O importante é realizar exames de rotina e tomar os medicamentos receitados pelos médicos.

  • Gabriela Dutra diz: 10 de fevereiro de 2014

    Ótimo post só gostaria que recomendasse os alimentos a serem substituídos.
    Obrigada.

  • Júlio diz: 10 de fevereiro de 2014

    Sugestões para substituir esses alimentos por outros equivalentes, mas mais saudáveis? Em lugar do peito de peru, por exemplo, o que se pode usar?

  • Leonardo diz: 10 de fevereiro de 2014

    No lugar de peito de perum usar frango desfiado, por exemplo…

  • Eder Martins diz: 10 de fevereiro de 2014

    Sinceramente não sei mais o que comer kkkkkk Nada é saudável…

  • Luzinha diz: 10 de fevereiro de 2014

    Muito bem, gostei desse post. Não existe alimentação saudável em que se consomem leite de vaca e alimentos transgênicos. O link sobre o leite de soja vale a pena ser lido, pois é bastante esclarecedor. A soja é transgênica, desmineralizante – levando ã osteoporose -, e não faz bem prá ninguém. A grande maioria dos alimentos contém sódio, o que traz, por exemplo, problemas graves como a hipertensão, ou um simples inchaço, o que não é nada agradável. não adianta consumir refeições com pouco sal ou maneirar nos doces, se beber refrigerante zero, que contém altas quantidades de sódio. ser saudável está, não apenas em cortar as calorias da refeição, mas, principalmente, em ter uma alimentação natural e equilibrada.

Envie seu Comentário