Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Nutricionista dá sete dicas de alimentação para quem pratica corrida

14 de fevereiro de 2014 2

941700_120462324826028_391030775_n
Foto: Arquivo Pessoal

Quem gosta de correr, normalmente costuma se preocupar com a alimentação, não apenas pela saúde, mas para otimizar os treinos.

Mas é fundamental uma orientação adequada às necessidades individuais. Isso permitirá melhor performance, recuperação pós-treino e evitará lesões. Uma alimentação orientada atua como recurso ergogênico, o que melhora o rendimento da atividade física.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Seguem algumas dicas da nutricionista Marina Azambuja Amaral, da Companhia Athletica.

1) Nunca praticar atividades físicas em jejum. Correr sem ter comido nada acaba causando perda de massa magra, além de prejudicar a performance do treino.

00601e64
Foto: Emílio Pedroso

2) Quem se alimenta uma hora e meia antes da corrida, está fazendo a escolha certa. Existem estratégias para quem acorda muito cedo e logo em seguida pratica a corrida ou não teve muito tempo para um lanche adequado.

Antes do treino opte por carboidratos de absorção lenta (pão integral, aveia, arroz e macarrão integrais, batata – principalmente doce, legumes crus, lentilha, feijões, frutas como maçã, pera e pêssego). Evite a ingestão de leite e derivados, carnes, frituras e açúcares, que podem causar desconforto abdominal. Evite também o consumo de alimentos ricos em cafeína (café, chá, chimarrão, Coca-Cola).

007079be
Foto: stock.xchng

3) Hidratar-se é um dos pontos-chave, dando atenção especial aos dias muito quentes. Cerca de 1h antes da corrida, ingira pelo menos 500ml de água. Após o treino, também é fundamental para equilibrar o balanço hídrico. Água e água de coco são as melhores escolhas!

4) Cuidado com o consumo de alimentos ou repositores durante os treinos. Para quem objetiva perder peso, um treino de até 1h30min não necessita de reposição.

0082d409
Foto: Conch Images

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

5) Se a corrida durar mais de 2 horas, pode ser necessário o suporte de aminoácidos e carboidratos para melhorar o desempenho e evitar a fadiga. Os isotônicos são famosos, mas cuidado, eles são ricos em sais minerais e açúcares, podendo engordar!

6) No pós treino, opte por alimentos proteicos de absorção mais lenta (carnes magras, ovos – principalmente a clara, leite e derivados desnatados, aliados a fontes de carboidratos de fácil absorção (sucos de frutas, arroz, batata, pão, mel). Uma suplementação não é regra geral, mas dependendo das necessidades individuais, pode ser adequada! Quanto mais próximo do término do exercício for a refeição pós-treino, melhor a recuperação.

005f42ac
Foto: Divulgação

7) Lembre-se que os cuidados não devem ser apenas em dias e horários de treinos e competições. Corredores amadores ou profissionais precisam ter hábitos saudáveis (evitar cigarros, excessos de bebidas alcoólicas e situações de estresse). Uma alimentação diária adequada em relação às necessidades e tipo de treino são fundamentais para o sucesso!

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Comentários (2)

  • Fernando Fonseca. diz: 14 de fevereiro de 2014

    Querida Aline, no meu caso, que faço caminhada e outros exercícios, que recomenda? Gostei da matéria sobre os que praticam corrida. Parabéns pela competente abordagem.

  • Gomes diz: 14 de fevereiro de 2014

    Dicas 1 e 2 muito fracas

Envie seu Comentário