Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Alimentação saudável"

Nutricionista ensina três receitas com chás termogênicos, que auxiliam na queima de gordura

09 de abril de 2014 1

00707966
Foto: Stock.Xchng

Confiram as dicas da nutricionista Gisele Silveira sobre os chás termogênicos. Agora, ela ensina três receitas.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

1) CHÁ DE GENGIBRE

Ingredientes
3 colheres de sopa gengibre fresco ralado
700 ml de água

Modo de preparo
Coloque a água para ferver por cerca de 7 minutos. Antes de levantar fervura, desligue o fogo e acrescente o gengibre ralado. Abafe por 10 minutos, coe e o chá está pronto para ser consumido.

2) CHÁ MISTO

Ingredientes
2 colheres de sopa de chá verde
2 colheres de sopa de chá de hibisco
Raspas de gengibre e limão
1 litro de água

Modo de preparo
Misture as folhas. Aqueça um litro de água, adicione as ervas e acrescente raspas de gengibre e limão. Coe e sirva.

3) CHÁ DE HIBISCO COM FRUTAS

Ingredientes
1 maçã
1 maracujá
2 fatias de abacaxi
2 litros de água
2 paus de canelas
5 cravos-da-índia
1 colher de sopa de erva doce
4 colheres de sopa de Chá de hibisco

Modo de preparo
Lave e corte a maçã, o maracujá e o abacaxi em fatias, mantendo a casca. Leve ao fogo metade da água e acrescente as frutas, a canela em pau, os cravos-da-índia, a erva-doce e o hibisco e cozinhe durante 5 minutos. Junte o restante da água e deixe ferver durante 10 minutos em fogo brando. Coe e sirva.

___________________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

 

Descubra o poder dos chás termogênicos, que podem auxiliar na perda de peso

09 de abril de 2014 0

10154612_10152039611657361_2022882326_n
Foto: Aline Mendes

Os chás termogênicos podem desempenhar um papel bem interessante em dietas de emagrecimento.  Eles têm o poder e acelerar o metabolismo, o que favorece a queima de gordura. A seguir, confira as dicas da nutricionista Gisele Silveira.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

Qual o significado do termo termogênico?
Termogênico é o nome dado a toda substância capaz de elevar o metabolismo, podendo assim auxiliar na mobilização de gordura e perda de peso.

Para que servem os chás termogênicos?
Podem auxiliar a perda de peso, se associados a dietas de emagrecimento e/ou à atividade física.

Eles potencializam a queima de gordura?
Pelo fato de aumentarem o metabolismo, acabam evitando que haja acúmulo de gordura.

Quais são os principais chás termogênicos?

00977b61
Foto: Aline Mendes

Chá verde - Tem a capacidade de aumentar em até 10% o metabolismo basal (quantidade de calorias que gastamos para nos mantermos vivos). Os chás verde, branco, vermelho e preto são provenientes da mesma planta, a diferença está no processamento de cada um deles.

Casca de laranja amarga - A casca da laranja amarga contém sinefrina, substância que ajuda na queima de gordura corporal.

Chá de hibisco - Também apresenta a propriedade de aumento do metabolismo. Rico em bioflavonoides, pode ser usado como um antioxidante na dieta. Combate os chamados radicais livres, que são produzidos naturalmente pela respiração e produção de energia e afetam negativamente o organismo.

006f84fb
Foto: Felipe Carneiro

Chá de gengibre - Por conter agentes termogênicos, também auxilia na redução do peso. Além disso apresenta propriedades de manutenção de glucose sanguinea.

Qual a variação mais recomendada?
No mercado, o chá pode ser encontrado em folha, saquinho, cápsulas ou em pó. A melhor versão para o uso de chás é em folhas, desde que saibamos a procedência. Os chás de saquinhos também são uma excelente opção quando são de boa qualidade. Alguns fitoterápicos como a casca da laranja amarga, terão melhor resultados na apresentação de capsulas, pois é possível obter maior quantidade do principio ativo.

00949d31
Foto: Reprodução

Como preparar o chá adequadamente?
Alguns detalhes devem ser seguidos para que o chá mantenha os princípios ativos e possa proporcionar o resultado esperado. Por isso, quando colocar a água para ferver no fogo, desligue-o assim que as primeiras bolhas começarem a se formar.
Acrescente as folhas da erva e deixe descansar por 2 ou 3 minutos. É aconselhado coar para que não amargue. Qualquer chá deve ser ingerido ainda morno, logo após ficar pronto. Isso evita que o ar destrua os componentes ativos. Mas, de forma geral, as propriedades do chá permanecem preservadas até 24 horas após a preparação.

Qual é a quantidade recomendada por dia?
Para cada planta/fitoterápico existe uma quantidade recomendada. De modo geral, 500 ml de chá já costumam ter o efeito termogênico desejado.

00707962
Foto: Stock.Xchng

Qual é a hora correta de tomarmos os chás?
Os termogênicos, por conterem cafeína ou outro composto que acelera o metabolismo, são contraindicados à noite, por apresentarem como efeito colateral a perda de sono.

Quais os cuidados?
Não devem ser consumidos por pessoas com doenças digestivas, como gastrites e úlceras, gestantes ou nutrizes. Embora não tenham contraindicações, nenhuma erva deve ser consumida por um período muito prolongado.

___________________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Aprenda a preparar um suco detox anti-constipação

08 de abril de 2014 0

unnamed (2)
Foto: Vanda Rittmann

Gostaram das dicas da nutricionista Priscila Nunes sobre os tipos de gorduras que podemos incluir na nossa dieta? A seguir, ela recomenda uma receita magrinha elaborada pela personal chef Vanda Rittmann.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Suco detox anti-constipação

Ingredientes
1 folha de radite ou almeirão
1 folha de couve
1 ramo de salsinha
1 colher de linhaça – hidratar por 8 horas em 100 ml de água mineral
1 colher de chia – hidratar por 8 horas em 100 ml de água mineral
1 laranja com bagaço

Modo de preparo
Descascar a laranja e cortar em cubos grandes. Bater com o restante dos ingredientes. Servir imediatamente, preferencialmente sem coar.

Dica 1 - Ressalta o sabor da laranja. Muito apetitoso. Se preferir coe, mas recomendo usar o bagaço para funcionamento do intestino.
Dica 2 - Se preferir utilizar mel ou melaço, também o sabor é agradável ao paladar.

_______________________________________________

>>COMO ASSINAR

 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Gordura: saiba quais alimentos você deve evitar ou incluir na dieta

08 de abril de 2014 1

0088f46a
Foto: Caco Konzen

Quem segue um plano alimentar costuma se preocupar bastante com a quantidade de gorduras nos alimentos, não é mesmo? Pensando nisso, pedi para a nutricionista Priscila Nunes explicar o significado de cada um dos tipos existentes, prejudiciais ou não ao nosso organismo. Não perca os exemplos e as recomendações de consumo. 

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

TIPOS DE GORDURA EXISTENTES
Existem vários tipos de gorduras: saturadas, monoinsaturadas, poli-insaturadas e a gordura trans.

QUAIS AS PREJUDICIAIS PARA O CORPO
As gorduras saturadas, quando consumidas em demasia, e as gorduras trans. As prejudiciais são aquelas que se acumulam sob a pele e podem causar desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

TIPOS DE GORDURAS QUE DEVEMOS EVITAR
A trans é o tipo que gordura que deve ser abolida, já que não possui benefícios. Ela pode provocar aumento do colesterol LDL (ruim), redução do HDL (colesterol bom), obesidade, acúmulo de gordura visceral (região abdominal), são altamente aderentes nas paredes das artérias, causando oclusão dos vasos, podendo levar a arterosclereose, infarto e derrame. A gordura saturada em excesso também pode ser prejudicial a saúde. Portanto, não deve compor mais que 7% das calorias diárias.

0084ea0b
Foto: Divulgação

DIFERENÇA ENTRE A GORDURA SATURADA E A GORDURA INSATURADA
A gordura saturada é de origem animal e deve ser consumida com muita cautela. O consumo em demasia prejudica o organismo e aumenta o risco de doenças cardiovasculares.
A gordura insaturada (monoinsaturadas e poli-insaturada) possui papel importante no nosso organismo, como a formação hormonal, no aumento do bom colesterol e auxilia na absorção de vitaminas lipossolúveis. Por isso, não deve ser deixada de lado nas dietas, até mesmo quando o objetivo é emagrecimento.

CINCO ALIMENTOS COM GORDURA SATURADA
Manteigas - Deve-se evitar o consumo. Substituir por queijo quark light e cottage (menor teor de gordura saturada e maior teor de proteínas).
Laticínios integrais - Têm alto teor de gordura saturada. Substituir por leite desnatado.
Gema do ovo - Pode ser consumida moderadamente e diariamente (sem ser frita). Estudos revelam mostram que o consumo da gema pode aumentar o colesterol bom.
Carnes gordas - Deve-se evitar o consumo. Substituir por carne magras.
Óleo de coco - É mais estável a altas temperaturas e oxidação, podendo ser utilizado para fins culinários. Possui seus triglicerídeos de cadeia média é rapidamente digerido, absorvido e transportado para o fígado, onde é transformado em energia, sem gerar estímulo de insulina, aumentando gasto energético. Consumir 1 colher de sopa ao dia.

005bf084
Foto: Divulgação

ALIMENTOS COM GORDURA TRANS
Quase todos os alimentos industrializados possuem gordura trans: biscoitos, sorvetes, margarinas, barras de chocolate, pastelarias, e ainda alimentos como fast food, sobremesas com chantilly, macarrão instantâneo etc.
O consumo diário não pode passar de 2g ao dia. Por ser uma gordura que não traz benefícios à saúde, não há indicação de consumo alimentar.

ALIMENTOS COM GORDURA MONOINSATURADA
Azeite de oliva - Um boa opção para temperar saladas.
Abacate - Pode ser adicionado a refeições intermediárias (lanches) por ser uma fruta com baixo teor de frutose. Mas cuidado para não abusar na quantidade. Cada 100g fornece em média 160kcal.
Amendoim - Pode ser adicionado a refeições intermediárias (lanches), pois ajuda a aumentar a saciedade e ajuda a reduzir o ato de “beliscar”. A porção recomendada é 30 gramas por dia.
Sementes oleaginosas (castanha do Pará e do caju, avelã) – Ricas em ômega 6 e 3, auxiliam na redução do colesterol LDL e aumentam a saciedade. O consumo pode ocorrer nas refeições intermediárias (lanches) . A porção recomendada é 30 gramas por dia.

10152911_10152014317347361_1368787319_n
Foto: Aline Mendes

CINCO ALIMENTOS COM GORDURA POLI-INSATURADA
Peixes de águas frias (salmão, atum, sardinha, arenque) – Ricos em ômega 3, o consumo deve ser diário, no almoço e num jantar mais leve.
Linhaça - Semente vegetal com alto teor de ômega 3. O consumo ajuda a regular o funcionamento do intestino. Pode ser adicionada a sucos, saladas, vitaminas. Ingerir 1 colher de sopa ao dia.
Chia - Rica em ômega 3, possui efeito gelatinoso em contato com a água o que pode ajudar na saciedade e ajudar a reduzir a retenção hídrica. Pode ser adicionada a sucos, iogurtes, saladas, vitaminas. Ingerir 1 colher de sopa ao dia.
Soja - Grão rico em proteínas, possui quase todos os aminoácidos essências para o corpo. Muito utilizada por mulheres em períodos com sintomas mais acentuados da menopausa, já que é rica em isoflavonas (substância ativa), que atenua os efeitos.
Gergelim - Possui a sesamina, que tem propriedades antioxidantes e favorece a redução da absorção de gordura no tecido adiposo. Pode ser adicionado a peixes, saladas, molhos. Ingerir 1 colher de sopa ao dia.

00775847
Foto: James Cheers

_______________________________________________

>>COMO ASSINAR

 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Nutricionista dá dez dicas para evitar o efeito sanfona

07 de abril de 2014 0

0083d2e0
Foto: Vivi Vridi

Quem segue algum plano alimentar ou gosta de cuidar da alimentação sempre se preocupa com o efeito sanfona, não é mesmo? Pedi para a nutricionista Thayse Stapassoli dar algumas dicas para você ficar/permanecer com o corpo em dia.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

1 – Evite dietas restritivas - Lembre-se que você tem que reeducar seu organismo! Siga uma alimentação equilibrada e “clean/limpa”. De forma que consiga fazer dessa fase um estilo de vida. Que não seja apenas uma fase da sua vida.

006eca78

2 – Coma lentamente - O seu cérebro leva cerca de 20 minutos para receber a informação de que você está saciado. Tenha o hábito de descansar os talheres
no prato enquanto você mastiga. Comer com calma, aumenta a resposta de um hormônio da saciedade chamado Peptídeo YY (PYY) e Peptídeo-Glucagon-like (GLP-1). Consequentemente, quanto mais lentamente você come, mais assimilação o seu organismo terá de que você está satisfeito.

3 – Evite excesso de carboidratos - Gastamos cerca de 10% a mais da nossa TMB (taxa metabólica basal – quantidade de calorias que gastamos para nos mantermos vivos) para digerir determinado alimento. Isto se chama “efeito térmico do alimento”. Para digerir proteínas e gorduras, esse valor é aumentado. Portanto, gastamos mais calorias no consumo, do que com o carboidrato.

0068a493
Foto: Heila Oliveira – Cozinha Nestlé

4 – Tente incluir em todas as refeições alimentos fontes de carboidrato, de proteína, e se possível, uma gordurinha (do bem!!). Evite o carboidrato de forma isolada, para que possamos controlar o índice glicêmico (IG). O IG pode acabar com a sua dieta!

5 – Inclua fibras nas suas refeições - Além de auxiliarem o trânsito intestinal, são excelente sacietogênicas.

0087db62
Foto: Divulgação

6 – Coma de 3 em 3 horas - Além de acelerar o seu metabolismo, você não chegará na refeição seguinte com uma fome de leão.

7 – Mentalize - Organize logo cedo ou no dia anterior todas as suas refeições. Isso faz com que você não caia na tentação de ir a uma cafeteria e comer aquela torta de chocolate recheada com trufas ou aquele pãozinho de queijo com cappuccino.

8 – Beba água diariamente - Ela auxilia na limpeza do intestino, na saúde da pele, é fundamental para que todas as reações bioquímicas do nosso corpo ocorram de forma perfeita.

0009366d
Foto: Júlio Cordeiro

9 – Durma bem - É aconselhável dormir cerca de 8 horas ao dia. Você deve acordar com disposição e não cansado. Quando estamos dormindo, o nosso corpo não para de trabalhar, ele aproveita para colocar a casa em ordem. Isso faz com que o nosso metabolismo aumente. Em contrapartida, se não dormimos bem, liberamos mais cortisol hormônio relacionado ao estresse e ao acúmulo de gordurinhas. Aí nossa tentativa de perda ou manutenção de peso, vai para o espaço!

10 – Pratique exercício físico diariamente - Isso faz com que você mantenha seu metabolismo acelerado, ganhe massa muscular (excelente estratégia para queima de gordura) e, de quebra, libere hormônios relacionados ao bem-estar. Essa liberação de hormônios faz com que você tenha mais controle no apetite e não caia na tentação de comer a torta de chocolate recheada com trufas.

___________________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Aprenda a preparar um suco verde termogênico e rico em antioxidantes

06 de abril de 2014 1

1236024_522333177845400_435895959_n
Foto: Daniele Benfica, Divulgação

Exagerou na sexta e no sábado? Que tal aprender a fazer um suco detox? A nutricionista Daniele Benfica te ensina.
Vem ver:

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

 

Suco detox

Ingredientes
1 copo de água
1 folha de couve
1 kiwi
1 limao
1 colher de sopa de farelo de aveia
1 pedaço de gengibre
1 colher de chá de salsinha
Gelo

Modo de preparo
Bater tudo no liquidificador, não coar.
Adoçar com mel ou agave ou adoçante Stévia ou Sucralose.
Valor energético: 150kcal

Benefícios
Couve e salsinha - Carregam nutrientes que favorecem a eliminação de toxinas do organismo, melhorando a circulação sanguínea e a linfática.

Limão - Desintoxicante para o sistema digestório e excelente para purificar e proteger contra infecções.

Kiwi - Rico em propriedades antioxidantes. Reduz o risco de câncer, previne doenças do coração e melhora o sistema imunológico. Rico em potássio e vitaminas C e E.

Farelo de aveia - Rico em fibras soláveis que aumentam o bolo fecal e agilizam o peristaltismo e a rapidez do tubo digestivo.

Gengibre - Apresenta uma substância chamada gingerol que tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungo. O gengibre também é rico em substâncias termogênicas que potencializam a queima de gordura corporal.

___________________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Aprenda a preparar um suco detox com espinafre

04 de abril de 2014 2

00988a95
Foto: Aline Mendes

Caso exagerar em alguma refeição, inicie o dia seguinte com um suco verde no café da manhã. Além de ser diurético, da mais energia e ajuda na eliminação de toxinas. Só não esqueçam da dica da nutricionista Larissa Signori, de que devemos consumir a hortaliça, no máximo, três vezes na semana.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

 

1) Suco detox

Ingredientes
1 xícara de espinafre
1 maçã
1 pitada de gengibre em pó
Suco de 1/4 de limão
1 colher de sopa de chia
1 colher de sopa de quinoa
1 colher de sopa de linhaça dourada

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva em seguida.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

2) Torta proteica

Ingredientes
Azeite de oliva
1 cebola picadinha
1 maço de espinafre
1 pacotinho de ricota
3 ovos
2 colheres de sopa de farinha de trigo integral
Sal
Páprica doce

Modo de preparo
Em uma panela, coloque o azeite e refogue a cebola, junte o espinafre e cozinhe rapidamente. Em uma tigela, bata os ovos, junte a ricota e a farinha. Tempere com sal e o que mais desejar. Adicione o espinafre refogado e misture bem. Unte um refratário com o azeite e coloque nele a mistura. Espalhe a páprica por cima e leve ao forno médio por 30 minutos, ou até ficar assada.

3) Espinafre refogado com queijo branco

Ingredientes
1 maço de Espinafre
Queijo branco a gosto

Modo de preparo
Lave as folhinhas uma por uma, pique tudo em tirinhas. Pique o queijo branco em cubinhos. Na panela, acrescente 2 colheres de sopa de óleo e adicione sal a gosto. Leve a panela ao fogo, acrescente o espinafre e vá refogando. Por último, acrescente o queijo e deixe derretendo e vá mexendo. Se quiser pode adicionar um pouquinho de água que vai ajudar a derreter o queijo e criar um molhinho. Se preferir pode abafar a panela com a tampa e deixar derretendo o queijo branco pois ele demorar um pouco para amolecer.

_______________________________________________

 

>>COMO ASSINAR
 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

 

Confira os sete beneficios do espinafre e saiba como consumi-lo corretamente

04 de abril de 2014 3

0009af97
Foto:  Adriana Franciosi

Afinal de contas, o espinafre faz bem ou mal à saúde? A verdade é que ele é riquíssimo em benefícios, mas a nutricionista Larissa Signori dá algumas dicas importantes para o consumo correto. 

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

 

Sete benefícios do espinafre

1 - O ferro que ele contém é essencial para a boa estruturação sanguínea, portanto erradica a anemia e a desnutrição, elimina o cansaço e fortalece o sangue.

2 - O cálcio e o fósforo fortalecem a esfera óssea e os dentes, aumenta a eficiência dos músculos e atua na coagulação do sangue.

3 - A vitamina A é importante para o bom funcionamento da visão, preserva o vigor da pele, ajuda no desenvolvimento orgânico e previne infecções.

4 - Os nutrientes do complexo B também atuam positivamente na epiderme, favorecem os sistemas digestivo e nervoso, impedem que os cabelos caiam.

5 - Possui alto teor de potássio e baixo de sódio, o que auxilia no controle da pressão arterial.

6 - É muito bom para o intestino, especialmente no caso de prisão de ventre, pois tem qualidades laxantes.

7 - O ácido fólico é essencial para o sistema nervoso.

Qual é a maneira de prepará-lo?
Pode ser consumido cozido, refogado, em tortas e várias receitas.

Nota da editora do blog
Ao contrário do que publicamos mais cedo, o espinafre pode ser consumido cru em pequenas quantidades (para fazer um suco ou um salada, por exemplo).  Nutricionistas não recomendam a sua ingestão in natura apenas em grandes quantidades. Desculpem o transtorno.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Por que devemos cuidar com a quantidade?
O ácido oxálico do espinafre pode interferir com a absorção do cálcio presente em leites e seus derivados. Isso sugere que o espinafre em uma refeição pode reduzir a biodisponibilidade de cálcio de outras fontes que são consumidas ao mesmo tempo. Outra grande preocupação é o possível efeito tóxico que a ingestão de grandes quantidades dos fatores antinutricionais presentes na planta pode causar nas pessoas.

Qual é a quantidade diária recomendada?
Pelo menos 1 porção (meio prato de sobremesa) três vezes por semana. Para aumentar a absorção de minerais, é interessante ingeri-lo ao lado de outros alimentos ricos em vitamina C, como as frutas cítricas.

_______________________________________________

>>COMO ASSINAR
 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Nutricionista ensina a interpretar o rótulo dos alimentos

19 de março de 2014 1

0096fb03
Foto: Jonas Ramos

O tema da minha coluna na TVCOM desta semana trata dos alimentos que parecem saudáveis, mas não são. O programa vai ar a partir das 20h30min. Enquanto a hora não chega, a nutricionista Marcele Policarpo dá algumas dicas para não cairmos em armadilhas na hora de comprar um produto no supermercado.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Quais os erros mais comuns na hora de escolher um alimento no supermercado?
Observar apenas a embalagem e não ler com atenção o rótulo, a tabela nutricional e os ingredientes.

Ao não observarmos essas armadilhas, o que pode acarretar?
Ao observamos o rótulo, a tabela nutricional e a listagem de ingredientes podemos comparar e saber quais alimentos são considerados saudáveis e quais não são.
O primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade.

0068a493
Foto: Cozinha Nestlé

EXEMPLO
Se no rótulo de determinado alimento está escrito que o produto é um farináceo integral, o primeiro ingrediente deve ser farinha integral e não farinha de trigo refinada.

Light é sempre sinônimo de alimento saudável?
Um alimento é considerado light quando tem pelo menos 25% de redução de calorias ou de algum nutriente quando comparado com os similares do mercado ou de uma versão da mesma linha de produtos.
Nem sempre um alimento light é considerado saudável. Isso porque às vezes a versão normal pode ser tão carregada de sódio, gordura, açúcar, que a versão light não irá representar redução suficiente para ser considerada saudável.

000bfec5
Foto: Fernando Gomes

E aqueles alimentos livres de gordura?
Nem sempre quando a embalagem apresentar, por exemplo “0% gordura trans” irá significar que o alimentar será livre de gordura trans.
Existe uma resolução que obriga os fabricantes de alimentos industrializados a declararem a quantidade de gordura trans nos produtos comercializados, porém, muitas vezes os fabricantes utilizam uma brecha técnica para comercializar produtos que contenham gordura trans e ao mesmo tempo declararem “livre de gordura trans”.
A quantidade de gordura trans deve ficar abaixo de 0,2g. Isso faz com que muitos fabricantes diminuam a porção que irão apresentar na tabela nutricional para que fique abaixo dessa quantidade, permitindo que grifem na embalagem: “0% gordura trans”.
Portanto, fique atento na listagem de ingredientes. Se contiver “gordura vegetal hidrogenada”, contém gordura trans.

00760606
Foto: Divulgação

 

O que mais devemos observar no rótulo?
Observar o valor energético, quantidade de proteínas, gorduras (gorduras totais, saturadas, trans, monoinsaturadas, poli-insaturadas), carboidratos, fibras, sódio. As pessoas que possuem doenças restritivas devem ter atenção aos nutrientes de acordo com as suas necessidades (Ex: doença celíaca deve observar se o produto não contém glúten). Importante observar, também, que as quantidades informadas no rótulo dizem respeito a uma determinada porção fracionária do produto contido na embalagem.

O que um alimento saudável deve e não deve conter?
Relembremos que se no rótulo de determinado alimento está escrito que o produto é um farináceo integral, o primeiro ingrediente deve ser farinha integral e não farinha de trigo refinada.
De modo geral, é importante observar a quantidade de sódio. Ele está presente em embutidos e alimentos industrializados. Deve ser consumido com moderação, pois o consumo excessivo pode levar a um aumento da pressão arterial.
Se a quantidade de sódio for superior a 400mg em 100g do alimento, ele pode ser considerado um alimento rico em sódio, devendo ser evitado.
Outro ponto importante a ser observado é a presença de aditivos químicos, que acabam tornando os alimentos não tão saudáveis. Alguns exemplos são: corantes, conservantes, edulcorantes.

005547a4
Foto: stock.xchng

Que cuidados devemos tomar na hora da compra e do consumo?
Ao comprar um alimento, deve-se verificar o rótulo e a tabela nutricional, pois neles constam o lote, os prazos de validade, informação nutricional (valor energético, proteínas, gorduras, carboidratos e fibras, e valores de ingestão diários). As pessoas que possuem doenças devem ter atenção às restrições de nutrientes de acordo com as suas necessidades. Deve-se saber também que as informações correspondentes às quantidades de cada nutriente em relação às necessidades diárias da pessoa e ainda o fato de que as quantidades informadas no rótulo dizem respeito a uma determinada porção fracionária do produto contido na embalagem.

_______________________________________________

>>COMO ASSINAR
 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Nutricionista ensina a preparar um picolé detox

04 de março de 2014 0

009ba50d
Foto: Reprodução

A dica de hoje é para se refrescar e ainda dar uma desinchada. Vem conferir a receita preparada pela nutricionista Fabíola Andriola

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Picolé detox

Ingredientes
2 rodelas de 2cm de abacaxi
2 folhas de couve manteiga
6 folhinhas de hortelã
500ml de água de coco
Adoçante stévia a gosto

Modo de preparo
Bata no liquidificador a couve, o abacaxi e a hortelã com água de coco gelada. Não coe para não perder as fibras do suco. Adoce a gosto. Coloque em forminhas de picolé e leve ao congelador.

Benefícios
É desintoxicante, rico em vitamina C e ótimo para dias de calor onde o suor é extremo.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados


REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL

(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal